Jornal U N F O R G I V E N


Por: ~


How could he know this new dawn's light
Would change his life forever?
Set sail to sea, but pulled off course
By the light of golden treasure

Was he the one causing pain
With his careless dreaming?
Been afraid, always afraid
Of the things he's feeling

He could just be gone
He would just sail on
He'll just sail on

How can I be lost, if I've got nowhere to go?
Search for seas of gold
How come it's got so cold?

How can I be lost? In remembrance I relive
And how can I blame you,
When it's me I can't forgive?

These days drift on inside a fog
Thick and suffocating
His sinking life, outside its hell
Inside, intoxicating

He's run aground Like his life
Water much too shallow
Slipping fast, down with his ship
Fading in the shadows

Now a castaway
They've all gone away
They've gone away

How can I be lost, if I've got nowhere to go?
Search for seas of gold
How come it's got so cold?
How can I be lost? In remembrance I relive
And how can I blame you,
When it's me I can't forgive?

Forgive me
Forgive me not
Why can't I forgive me?

Set sail to sea, but pulled off course
By the light of golden treasure
How could he know this new dawn's light
Would change his life forever?

How can I be lost, if I've got nowhere to go?
Search for seas of gold
How come it's got so cold?

How can I be lost? In remembrance I relive
So how can I blame you,
When it's me I can't forgive?


Como ele poderia saber que essa nova alvorada
Mudaria sua vida para sempre?
Zarpou para o mar, mas foi desviado da rota
Pela luz do tesouro dourado

Era ele o que causava dor
Com seu sonhos descuidados?
Com medo, sempre com medo
Das coisas que ele sentia

Ele poderia ter ido embora
Ele só iria navegar
Ele só irá navegar

Como eu posso estar perdido, se não tenho onde ir?
Procurei por mares de ouro
Como isto se tornou tão frio?

Como posso estar perdido? Nas lembranças que revivo
E como posso culpar você
Quando sou eu quem não perdoo?

Estes dias vagam dentro da névoa
Densos e sufocantes
Sua vida de submersão, fora um inferno
Dentro, intoxicante

Ele encalhou. Como sua vida
A Água é muito rasa
Escorregando rapidamente, para baixo com o seu navio
Desaparecendo nas sombras

Agora um náufrago
Eles todos foram embora
Eles foram embora

Como eu posso estar perdido, se não tenho onde ir?
Procurei por mares de ouro
Como isto se tornou tão frio?
Como posso estar perdido? Nas lembranças que revivo
E como posso culpar você
Quando sou eu quem não perdoo?

Me perdoe
Não me perdoe
Porque eu não posso me perdoar?

Singrou para o mar, mas foi desviado da rota
Pela luz do tesouro dourado
Como ele poderia saber que essa nova alvorada
Mudaria sua vida para sempre?

Como eu posso estar perdido, se não tenho onde ir?
Procurei por mares de ouro
Como isto se tornou tão frio?

Como posso estar perdido? Nas lembranças que revivo
Então como posso culpar você
Quando sou eu quem não perdoo?



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...