Jornal Aulinha de vírgula


Por: ~


Aulinha de vírgula

Gente, eu decidi fazer esse jornal no intuito de ajudar com algumas dúvidas que ainda rondam pelo site sobre as tão temidas vírgulas, até porque no canal "aulas" ainda não há nada sobre vírgulas. Bem, eu posso não ser referência em pontuação e ainda errar em meus textos, mas isso não quer dizer que eu não possa apresentar a vocês as regras kkkkk espero que ajude!

Há 12 regras para colocação de vírgula, pelo menos há 12 principais; foi assim que aprendi com a minha professora e ela me deu as regras abaixo, tomei liberdade para tirar alguns exemplos da internet e juntar tudo aqui, espero que esteja tudo bem explicadinho:

1 - Em datas. Depois do nome da cidade.
Ex: Belém, 11 de julho de 2015.

2 - Orações coordenadas sindéticas e assindéticas entre si.

Só para esclarecer:
Orações coordenadas são orações que estão ligadas uma à outra apenas pelo sentido, sendo sintaticamente independentes. Ligam-se através de conjunções ou de vírgulas, podendo ser entendidas separadamente, sem que se perca o sentido individual de cada oração.

As orações se subdividem em assindéticas e sindéticas. O termo “assindéticas” revela-nos a ausência de síndeto ( = conjunção), como em:

Abriu a porta, não viu ninguém.

Já o termo "sindéticas" revela-nos a prevenção de um síndeto, ou seja, de uma conjunção. Estas podendo se dividir em coordenadas aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas e explicativas.
Ex:

Abriu a porta, mas não viu ninguém.

Agora, quero fazer um adendo a essa questão das orações coordenadas sindéticas. Bem, tens que ter muito cuidado com elas e seus significados específicos, para não correres o risco de falar o que não queres, além disso é muito bom decorá-las e usar várias conjunções ao longo do texto, pois é uma forma de adicionar coesão e coerência e de diversificares o vocabulário. Separei um link, caso queiras estudar mais sobre elas:

http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint26.php

Devo frisar alguns pontos aqui nessa regra de vírgula:

• Orações coordenadas assindéticas:

Levando em conta a regra, diz-se que as coordenadas assindéticas são separadas por vírgula.
Ex: Chegou, sentou, começou a discursar.

• Orações coordenadas sindéticas:

As coordenadas sindéticas, de modo geral, separam-se entre vírgulas, exceto aquelas demarcadas pela conjunção “e”, classificadas como aditivas.
Ex: Ele a respeitava bastante, mas não concordava com as opiniões dela.
Or. coordenada assindética | oração coordenada sindética adversativa

Como supracitado, há uma exceção para essa regra, que é a conjunção "e":
# Separam-se entre vírgulas as orações coordenadas ligadas pelo conectivo “e” quando possuírem sujeitos distintos.

Ex: O rapaz nem se preocupou em se explicar, e seu pai também não fez questão de saber.

Oração coordenada assindética | oração coordenada sindética aditiva.

Aqui há dois sujeitos em duas orações, na primeira o sujeito é "O rapaz", já na segunda é "Seu pai".

Adendo ao exemplo: Pedro chegou e saiu apressadamente.

Neste caso, temos a 1ª oração – Pedro chegou.
Temos também o conectivo que as liga – representado pela conjunção “e”.
E a segunda oração – saiu apressadamente.
Identificamos que a presente oração possui o mesmo sujeito da primeira, que é Pedro, logo não se separa por vírgulas.

Dica: Sujeito e pronome não são precedidos por crase.
# A vírgula também se faz presente quando a conjunção “e” aparece repetida várias vezes - caracterizando um recurso linguístico denominado de polissíndeto.

Ex: Ele estuda, e trabalha, e faz serviços extras, e ainda encontra tempo para se divertir nos finais de semana.

3 - Adjunto adverbial extenso e deslocado.
Ex: Naquela loja, Carla compra roupas.
Ex2: Hoje, comprei roupas (vírgula facultativa, visto que o adjunto adverbial "hoje", apesar de deslocado, não é extenso.)

Mais um link, caso queiras saber mais sobre adjuntos adverbiais: http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint19.php

4 - Orações subordinadas em ordem inversa
Ex: Quando saíres, fecha a porta.

Caso queira saber mais sobre orações subordinadas:
http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint29.php

5 - Separa elementos de mesma função sintática
Ex: Caio, Pedro, Ana e Sofia viajaram.

Um adendo muito importante é uma dica que também posso emendar para explicar outra regra e usar esse exemplo como ponto de partida. Bem, uma regra importantíssima e que é uma das que a população mais erra é: Não se separa sujeito de predicado. Logo, já que muitas pessoas pontuam por senso comum e pela grande falácia que é "Bota vírgula onde você respira", essa regra acaba sendo desrespeitada inconscientemente. Esquece isso de pontuar de acordo com a respiração, se foste ensinada assim, isso não existe, só o que existe é a gramática e somente ela, ponto final. Voltando, a regra diz que não se separa sujeito de predicado, na oração acima os sujeitos são "Caio, Pedro, Ana e Sofia" e o predicado é "Viajaram", logo não se separa esses termos, mas há pessoas que dispõe a frase dessa maneira "Caio, Pedro, Ana e Sofia, viajaram.", esse é um erro muito comum e exige bastante atenção, principalmente na hora de analisar isso levando em conta as outras regras.

Outro link para saber mais: http://www.portugues.com.br/gramatica/termos-constituintes-oracao---sujeito-predicado.html

6 - Isola o aposto
Ex: Ontem, segunda-feira, fui à feira.


7 - Destaca o vocativo
Ex: Deus, me perdoe.
Dica: o vocativo é o "com quem você está falando ou chamando"

8 - Expressões explicativas ou retificativas (isto é; ou seja; ou melhor; na verdade)
Ex: Ele é muito exigente, na verdade, nem tanto, pois depende da ocasião.

9 - Separa oração intercalada
Ex: São somente estas, a não ser que existam outras, as encomendas que deverão ser entregues.

Dica: Neste caso, a vírgula também poderá ser substituída por outro sinal de pontuação – o travessão.

Ex: São somente estas – a não ser que existam outras – as encomendas que deverão ser entregues.

10 - Indica conjunções intercaladas
Ex:
A viagem será longa; acordarei, pois, cedo. -> aqui "pois" é uma oração conclusiva.
Acordei cedo, pois a viagem será longa. -> aqui o "pois" é explicativo.

11 - Supressão de um termo
Para indicar que uma palavra, geralmente verbo, foi suprimida.
Ex: Patrícia, a todos os seus irmãos, deu um presente de Natal; ao marido, apenas um beijo. (A vírgula após “marido" está indicando a supressão do verbo “dar”.)

Dica: isto constituí uma estilística textual, são uma figuras de linguagem chamadas elipse e zeugma.

12 - Separa a oração adjetiva explicativa da principal
Ex: Lídia abraçou a irmã, que estava hospitalizada.

Para saber mais sobre: http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint35.php


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...