Jornal Horoskripture: A Morte do Amanhecer - FICHAS


Por: ~



Nome completo:
Shen Aziar

Apelido:
--

Idade e data de nascimento:
18 anos. Nascido 25 de Outubro. Ele rodou na escola por pouca presença e, obviamente, notas baixas.

Sexo:
Masculino

Sexualidade:
Heterossexual

Nacionalidade:
Canadense

Aparência:


Shen é alto, com 1,90 m de altura, e pálido. Ele se ergue numa graça elegante, com uma magreza esguia. Ele não é exatamente musculoso, mas não é fraco pois ainda consegue erguer Andy facilmente. Tem as pernas e os braços longos, a parte superior do corpo coberta em tatuagens (nas imagens). Shen tem cabelo escuro, um pouco comprido que sempre está desarrumado, apontando em múltiplas direções, mas às vezes ele controla. Sobrancelhas finas e escuras, quase sempre têm um pouco de barba, e lábios um pouco cheios.

Photoplayer:
Jesse James Rutherford

Personalidade:
Como um bom revoltado, Shen era nervoso. Ele se movia com passos fortes e elegantes, transmitindo aquela aura de perigo. Ele é mal-educado, sem paciência e sarcástico. Com raiva do mundo, ele seria um problema no lugar.
Quase sempre se envolvendo em brigas de rua, ele usa isso como modo de descontar a raiva. Essa raiva vêm do fato que o homem que matou seus pais não ser um homem mau(pois no fim, ele se matou) e que foi ele que havia ligado para seus pais irem busca-lo na casa de um amigo. Se não fosse ele, estariam vivos. Se achando culpado, ele tenta descontar a raiva no mundo.
Quando está triste, ele vai a Andy. Ela não pede nada e apenas o abraça. Ele não chora (só choraria se envolvesse a segurança de Andy). Ela espera até que ele queira falar o que houve, mas poucas coisas o deixam realmente triste. Ele é, normalmente, uma tempestade. Ele é Ira, o pecado capital.
Mas não com Andromeda. Ela foi sua saída da dor da perda de seus pais. Ela é o que ele se importa. Sendo que boa parte das brigas que arrumou pela primeira vez foi defendendo ela, pois seus colegas a achavam estranha. Mas ela não o julga. Ela não o tenta fazer parar. Ela para, limpa suas feridas e sorri para ele. Ele é, para ela, o oposto do que é com todo mundo. Ele faz tudo, do mais simples ao mais extremo, por ela.

História:
Antes, ele era Shen Agnus. Ele não se lembra de nada antes da noite que seus pais morreram, pois ele teve uma infância normal e feliz, sem traumas. Ele tem algumas imagens de sua mãe cozinhando e seu pai lendo um jornal, na casa grande e branca que tinham. Matthew e Samantha Agnus eram ótimos pais, e ele ainda guarda uma foto deles (com seu pai segurando ele de quatro anos no colo e sua mãe agarrada no outro braço de seu pai, na frente da casa branca deles). Até aquele dia que ele foi dormir na casa de um de seus amiguinhos e teve um pesadelo. Os pais de seus amigos ligaram para os seus, falando que ele não conseguia dormir. Os dois não chegaram a casa.
A infância feliz se foi. A casa branca foi vendida, ele foi mandado para um orfanato e o homem que matou seus pais chorou no ombro dele, pedindo desculpas, enquanto recebiam a notícia no hospital. Shen passou dois meses de pura confusão no orfanato, pois ele não sabia o que estava acontecendo. As freiras que cuidavam daquele orfanato foram piedosas e o ajudaram com seus pesadelos. Até mesmo as crianças o deixavam em paz, depois de um incidente que acordou gritando no dormitório dos garotos.
Ele passou dois anos falando apenas para conseguir comida. Shen passou a ser o fantasma do orfanato Wooder, vagando o dia inteiro quase sem rumo. Até que Cygnus Aziar o encontrou e o levou para sua casa. E ele conheceu Andromeda.
Andromeda, mais nova que ele, com o cabelo ruivo espalhado por toda sua cara enquanto olhava para ele curiosa. Cygnus saiu do cômodo, ela virou para ele e disse que achava que tinha matado sua mãe.
Ela lhe explicou a situação. Ele disse que não era culpa dela, pois não era mesmo, e os dois eram inseparáveis. Os dois cresceram grudados. Nenhum deles sabia o porquê de terem gostado tanto um do outro, e no fim agirem como irmãos tão próximos. Nenhum deles sabia por que aquela primeira conversa o tinha afetado tanto.
Quando Andy (ele que inventou o apelido aos 8 anos) completou seus 15 anos e começou a chamar atenção de alguns garotos, nenhum se atrevia a fazer algum movimento com aquela sombra enorme que era Shen atrás dela. O olhar dele dizia que iria fazer algo pior que matar a quem chegasse perto da irmã dele. Shen, que havia se envolvido em brigas aos 14 anos.
Cygnus, um homem que ele passou a considerar pai pela generosidade que fez a ele quando o adotou, tinha dado a ele seu sobrenome quando Shen tinha 10 anos. Alguns papéis e ele era Shen Aziar, oficialmente irmão de Andromeda Aziar.
Toda sua família vivia no Canadá até seus 12 anos. O pai deles queria se mudar a um tempo, mas ele queria uma cidade calma. Então, eles foram parar em Virginia.

Posição na escola:
O “brigão” da escola.

Está na escola há quanto tempo?
Desde os 12 anos.

Família:
Cygnus Aziar – Empresário

Cygnus ama os seus dois filhos incondicionalmente. Eles não são muito próximos em questão de contar todos os segredos, mas se dão bem. Isso não o impede de xingar Shen quando briga e tentar fazer que Andromeda se enturme mais.
Andromeda Aziar – Estudante


Maiores medos:
Shen tem um certo medo de agulhas, mas nada grave. Ele toma sustos em alguns filmes de terror, mas ri muito depois. Mas ele tem pavor, terror de perder Andy. É bem capaz se ela morresse (como os pais dele), ele não viveria. Com Andy, é a mesma coisa.

Hobbies:
Tocar violão pra Andy e brigar.

Gostos | Desgostos:
Gosta de dias frios, cerveja, Marlboro, as cores do cabelo de Andy, o modo como as mãos dela cuidam das feridas dele. Gosta de Led Zeppelin, Bob Seger, Rolling Stones, The Killers, Game Of Thrones, American Horror Story, Two and a Half Men.
Não gosta de cerveja quente, dias quentes, brigar na frente de Andy, psicólogos, roupas brilhantes que garotas usam, a sensação de alguém te julgar.

Habilidades físicas:
Shen nunca fez uma luta profissionalmente, mas ele é bem bom de briga de rua. Consegue ir contra mais de uma pessoa de boa e até já ganhou de uns que iam pra escola de luta. Um homem até já se aproximou dele pra Shen participar das lutas clandestinas (lutas que valem tudo e são muito violentas) mas ele recusou. Pelo menos, ele sabe se precisar de dinheiro ele tem para onde ir.

Habilidades mentais:
Ele mente muito bem. Tipo, muito bem. Aprendeu com o amigo dele, Alexander, quando se conheceram. Ele tem o raciocínio bastante rápido.

Relação com:
– Nathan:
Shen se dava bem com todos eles. Nunca pressionou Nathan para falar com ele, mas os dois acabaram conversando. Eles se deram bem e saíram juntos algumas vezes.
– Eric:
Shen se sentia grande perto dele, mas não como se sentia grande perto de Andy. Ele e Eric não se falavam muito não e Shen não tinha uma opinião concreta sobre ele. Mas quando conversavam junto com os outros, eles não se desentendiam.
– Dylan:
Ele achava Dylan diferente. Não sabia se era por causa da aparência, porque todos do grupo e ele mesmo eram diferentes. No ponto de vista de Shen, isso era uma coisa boa. Qual a graça de ser normal? Ele gostava bastante de Dylan.
– Bradley:
Shen era parecido em alguns pontos com Bradley. Os dois concordavam em bastante coisas, e é sempre bom ter alguém que concorda com você, não? Eles não eram melhores amigos, mas se davam bem.

Relação com seu possível par:
Eu não quero par pra ele. Faz ele pegar alguém, mas sem algo concreto.

Possui animal de estimação?
Não.

Algum problema de saúde/limitação?
Não.

Como se sentiu depois de ter recebido a notícia dos alunos mortos?
Shen ficou desconfortável, mas assustado por Andy. Podem matar ele se quiserem, mesmo se fosse um animal, mas não ela.

Alguma mania?
Fumar conta?

Algo a acrescentar?
Ele é bastante amigo do personagem da @Norfolk, se for aceito. Eles se dão muito bem.




Nome completo:
Andromeda Aziar

Apelido:
Andy. Shen deu esse apelido pra ela.

Idade e data de nascimento:
16 anos. 11 de Agosto.

Sexo:
Feminino.

Sexualidade:
Bissexual

Nacionalidade:
Canadense.

Aparência:


Andy é branca demais. Ela é pequena, ruiva alaranjada natural, mas já com algumas cores que ela pôs em cima, pálida e por um lado frágil. Têm seus 1,60 m de altura (minúscula perto de seu irmão), um pouco abaixo do peso - mas nada grave -, mãos e pés pequenos, pernas anormalmente longas para alguém de sua altura, mas ainda pequenas perto da dos outros. Têm sobrancelhas e lábios finos, os lábios quase sempre pintados de vermelho, mas senão é um rosa pálido. Têm algumas olheiras, nariz um pouco grande, mas fino, os olhos azuis pálidos.

Photoplayer:
Nadia Esra

Personalidade
Nem mesmo ela sabe se descrever. Ela procura algo que não sabe o que é, por isso acaba passando aquela aura de melancólica, triste. Mas mesmo assim, ela sorri e é educada com todo mundo. Ela não cobra das pessoas para saber por que ela está tão melancólica, até fica um pouco irritada quando a pedem. Mas, de novo, sorri e esconde seus sentimentos. Muitas vezes, ela acaba se isolando, pois não tem um laço mais forte com ninguém a não ser seu irmão. Ela passa despercebida em algum lugar, quando se acostumam ao cabelo dela, e às vezes seus colegas só percebem no meio da aula se ela veio ou não.
Quando está triste demais, ela não chora audivelmente. Devagar, sem soluços, com lágrimas finas. Ela passa essa imagem de melancólica, por que sonha demais. Fantasia com magia, história antiga, ou o futuro. Lê tudo que acha, e quando ela se depara com o mundo lá fora, fica desapontada. Quando com raiva, ela tem aquele hábito de sorrir muito largo, rir, e te por para baixo com palavras. Seu pai costumava dizer que a fazia parecer louca.
Mas não com Shen. Ele foi/é a luz da vida dela, pois quando seu pai o adotou, ela só conseguia pensar que tinha sido obra de alguma força maior. Eles cuidam um do outro, eles precisam um do outro, eles se amam como os irmãos mais próximos que existe. Outra coisa da personalidade de Andromeda que ninguém percebe é como ela é necessitada de carinho. Mas Shen sabe, e quando ela lhe pede alguma demonstração disso, ele dá sem hesitar. Há certa suspeita de seus pouquíssimos amigos sobre eles, mas é tudo amor de irmão. Mas há vezes que pessoas de fora perguntam se os dois são namorados invés de irmãos. Isso a faz sentir um pouco desconfortável na hora, mas ela não liga. Ela pede abraços a Shen quase sempre porque quando ele passa os braços ao redor dela, ela se sente segura, no seu modo distorcido.

História:
Andromeda, ou Andy, nasceu sozinha. Não literalmente, óbvio, mas em sentimento. A mãe (Bella Aziar) morreu quando deu a luz a ela, deixando ela para o pai (Cygnus Aziar). O homem, consumido por dor, não deu muita atenção à filha e contratou uma empregada pra cuidar dela. Cygnus era um empresário, com uma vida financeira boa, e com o tempo, um coração duro. Ele olhava para a filha, de cabelo ruivo e sorriso pequeno, e só conseguia ver sua falecida mulher. A empregada (Andy não se esqueceria do nome dela, Lisa Pane) cuidou dela até seus cinco anos. Nesses cinco anos, Andy via seu pai nos jantares e às vezes de manhã cedo. Ela cresceu com pouco contato de outras crianças, começando a criar a personalidade tímida dela. Eles ainda viviam em um apartamento, então não tinha algum quintal para ela correr. Lisa tinha um quarto nos fundos da casa, com um banheiro.
Quando ela completou seis anos, seu pai anunciou que traria um irmão para ela. Que Lisa continuaria trabalhando ali, mas seria mais para limpeza. Não é que Cygnus não amasse sua filha, porque ele amava, mas depois de tanto distanciamento ele não sabia como conversar com ela. O menino que ia adotar tinha perdido os pais em um acidente de carro quando tinha cinco anos. O homem que os tinha atropelado era um amigo de Cygnus, que hoje estava preso. O homem não podia se sentir mais culpado (sendo que se matou depois de duas semanas da visita de Cygnus). Ele pediu a Cygnus para achar o menino e cuidar dele, e ele não pode recusar. O menino já tinha oito anos e Cygnus não queria saber o porquê que seu amigo só havia pedido agora. Depois de um longo processo, ele trouxe o menino para casa.
Ele era quieto, receoso até mesmo com a comida. Até conhecer Andromeda. Ela olhou para ele, quando seu pai deixou a mesa de jantar (o jantar que ele havia mandado fazer para apresentá-los um ao outro), chamou-o e disse que ela achava que tinha matado a mãe dela. Shen, ela tinha que se lembrar o nome, olhou para ela com um olhar surpreso pela primeira vez na noite. Ela explicou a situação e ele disse que a mãe dela não a culpava. Quando seu pai voltou, ela estava sentada no outro lado da mesa, os dois falando mais do que ele podia compreender.
Shen se agarrou em Andromeda e vice-versa. Os dois cresceram juntíssimos, com ela indo ao quarto dele para dormir com ele até os 10 anos. Ele a defendia de meninos bagunceiros, ela defendia ele para as professoras que achavam que ele tinha cara de problemático. Contavam seus segredos um ao outro, ajudavam um ao outro. Andromeda chorou quando ele teve que ir para outra escola primeiro. Os dois tinham amigos, mas poucos, pois quando chegavam em casa, eles eram felizes em sentar os dois no sofá e ficar lá. Foi ele que a encorajou a se vestir como queria, a pintar o cabelo que ela admirava na internet por anos.
Quando ela tinha 10 e ele 12, se mudaram para os Estados Unidos. Foi difícil se acostumar a nova casa e isso acabou influenciando ainda a reclusão dos irmãos a uma vida social. É importante ressaltar que os dois realmente não viveriam sem um ao outro.
Eles cresceram com um ou dois amigos, que no fundo também os achavam estranhos. Aos 17, Andy trabalhava em uma livraria por meio-período e estudava e ia para casa com o coração doendo de vontade de ver Shen.

Posição na escola:
A “estranha do cabelo vibrante”.

Está na escola há quanto tempo?
Desde os 11 anos.

Família:
Cygnus Aziar – Empresário

Cygnus ama os seus dois filhos incondicionalmente. Eles não são muito próximos em questão de contar todos os segredos, mas se dão bem. Isso não o impede de xingar Shen quando briga e tentar fazer que Andromeda se enturme mais.
Shen Aziar – Estudante

Já tem nas fichas, eu acho?
Maiores medos:
Tem Coulrofobia. E no mesmo caso de Shen, o pavor de perde-lo. De não poder viver sem ele.

Hobbies:
Ela toca violino e escreve. E lê bastante.

Gostos | Desgostos:
Gosta de livros, arte, dias frios (mas não muito, só aquele vento frio), jeans escuros, Lana Del Rey, Hozier, Lykke Li, Judy Collins , Daughter, Game Of Thrones, American Horror Story, Supernatural, de mexer nos cabelos de Shen, da fumaça do cigarro dele.
Não gosta de dias quentes, suar, mosquitos, praias, meninas que te olham por cima, aranhas, das meninas que o irmão dela traz pra casa, dos professores que falam mal dele, da cor amarela.

Habilidades físicas:
Andy não consegue nem correr direito. Ela não faz nenhuma atividade física, mas se mantém abaixo do peso de alguma maneira.

Habilidades mentais:
Ele mente bem, tem grande criatividade, escreve muito bem, tem raciocínio bem rápido, estuda bastante línguas, e acumula conhecimento de tudo que lê.

Relação com:
– Nathan:
Andy nunca falou com ele diretamente, mas já ouviu sobre ele por causa de Shen. Ele parece um pouco intimidante, mas ela sabe que não se julga por aparências. E Shen nunca falou mal dele. Quando eles se falam pela primeira vez, Andy gosta dele também.
– Eric:
Andy gostava da esquisitice dele. Do modo como os professores se olhavam dependendo do que ele tinha nas mãos, ou como ficavam nervosos quando ele estava perto demais e Eric nem se importava. Ela ria pra si mesma na sala de aula e ele olhava pra ela e piscava.
– Dylan:
Ela compartilhava o desgosto por Annabel. Claro que o dele era mais forte, mas ela tinha um pouco de raiva e pena da menina. Ela soltou um comentário para si mesma sobre Annabel enquanto estava perto dele e os dois conversaram por uns minutos. Ela o achava até legal.
– Bradley:
Ela tinha um pequeno crush nele. Não era nada enorme e que ela tinha que ter ele, mas apesar de ter falado com ele apenas umas duas vezes, Andy gostava dele. Gostava de ser amiga dele, de falar com ele. Ela suspeitava que Shen sabia, pois quando Bradley chegou perto de mais, sem perceber, lá estava Shen em sua glória possessiva, mas ele não agia diferente quando estava com Bradley.

Relação com seu possível par:
Se realmente precisar de par, pode ser, senão deixa ela sem. Faz ela ter um rolo de uma noite com alguém, mas senão sem par. Me avise que eu escrevo como seria a relação com o par se precisar.
Possui animal de estimação?
Não.

Algum problema de saúde/limitação?
Não.

Como se sentiu depois de ter recebido a notícia dos alunos mortos?
Ela até teve um pouco de medo, mas não por ela. Por Shen.

Alguma mania?
Tem um vício incontrolável em pirulitos de cereja. Mesmo em salas de aula está com um.

Algo a acrescentar?
Ela até sai em lugares, sempre com Shen e se diverte um pouco, mas nunca foi extremamente chegada a isso.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...