Jornal "O Holocausto do Homem, é ele mesmo"


Por: ~



Nome Completo e Apelido
Alexandra "Lexi" Harris
[ Nascida James Arthur Willians ]

Data de Nascimento e Idade
Nasceu dia 25 de janeiro de 1995, possuindo assim 23 anos de idade

Gênero e Sexualidade
Feminino - Transexual/transgênero e Pansexual

Localização
Brooklyn - NY - EUA

Aparência e Photoplayer
Zoë Kravitz
.
Possui um tipo de beleza exótica e atraente, seus cabelos são longos e negros, sempre trançado em mechas finíssimas. Seus olhos são escuros e amendoados, emoldurados por cílios grossos, sua boca é pequena, mas os lábios são carnudos e delineados.
O rosto miúdo e fino chama atenção pelo maxilar marcado, lhe conferindo uma expressão forte.
A garota é baixa possuindo um metro e cinquenta e sete da altura, pesando por volta dos cinquenta quilos.
O corpo é magro sem muitas curvas, a pele é negra e sem imperfeições.
.

Personalidade
O traço mais marcante da personalidade de Alexandra é seu forte temperamento forte.
Não costuma levar desafora para casa, não deixa ninguém destrata-lá ou fazer isso com seus amigos.
Tende a ser bastante sincera, não tendo realmente freio em suas palavras. É muito transparente, não escondendo o que sente, seja coisas boas ou ruins. Tem em suas veias o sarcasmo impregnado, não evita soltar comentários venenosos pra cima de pessoa desagradáveis.
Mesmo que tente evitar, é do tipo que guarda rancor e remói as coisas para na primeira oportunidade jogar na cara de quem a magoou. Tenta evitar isso, mas as pessoas tendem a ser cruéis com ela quando descobrem que nem sempre foi uma garota.
É muito orgulhosa, não se permite derramar uma lágrima na frente das pessoas, mas isso não significa que seja fria, ela apenas não gosta de mostrar seu lado frágil, pois odeia a ideia de que alguém sinta pena dela.
Ela surpreende a todos com seu jeito receptivo, mesmo que seu semblante seja na maior parte do tempo bem sério.
Possui em si um magnetismo encantador, seu humor, o sorriso fácil e os olhos intensos prendem as pessoas como se fosse uma teia.
Gosta de mimar as pessoas que ama, faz o que pode para animar os amigos, sente a necessidade de compartilhar sua energia com eles.
Apesar de ser um tanto “avoada”, ela observa muito bem as coisas ao seu redor, percebe rapidamente quando algo está errado, mas sabe a hora certa de se meter ou não.
É sem duvidas muito boca suja, falar palavrões é como falar bom dia, até tenta se controlar, mas é algo realmente difícil.
Em alguns momentos Lexi é um tanto invejosa, mas não por coisas materiais, mas sim pelo relacionamentos alheios, sente inveja de todos que possuem famílias estruturadas e unidas, de pessoas que vivem felizes com seus companheiros, no fundo ela sente que isso é algo impossível para ela, por mais que tenha seus amigos.

História
Alexandra, que veio ao mundo como James, nasceu em Nova York, mas especificamente em Manhattan.
Seus pais eram pessoas extremamente influentes na sociedade nova-iorquina e faziam questão de sempre passarem a imagem de família perfeita. Sua infância foi como de um garoto normal, era um aluno exemplar, participava de várias atividades na escola e tinha vários amigos.
Porém, dentro de si o menino sentia que tinha algo errado, era como se o que estava por dentro não condizesse com o seu exterior. Apesar de gostar de seus amigos meninos, sentia-se melhor junto às garotas, que era quando podia brincar com bonecas ou até mesmo maquiar-se, tudo com a desculpa de que as meninas o obrigaram a fazer tais coisas.
Durante sua adolescência sentia que não dava mais para esconder, mas não sabia como contar a família que tinha algo errado em seu corpo, e com isso tornou-se recluso o que levou seu pai a encaminhá-lo para um psicólogo.
Em pouco tempo conseguiu compreender o que estava acontecendo, entendeu que era um garoto transexual, que havia uma garota presa dentro de si, e ela precisava se libertar.
Iniciou as mudanças discretamente, pois temia que seus pais e amigos não o apoiassem.Começou a deixar os cabelos mais longos, já não usava mais as tradicionais roupas masculinas que sua mãe insistia para que ele vestisse, procurou por outras pessoas que eram como ele e com a ajuda deles, decidiu contar a sua família.
Como já era de se esperar seus pais reagiram da pior forma possível, seu pai foi o mais resistente dizendo que não queria ter um filho “viado que se veste feito mulher”, já sua mãe aceitou um pouco melhor, mas ainda assim não lhe apoiou quando decidiu iniciar o tratamento hormonal.
Quando os primeiros sinais físicos femininos começaram a aparecer, James decidiu que era hora de ser Alexandra de uma vez por todas e caminhar com suas próprias pernas, saiu de casa sem apoio e sem dinheiro, o que fez com que ficasse com uma grande mágoa de seus pais. A família deixou bem claro que não queria mais contato, pois esse tipo de coisa seria um escândalo total para uma família tão influente. Para todos os efeitos, James havia terminado o ensino médio e conseguido uma vaga em uma importante universidade na Europa.
Fora de casa, arrumou um emprego em um salão de beleza no Brooklyn, a dona do estabelecimento não só deu emprego para a garota, como a "adotou" como filha. Ela não sabia muita coisa, mas lavar cabelos não era tão difícil. Pode aprender muitas coisas e descobriu a paixão pelo universo da beleza. Lá as pessoas não a julgavam e ajudavam como podiam em sua transição. Abandonou totalmente o seu passado, a mágoa ainda era grande em seu coração, mas sentia-se completamente feliz sendo Alexandra.

Religião e sua fé
Agnóstica teísta
Agnósticos são seguidores da doutrina denominada “agnosticismo” que considera inútil discutir temas metafísicos, pois são realidades não atingíveis através do conhecimento. Para os agnósticos, a razão humana não possui capacidade de fundamentar racionalmente a existência de Deus.
Um agnóstico teísta admite que não tem conhecimento que comprove a existência de Deus, mas acredita que Deus existe ou admite a possibilidade de que pode existir.


Pecados
Ira - Inveja

Onde estava no momento do Arrebatamento?
Estava em um pub junto com alguns amigos.

Como Sobreviveu a Escuridão?
Mesmo sem saber o que acontecia, voltou para casa que era a duas quadras do pub onde estava e ficou lá junto aos amigos até o fim da Escuridão, afinal ninguém tinha coragem de sair na rua.

Profissão, Habilidades e Peculiaridades
Cabeleireira

[H]
Boa mira - resistência física -

[P]
Tem memória fotográfica - reflexos aguçados

Medos, Manias e Vícios

[M]
Ficar sozinha - lugares fechados - cachorros

[M]
Dar um sorriso sem mostrar os dentes - o famoso sorriso amarelo - quando tem que ser educada por obrigação.
Revirar os olhos quando está entediada ou insatisfeita com algo.

[V]
Anfetaminas - Vodka - Cigarros

Gostos e Desgostos
[G]
Ler | Atividades Físicas | Filmes de ação | Chocolate meio amargo | A cor vermelha | Café | Festas | Comidas apimentadas | Fazer compras | Conversas agradáveis | Viajar | Seriados adolescentes

[D]
Machismo | Pessoas chatas e/ou entediantes | Preconceito de qualquer tipo | Obedecer | Ser acordada | Chorar | Chá | Filmes no estilo comédia romântica

Qualidades e Defeitos
[Q]
Divertida | Animada | Determinada | Sociável | Ativa | Inteligente

[D]
Petulante | Misteriosa | Provocativa | Sarcástica

Relacionamento do Personagem com

ΞAmigos
Lexi ama seus amigos, para ela, eles são sua verdadeira família, é muito protetora com todos e faz de tudo para ve-los bem.

ΞPar
É bem direta sobre seus sentimentos, não gosta de fazer joguinhos e vai direto ao ponto. Apesar de não gostar de se prender, é bastante intensa quando junto ao par, gosta de agradar e fazer tudo pela felicidade do outro.

ΞDesconhecidos
É bastante sociável com todos, não faz seu tipo ser fechada e não puxar conversa com todos, ela gosta de contato e papos aleatórios pelos lugares que passa.

ΞFamília
Falar de sua família biológica é complicado, o relacionamento se rompeu completamente, mas graças as pessoas que a acolheram ela compreendeu que família é algo bom, e pra ela são as pessoas que você escolhe para ficarem perto de você e que te aceitam sem julgamentos.

ΞPersonagens Principais
Lexi ve semelhança com Amy, devido a intensidade que ambas colocam em tudo, admira nela a força e perseverança nas coisa que deseja e de certa forma isso a influenciará de forma positiva. Admira o carinho que a mesma tem pela família

Riley é um mistério para Alexandra, a mais velha tem vontade de se aproximar da mais nova, mas sempre acha que ela não dará espaço para isso. Percebe a inquietação de Riley e identifica-se com isso, apesar de terem problemas diferentes, ambas buscam aceitação em relação a sexualidade e suas escolhas. Lexi sente que podem ser boas amigas.

Particularidades
Alexandra sabe manusear armas de fogo e tem uma mira excelente, é algo que aprendeu após mudar-se para o Brooklyn.

Opinião do Personagem quanto à
ΞSexo
Acha algo natural na vida, apesar de ser um tanto travada nesse quesito, ela não nega que é algo que gosta bastante.

ΞCompromisso
Não acha que compromisso seja algo tão importante assim, apesar da necessidade de companhia, não sente necessidade de ter algo mais sério.

ΞPreconceitos
É algo que não suporta, pois sabe o quanto as pessoas que são diferente sofrem com isso e faz questão de defender todos que sofrem com isso.

Mantra do seu personagem
Enquanto alguns escolhem pessoas perfeitas, eu escolho as que me fazem bem.

Música Tema do Personagem
Ruelle - Game of Survival


Algo mais
Lexi ainda não fez a cirurgia de mudança de sexo.

Você está de acordo que seu personagem poderá sofrer torturas tanto física e mental, poderá sofrer todo tipo de violência e incluindo a morte?
Sim, estou de acordo.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...