Jornal Clã Celeste


Por: ~


Clã Celeste

O Clã Celeste é formado por bruxas Wiccanas, ecléticas, que buscam sempre estar em harmonia com as forças da natureza. Acreditam na Lei Tríplice (segundo essa linha de pensamento, tudo o que você fizer de bom ou ruim a alguém, um dia, essa mesma energia retorna a vocês, três vezes mais forte), e por isso, jamais machucam qualquer ser vivo.
Nesse Clã, em particular, não é obrigatória a adoração e culto aos deuses, de forma, que seus membros podem cultuar apenas as forças da natureza (ou os Elementais). Diferente de Damballa, as bruxas celestes (ou celestiais) tem muito respeito e consideração pelos Elementais e não os veem como “bichinhos de estimação”, mas como amigos leais e fiéis. Há Elementais cuja energia é baixa e vil, evitamos esses seres sombrios, nos limitando a contatar apenas os que vibram em uma energia harmoniosa, visando sempre o equilíbrio.


Os 6 mandamentos ou princípios do Celeste:



1- Tudo que fizer de bem ou mal sempre retornará a você, um dia, por isso, sempre pese suas ações e JAMAIS faça mal a alguém. Se sentir que as sombras o consomem e ameaçam apagar sua luz interior, se dirija a sua sacerdotisa ou mesmo a um (a) deus (a) e entregue sua magia para que seja guardada até você recuperar seu equilíbrio e não sentir mais desejo de fazer mal a alguém.

2- Sangue nunca deve ser derramado; a lâmina, cujo sangue derramar, deve ser jogada fora, preferencialmente, enterrada ou lançada em água corrente para que jamais volte a derramar sangue. Não realizamos rituais de sangue ou sacrifício. Em nossos rituais, o sangue sempre é representado pelo vinho ou suco de cor vermelha. Também, não alimentamos nossos animais Familiares com o sangue. Há outros rituais para nos ligarmos a eles.


3- Tenha respeito por todos os seres vivos; bem sabemos que na magia, uma planta não é só uma planta, assim como uma pedra não é só uma pedra, tudo é mágico e cada planta e mesmo, cada pedra, é habitada por um elemental em particular, como gnomos e ninfas. Por isso, não saia por aí, arrancando as folhas de uma árvore, tirando pedras do lugar ou poluindo as águas, também não preciso dizer que urinar em plantas é só para cachorros, não é?
Consuma menos carne, possível. O ideal seria que se tornasse vegetariano, mas nem todos conseguem e não os culpo. Dependendo de seu Totem guardião, você sofreria se parasse de comer carne. Mas tente diminuir o seu consumo. Assim, com o tempo, você vai se habituando a deixar a carne de lado.
Trate bem não apenas os seus animais, mas todos os animais. Cobras, sapos e lagartixas são animais sagrados na magia. Nem pensar em matá-los. Alguns, podem ser perigosos, é verdade, mas não os mate, mesmo assim. Tente se livrar deles de outra forma, sem precisar derramar sangue. Pode contatar um bakeneko para fazer o trabalho sujo por você.


4- Não brinque com fogo; em outras palavras, não contate forças que depois não possa controlar. Pense na magia como uma escada, e você deve avançar degrau por degrau, sem pressa. Lembre-se uma pessoa ansiosa, não é nada menos que um tolo ambicioso, que no fim, não saberá como administrar tanto poder e isso se voltará a ele, cedo ou tarde.


5- Fale menos e ouça mais; não saía por aí, dizendo a todos que é uma bruxa, essa é uma atitude imatura que não se espera de bruxas de verdade.
Seu Grimório e seu Livro Das Sombras devem ser mantidos longe de olhares curiosos. A magia é como uma faca e pode ferir pessoas inaptas, por isso mesmo, muitos de nossos rituais e feitiços Maiores são ensinados de forma oral — e jamais são anotados – a bruxos já iniciados e que tenham provado sua lealdade a nosso Clã.


6- Uma bruxa JAMAIS, sob qualquer pretexto deve ferir ou matar outra bruxa, independente do Clã a que pertença, salvo apenas se for em legítima defesa. Esta é a primeira lei do Tratado De Paz Das Bruxas E Outras Criaturas Sobrenaturais.



Criaturas & Divindades que adoramos


Adoramos sempre deuses benevolentes e cujo passado não esteja manchado de sangue e lascívia; entre os principais deuses e deusas que adoramos em nosso Clã, estão estes:

*Hórus (deus egípcio do Céu, da Chuva e do Sol).
*Dana (deusa irlandesa das estrelas, da bem aventurança, da guerra e também da compreensão).
*Thor (deus nórdico da força e do trovão).
*Loki (deus nórdico da travessura e do caos necessário a evolução).
*Badb, Morrigan e Macha (deusas celtas da fúria, da força e da ação).
*Hécate (deusa grega, patrona das feiticeiras, rainha das encruzilhadas e dos caminhos, e guardiã das portas do Hades).
*Hipnos & Morpheus (deuses gregos do sono e do sonho).
*Bastet (deusa egípcia dos gatos, do lar e do amor).
*Ártemis (deusa grega da caça).
*Atenas (deusa da sabedoria).
*Vênus ou Afrodite (deusa do amor e da beleza).

A respeito das criaturas sobrenaturais, preferimos trabalhar com as seguintes:

*Fadas, Sílfides e Silfos (Ar)
*Ninfas (Ar, Água e Terra)
*Gnomos (Terra)
*Bakenekos (Fogo e Água)
* Dragões (Fogo, Água, Terra e Ar; Magia Draconiana)
*Ondinas, nereidas e sereias (Água)
*Kitsunes
*Anjos
*Fantasmas ou espíritos desencarnados (necromancia)

Não trabalhamos com os seguintes seres:

*Duendes (algumas classes são aceitáveis, mas a maioria não)
*Elfos (estas criaturas ainda não foram totalmente domesticadas, por isso, só se é recomendado a um bruxo experiente contatá-los).
*Demônios
*Vampiros


O que praticamos

1- O equilíbrio consigo mesmo e com as forças da natureza;
2- O domínio dos 4 Elementos;
3- A arte da divinação;
4- Necromancia;



Fanfic Amor Eterno

Escutando: Kiss From a Rose - Katherine Jenkins
Lendo: Joyland, Stephen King.
Assistindo: Theresa

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...