Jornal A paixão de sua vida.


Por: ~


amava a morte, mas não era correspondido; tomou veneno; atirou-se de pontes; aspirou gás; ela sempre o rejeitava, recusando-lhe o abraço. quando finalmente desistiu da paixão entregando-se à vida, a morte, enciumada, estourou-lhe o peito.


(Marina Colasanti)


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...