Jornal [ pr+b!em g_r/ ]


Por: ~


They {say} it's getting b e t t e r
B.u.t if this is the end, then when [/was] the start?
— Out of Mind by Magic Man.

・。。・゚Nome ・。。・
eredith Faith Fischbach.
Meredith significa "guardiã do mar".
Faith vem do inglês e significa "fé".

・。。・゚Apelido・。。・
ery || Dith || Fay || Fischbach.
Mery é a forma carinhosa e popular pela qual as pessoas a conhecem. É o apelido que ela mais ama.
Dith é um alternativa para o seu apelido mais conhecido, de Meredith, alguns ainda usam. É o seu segundo apelido favorito.
Fay é a maneira pela qual os seus pais a chamam, refere-se ao seu segundo nome, Faith.
Fischbach é um apelido peculiar, na verdade. Muitas pessoas que o utilizam, geralmente usam para a irritar, ou também por seu sobrenome ser diferente.

・。。・゚Idade・。。・
𝓓ezenove anos de idade.
— Nascida no dia 17 de julho, às 10h37min, sendo do signo de Câncer.

・。。・゚Orientação Sexual・。。・
𝓓emissexual.
— Demissexualidade é o termo utilizado para descrever uma forma de relacionamento peculiar, onde a atração sexual só aparece depois de estabelecido um vínculo psicológico, intelectual ou emocional (ou tudo isso junto) com o parceiro.

・。。・゚Par・。。・
𝓢im.
We are not soulmates because our hands interwine perfectly. We are not soulmates because our kisses are like fireworks. We are not soulmates because we hold each other perfectly, or understand each other without speaking. But we are soulmates for sure because even when we argue or fight, we will never ever give up on each other. Soulmates don't have to be perfects. They just have to hold on and never let go.

・。。・゚Aparência・。。・

𝓝ão são necessárias muitas análises para notar a beleza de Meredith. Sua aparência não é a das mais peculiares, porém, seus olhos verdes com um fundo azulado são bem atrativos, em seu rosto, são os mais belos, lhe dão um olhar misterioso, até os mais habilidosos aventureiros se perdem neles. Os seus lábios fazem parte do grupo mais importante de todo o seu corpo, sua boca é por onde ela se expressa, possuem uma tonalidade rosada, puxada pro coral. Assim como seus lábios, a sua voz, que é melodiosa, também é uma peça importante de sua personalidade, já que Mery ama estar falando. Seu nariz é fino, entretanto as suas narinas são mais largas que o resto do membro. O rosto da garota é magro, com o queixo mais arredondado; suas bochechas não são grandes, mas as maçãs do seu rosto mostram-se evidentes quando a jovem sorri.
As sobrancelhas possuem um tom cor de mel, finas e bem desenhadas, já que a garota as faz caprichosamente como um meio de vaidade. Meredith é dona de cabelos longos e bem hidratados, na mesma tonalidade das sobrancelhas, com um fundo cobre, eles chegam até a metade das costas, o seu desejo é poder cortá-los e doar para a caridade. A pele da castanha é branca, leitosa e macia, seu cheiro característico é morango. É alta, mede por volta dos 1,70 metros, porém, é magra — não raquítica, claro —, pesando por volta dos 59 quilos. Suas curvas são bem delineadas, ela tem seios médios e glúteos razoáveis, apesar de suas roupas não destacarem muito isso. A barriga é chapada e plana. Pois bem, não é difícil de se notar a beleza evidente de Mery.


[Lisa Teige]
・。。・゚Personalidade・。。・
𝓝ão é preciso muito observar o rosto da jovem para notar-se o seu traço mais marcante, basta só ver o seu sorriso aberto e você consegue identificar o seu jeito alegre de ser. É como se ela tivesse um dom de ser assim, agitada por natureza, para cima. É fácil perceber também que os seus lábios portam um sorriso sacana, como se ela estivesse sugerindo algo a mais. A moça é uma das pessoas mais amigáveis que você poderia vir a conhecer, ela possui uma incrível facilidade em fazer amizades, se a deixarem na fila da padaria por uns cinco minutos, a castanha sairá de lá com o contato de quase todos. Talvez isso ocorra pelo fato dela ser extremamente extrovertida, desde muito pequena, nunca teve problemas para se expressar ou conversar com alguém, em qualquer situação que a colocarem, ela não vai sentir constrangimento, além de ser aquela que coloca todos para cima em um dia parado.
Otimista, não há um sequer dia em que a menina levanta da cama e encara o mundo como se ele fosse uma incrível confusão, mas sim, como se fosse uma caixinha de surpresa que ela tem que desvendar; ela não deixa que as pessoas ao seu redor tenham pensamentos ruins. Meredith é uma ótima amiga, porém, ela não suporta ver que ama sofrer, ela os defende com unhas e dentes, e se alguém estiver triste, ela vai fazer de tudo para provocar risadas e animar essa pessoa, faz o tipo que prefere tomar as dores ao invés de ver os demais sofrerem. Muitas vezes, as pessoas que não conhecem o gene da garota, acham que ela é inconveniente, porém, quem a conhece muito bem, sabe que ela é audaciosa e, realmente, às vezes diz ou faz perguntas e coisas nas horas mais inconvenientes, mas isso é como um instinto para ela, flui e ela nem ao menos percebe.
Sortudo é quem conquistou o seu coração, pois a menina é amorosa e não hesita na hora de demonstrar isso. Além de carismática, ela também é carinhosa e muitos curtem estar na companhia dela por esse fato, há momentos em que ela é fofa, capaz de sensibilizar qualquer um. Não se chateia com facilidade, já que ela é muito compreensiva, mesmo que pisem na bola com ela, lhe deem um bolo, ela provavelmente irá perdoar essa pessoa. A não ser que o caso seja traição ou decepção, aí já são outros quinhentos, Dith é extremamente fiel e leal e espera que a consideração e o sentimento sejam recíprocos. Ela detesta que mintam para ela, uma vez que é honesta e tenta não esconder nada de ninguém.
Sua ansiedade e sua hiperatividade a impedem de ficar parada em um lugar por muito tempo, por isso, a moça prefere aquilo que é prático e as suas tarefas, na maioria das vezes, são feitas com bastante rapidez, sendo ela assim, ligeira. Há vezes que a menina acaba por se arrepender de suas atitudes, mas elas são inevitáveis, uma vez que a garota é impulsiva e tem uma certa dificuldade em evitar que esse traço fique evidente. Ela não tem muita paciência para ficar esperando que façam as coisas por ela, mas gosta quando elas se importam. Os seus misteriosos olhos azuis expressam o que ela transparece em alguns dos seus atos, que é a curiosidade, não é por mal, mas a menina é, simplesmente, curiosa e isso a tornou, infelizmente, bisbilhoteira. Não é como se ela passasse 24 horas do seu dia ligada na vida alheia, entretanto, quando sente necessidade, ela busca e não consegue evitar.
Quanto ao seu humor, ah, esse, com certeza, é intrigante. Fischbach é dona do típico humor sarcástico, mas um sarcástico bom, que te faz rir, não aquele ofensivo. O seu sorriso, aquele sacana e convidativo, demonstra que ela faz tipo brincalhona, além de ser a entrada para o seu lado divertido, algo que ela não esconde. A garota tem um costume estranho de ter ataques histéricos, onde pula e sorri, ao mesmo tempo que dá risinhos empolgados e, digamos que a sua risada fica um pouco escandalosa, mais do que o normal. Quem aguenta passar bastante tempo ao lado de Mery, é dono de ouvidos de aço, já que, a castanha é tagarela e, quando abre a sua boa, fica um pouco difícil a calar. A adolescente é uma piadista nata e, suas piadas não são forçadas, muitas vezes os trocadilhos fazem sentido e realmente são engraçados, porém, não são pesadas, elas possuem um toque gentil, até mesmo inocente. A espontaneidade em suas palavras surpreende e é impressionante de se ver, parece até mesmo que o que acontecera fora milimetricamente planejado, como na sua personalidade, o seu bom humor não deixa desapontar quando tratamos de animação, ela é capaz de erguer os mais tristes sorrisos.
O que pode mais impressionar e atrair a atenção das pessoas para Meredith, é o seu modo vibrante de ser, por onde passa, emana uma áurea positiva e vai deixado um pouquinho de si. Não alguém que cria laços com objetos e locais — ao menos que esse seja de extrema importância —, por isso, ela não liga muito em se mudar ou não, até pensa que é bom recomeçar, até mesmo com algumas pessoas ela é desapegada, com os objetos não seria diferente. Por mais que ela tente ser "uma lady", ela continua com os seus modos engraçados e (um pouco) mal-educados, além de não ter um postura tão ereta e ser um pouco desajeitada, podendo quebrar algo ou se colocar em uma enrascada com facilidade. Há quem diga que a jovem é responsável, porém, Faith sente como se fosse o contrário, ela sabe que não tem maturidade ou suficiente para entrar na vida adulta, assim como pensa que não consegue ter um relacionamento firme como gostaria de ter.
Meredith é magra de ruim, uma vez que ela é gulosa e ama estar comendo, se lhe oferecerem uma viagem para a Disney, ou um dia inteiro provando pratos típicos de diferentes países, ela optaria pela segunda opção. Não é atoa que seus amigos a zoem a chamando de coisas do tipo "balofa", pois quando você a encontrar, ela provavelmente estará comendo. É prazeroso e uma válvula de escape, Mery costuma a comer quando está ansiosa, animada, triste... Enfim! Apesar dos defeitos, não há como negar que Dith é uma boa pessoa.

・。。・゚História・。。・
𝓘sak estava em seu primeiro ano de faculdade de Medicina Veterinária, ele era um dos alunos mais dedicados e estudiosos de todo o Campus. Não tinha muito tempo para se divertir, passava grande parte do seu tempo no seu alojamento, lendo livros e mais livros, fazendo várias anotações. Até que, um dia, ao final do primeiro semestre, o grupo de populares da faculdade se reuniu para poder fazer uma grande festa de confraternização com todos os cursos da faculdade.
O garoto pensou em ficar no seu quarto, assistindo algum filme, ou lendo algum dos livros de seu curso. Porém, após a sua irmã lhe ligar e brigar por ele estar preso em casa e não se divertindo, Isak se sentiu desafiado a sair de casa. Então, o jovem colocou a primeira roupa que viu, passou o seu perfume favorito e rumou em direção a casa de um aluno que se oferecera para ser o anfitrião da festa.
Para a surpresa de Isak, ele realmente estava se divertindo com aquela farra. Não estava acostumado a beber, por isso, facilmente as coisas fugiram do controle e ele ficou bêbado e fora de sua consciência. Acordou na outra manhã, desnorteado, deitado na cama de um certo alguém, com um garoto do seu lado, ambos estavam nus. Um pouco assustado, ele juntou as suas roupas, pegou o seu celular, a chave de casa e saiu o mais rápido que pôde do lugar, sem não antes esbarrar nos corpos desmaiados no local.
Durante as férias, Hammer chegou a perder o sono, tentando entender o que acontecera naquela noite. Até que, um dia, enquanto passeava pelo parque, ele viu o mesmo rosto do dia da festa. Fez o que conseguiu para tentar se esconder, mas o cara o viu e foi em direção à ele, o provocando. Colin, como ele se chamava, era divertido e fazia o estilo bad boy. Depois do dia no parque, eles não perderam o contato.
Com o passar do tempo, começaram um relacionamento mais profundo, até que engataram um namoro e por assim ficaram por cinco anos, até que ambos tivessem terminado a faculdade e certeza de que o amor era firme entre eles, para que pudessem, finalmente, se casar.


Colin e Isak Hammer Fischbach haviam acabado de se casar, estavam vivendo uma vida feliz e perfeita. Já, quase do outro lado do mundo, em Paris, na França, Georgia Chermont se escondia de seu pai em uma pousada barata na beira da estrada. Ela estava grávida e não suportaria ver o seu pai, prefeito da cidade, pedindo para que abortasse o seu filho. Por isso, fugira para poder manter-se livre da pressão. Porém, ao invés da paz que ela esperava, Gia passou a ser procurada.
Depois de sete meses escondida, as suas economias começaram a ficar escassas, mas, por sorte, a moça tinha consigo o seu cartão e o usou para poder sacar dinheiro e pagar o aluguel na pensão em que estava. E pensou estar sendo esperta, entretanto, quando utilizou o cartão, apenas acionou a sua localização, dando assim, a oportunidade de ser encontrada.
E foi isso que acontecera. Em uma noite fria do mês de abril, o carro do governo estacionou na frente da casa e, de lá, a primeira dama descera, rumando em direção a porta, pronta para encontrar a sua filha. Relutantemente, a jovem de dezessete anos aceitou voltar para casa, todavia, agora ela estava com sua cabeça feita pela sua mãe, que havia a convencido de que era mais apropriado que a adolescente doasse a sua filha para adoção assim que ela nascesse.
E assim fora, na manhã do dia 17 de junho, vinha ao mundo uma pequena garotinha. Georgia estava grogue demais para segurar a sua filhinha em seus braços, mas, ainda fora capaz de lhe dar o nome, Meredith. E, depois de lágrimas escorrerem de seu rosto, a recém nascida fora tomada de seus braços e levada para um lar adotivo. Até hoje, Chermont sente vontade de reencontrar a filha.
A neném fora levada para São Francisco, na Califórnia, quando tinha apenas dois meses de vida. Ela havia sido adotada por um casal que estava predestinado a lhe amar com todas as suas forças.


O casal Isak e Colin tinham a vida perfeita, casados há quase um ano, com uma grande casa e até mesmo cada um com a sua clínica médica formada. Eles tinham de tudo, só lhes faltava uma criança para animar o lugar. E, por meio de um amigo, descobriram um abrigo onde eles poderiam adotar um bebê, o que era o que queriam, pois seria mais fácil de acostumar uma criança se ela fosse pequena.
Dessa forma, os Fischbach adotaram uma garotinha que vivia em um lar no sul da França, uma menininha chamada Meredith, que havia sido abandonada pela mãe, já que esta tinha apenas dezessete anos e não conseguiria criar a filha. Eles tinham planejado em mudar o nome de Mery para Hope Faith Fischbach, já que ela seria a esperança e a fé deles a partir do momento em que entrasse em suas vidas, porém, se apaixonaram pelo nome da pequena e apenas lhe acrescentaram o Faith Fischbach.
Em momento algum, fora omitido para Meredith que ela havia sido adotada após ser abandonada pela sua própria mãe, porém, em momento algum, Mery se importou com isso. Além do mais, ela tinha tudo que poderia desejar, era muito amada pelos seus pais. Seus pais que eram os seus heróis. A menina também nunca reclamou de ser filha de dois homens e não ter alguém para chamar de "mamãe".
Por fim, de fato, Isak e Colin concordaram com os seus amigos, uma criança era tudo que faltava para eles serem completamente felizes. Dith era a animação da casa, sempre ligada nos 220, aprontando pelos corredores da casa, porém, sempre sendo amável e carinhosa, além de companheira e leal, apesar de enxerida e agitada. Não fora surpresa para ninguém quando ela fora diagnosticada com um caso de Ansiedade e um pouco de hiperatividade.


A vida da jovem sempre fora agitada, ela, desde muito pequena, fora influenciada a defender os mais frágeis e ter repulsa a qualquer tipo de preconceito ou racismo. Quando tinha por volta dos quinze anos, Meredith fora obrigada a mudar de escola, não por conta de alguma briga ou coisa do tipo, mas sim pelo motivo de sua antiga escola só ir até o nono ano e, agora que estava entrando no primeiro colegial, ela teria de entrar em uma outra escola.
A adaptação ao novo colégio não fora tão ruim como os seus pais acreditavam que seria, pelo seu jeito descontraído e extrovertido, a moça facilmente fez novos amigos. O primeiro semestre de convivência naquela escola fora maravilhoso, até um namorado ela arrumara. O seu nome era Oliver, ele era do segundo ano e era um dos garotos mais populares do lugar. O que Mery não esperava que fosse acontecer, era que a ex-namorada de Oliver, Katherine, surtasse e aprontasse com ela por conta de ciúmes.
Quando a menina voltou de suas férias, as pessoas não faziam outra coisa se não de apontarem seus dedos na cara da moça e rirem. De início, ela não entendeu nada, porém, mais tarde, Oliver veio falar com ela, ele queria "tirar satisfação sobre os pais gays que ela nunca havia contado sobre". Ela não entendeu muito o motivou de todo aquele furdunço. Mas qual era o problema de seus pais serem homossexuais? Ela não devia satisfação à ninguém, devia? Além do mais, isso incomodava tanto Oliver, mas por quê? E, nesse mesmo dia, ela percebeu que o seu namorado era um belo de um babaca machista e de mente fechada. E também descobriu que todos na sua escola eram preconceituosos demais para aturar o fato dela ser filha adotiva de Colin e Isak.
Oliver pediu para terminar com a garota, mas não sem antes ela dar um grande tapa na cara do menino e fazer um discurso sobre o quão ridículo todos estavam sendo. Nesse mesmo dia, Kathy e o menino reataram e, Mery fora vítima de um preconceito desnecessário.


Enquanto voltava para casa, a menina fora surpreendida por um grupo de quatro garotas e um garoto, estes a encurralaram em um beco e bateram nela pelo simples fato dela ser filha de dois homens e ter "roubado o namorado da melhor amiga deles". A moça voltara para casa com os lábios cortados e alguns hematomas no braço. Ela pretendia contar tudo que havia acontecido para os seus pais, porém, naquela mesma noite, eles completavam 16 anos casados e a menina não queria estragar o momento, por isso, quando Isak perguntou o que havia com o seus lábios — já que os braços estavam cobertos pelo moletom —, Fay apenas disse que tinha caído da escada.
Ela não podia estragar a noite de quem amava, por isso, desejou que eles se divertissem e foi para o seu quarto, pegou o celular e começou a mexer nele, até que uma amiga da antiga escola lhe apresentou um aplicativo cujo o nome era Vine. A castanha o baixou, criou uma conta e começou a assistir vários vines, se divertindo e rindo pela primeira vez no fim de semana.
No domingo, ela teve uma conversa com Isak, pediu para que ele a trocasse de escola, usando a desculpa de que havia sido por contar do seu término com Oliver, falando que ela não aguentaria o ver andando com Kathy depois deles terem acontecido. O pai ficou desconfiado, mas aceitou e concordou em mudar a filha de escola.
Meredith decidiu ser transparente na nova escola, continuou com a sua personalidade otimista e animada, mas deixou exposta todas as informações, os seus gostos, seus desgostos, os seus pais, tudo. E também arranjou coragem para começar uma coisa que havia entrado na sua cabeça desde o dia em que ela conhecera o Vine. Dois meses depois, ela criou um canal no youtube, chamado Parallel Universe, por onde expressava as suas opiniões, além disso, também começou a postar na sua conta do Vine, mas aí, o assunto já era mais comédia e uma amostra do seu lado incrivelmente animado e extrovertido.
A rede social aceitara Meredith de uma maneira incrivelmente boa, porém, muitas vezes, a garota pensou em desistir. Entretanto, as amizades fizeram com que ela continuasse ali, quando algumas críticas a desanimavam, ela se lembrava de Isla, a melhor amiga que ela poderia vir adquirir e também se apoiava nos que gostavam dela, e assim continuava o que tanto curtia fazer.


・。。・゚Família・。。・
[ Pai adotivo | Isak Hammer Fischbach | 41 anos de idade | Veterinário | Vivo ]

[Michiel Huisman]
𝓝a relação de seus pais, Isak é a "mãe". Ele é o mais presente, já que o seu trabalho não exige tanto de si e o possibilita de passar mais tempo em casa com Fay. É o mais acolhedor e carinhoso da família, a sua verdadeira paixão é a cozinha e é lá que ele mais gosta de ficar com a menina. Mery não pode negar que ela realmente o ama de todo o coração, o carinho que recebe de Isak é simplesmente incrível, cada abraço que eles repartem é como uma caneca quente de chocolate. O que seria de Meredith se não fossem seus pais? Ela não gosta nem de pensar sobre, mas, será eternamente grata à eles e os defenderá com unhas e dentes quando precisar, da maneira que precisar.


[ Pai adotivo | Colin Hammer Fischbach | 43 anos de idade | Médico | Vivo ]

[Aidan Turner]
𝓞 homem é um pouco menos próximo da jovem, o seu trabalho pede para que ele faça longos plantões e volte para casa cansado, apenas querendo dormir até não poder mais. É o mais cabeça dura e protetor dos dois, mesmo que não conviva mais de 12 horas do seu dia ao lado de Mery, ele é muito apegado com a sua garotinha. Enquanto Isak apoia que a menina viva a sua vida como uma incrível aventura, faça parte da Magcon Girls e que encontre novas pessoas, Colin discorda. O pai quer que a filha continue morando com eles, que siga uma profissão que seja confortável e que ela nunca se apaixone, para que possa ser sua eterna Fay, o seu pingo de esperança. Porém, no fundo, ele sabe que isso não é possível e tenta a apoiar em suas decisões, apesar de ter um pé atrás. Meredith ainda ri e revira os olhos (entretida, divertida) aos comentários do pai, eles discutem, entretanto nada muito sério acontece; no fim, não dá pra negar que eles se amam.


・。。・゚Versão oposta de quem・。。・
atthew Espinosa.

・。。・゚O que acha das meninas?・。。・

・。。・゚Porque topou participar da Magcon Girls?・。。・
𝓒reio que a resposta apropriada para essa questão seja um simples "Por que não?". A vida de Fay já é uma incrível aventura, ela se animou muito ao receber o convite para fazer parte da Magcon Girls, além de ser um porta para divulgar os vários assuntos que ela acha importante tratar e que relaciona com uma inesperada leveza, achou na Magcon Girls um jeito de se divertir e viver um inexplicável aventura.

・。。・゚Imaginou que iriam chegar ao nível que chegaram? ・。。・
𝓓efinitivamente não! Em que momento a jovem poderia vir pensar em se reunir com mais um monte de garotas (e um garoto) para formar um grupo de sucesso em vários lugares do mundo? Em que momento ela pensaria ter mais de um milhão de seguidores em suas redes sociais? Ela ama fazer vídeos onde pode expressar suas opiniões e ser ela mesma, torcia por uma boa reação do público, é claro, mas nunca imaginou que fosse chegar nesse ponto! Com certeza, para a moça, isso é um sonho.

・。。・゚Reação ao saber que os Magcon Boys querem conhecer vocês・。。・
—Puta que pariu! — xingo e deixo o meu celular cair no chão, dando gritinhos histéricos. —Eu não acredito no que li! Ai, meu Deus! Seria isso um sonho? Alguém, por favor, me belisca — rio nervosamente. —Gente, eu acho que estou tremendo! Se eu já era ansiosa antes, imagina agora? Preciso fazer um snap ou tuitar isso agora!— digo pegando meu celular enquanto dou os meus pulos de alegria.— Sim, essa possivelmente seria a reação de Mery, com palavrão e tudo mais ahudha. Ela já é diagnosticada com Ansiedade e, depois desse dia, seus olhos provavelmente não pregaram de tanta animação.

・。。・゚O que mais odeia em uma pessoa・。。・
𝓐rrogância, falta de senso de humor, falsidade e injustiça.

・。。・゚O que mais gosta em uma pessoas・。。・
𝓐nimação, bom humor, a mente aberta e o bom senso.

・。。・゚Como vai tratar・。。・
・。。・゚Magcon Boys・。。・
𝓞s primeiros momentos de contato foram os mais tensos para a garota, ela, possivelmente, não parou de se perguntar se estava bonita o suficiente, se eles iam achar ela muito escandalosa, se iam fechar a cara, afinal, eles são mais famosos do que ela! Porém, logo todos esses questionamentos vão embora, Dith não se importa mais em saber se o seu cabelo está arrumado, ela apenas começa a ser ela mesma. Sorridente e tentando enturmar todos. Com o passar do tempo, quando a afinidade entre as pessoas no grupo estiver boa, com certeza ela será um motivo de gargalhadas. É claro que ela se dá melhor com os mais abertos, mas não deixa de atazanar a vida dos mais "regrados", se juntarmos Meredith e Matthew, eles provavelmente explodiriam o mundo.


・。。・゚Fãs・。。・
𝓤m frio sobe na barriga de Mery todas as vezes que ela escuta a palavra "fã", não está acostumada a ter pessoas que acompanhem e gostem das coisas que ela faz, por isso, ainda lhe é estranho chamar essas pessoas de "fãs". Dessa forma, ela prefere utilizar o termo "amigos". Nas redes sociais, faz o melhor que pode para responder os seus seguidores, além de sempre perguntar (por meio de twitter ou alguma outra rede social) se eles aprovam ou não uma ideia, o que eles querem que ela faça, ela faz o possível para estar perto deles. Essa galera é muito importante para o momento de sua vida, eles são a sua grande e incrível família.


・。。・゚Par・。。・
You need to be there for him. And when everything seems hopeless, you just take one day at a time. And if one day becomes too much, then just take one hour at a time. And if one hour gets too much, just take one minute at a time. — Skam.
𝓤ma coisa que a castanha não é apegada, são aos relacionamentos amorosos. Na verdade, talvez isso seja pelo fato dela ter um pouco de medo de se apaixonar, de ter algo sério com um outro alguém, por se achar irresponsável para tal fato. A única vez que a jovem namorou, fora quando tinha os seus 15 anos e, depois disso, nunca mais. Apenas ficadas e com pouca frequência. A sua orientação sexual também poderia atrasar o processo de se arranjar uma "pessoa para casar", já que, para que ela pense em ter algo mais avançado com a pessoa, isso lhe exija o conhecimento da personalidade da mesma. Reconhecer sentimentos ou indiretas apaixonadas com facilidade não lhe fora herdado no DNA. Dessa forma, um provável romance para Meredith seria iniciado a partir de uma boa amizade, com uma pessoa que tenha coisas compatíveis ou que tenha uma personalidade atrativa/peculiar. Porém, quando encontrasse a pessoa perfeita, a relação deles seria harmoniosa. A jovem, é claro, não deixaria de ser ela mesma em momento algum, sempre pra cima, animada e extrovertida. Mery ficaria mais feliz e mais carinhosa ainda ao estar perto de seu par. O dono do seu coração é uma pessoa de muita sorte. Não pense na relação deles como algo extremamente meloso, mas sim, em algo harmônico. Meredith é o tipo de pessoa que coloca todos de pé e, com o seu par, não seria diferente.


・。。・゚Magcon Grils・。。・
eredith não poderia explicar a sua relação com as meninas sem antes utilizar a palavra "parceria". As meninas, além de ótimas amigas, são como uma segunda família para a garota. Diferente dos seus primeiros contatos com os garotos, já nos primeiros momentos de conversa com as meninas, Mery sentiu-se livre, leve e solta para ser ela mesma. E assim continua até hoje, até mesmo a vergonha que tinha de falar certas coisas perto das garotas ela perdeu; atualmente, vive fazendo suas piadas e xeretando, irritando as moças. É até intrigante ver que o grupo ainda a suporta. A jovem vai estar sempre disposta a ajudar e apoiar as suas amigas, é aquela que estará lá para o que der e vier.


・。。・゚Hayley Parker・。。・
𝓗ayley e Meredith possuem personalidades com traços semelhantes, o que facilita em uma grande escala a convivência entre elas. Você pode facilmente as encontrar discutindo — no bom sentido — sobre demasiados assuntos por horas, como se tudo o que estivesse acontecendo ao redor não importasse mais do que a conversa do momento. É irônico que Mery seja apenas dois anos mais velha que ela e que tente a proteger a todas as custas, mas, ela sentiu uma compatibilidade tão grande com Hayley, que sente necessidade de ser como uma irmã para ela, assim, mesmo que a menina apronte com os garotos e com as meninas, ela vai continuar defendendo a jovem. Se conhecem há pouco tempo, mas a moça sente como se fossem amigas de infância.

・。。・゚Vícios・。。・
𝓝ão é nada muito pesado, porém, Meredith é completamente viciada em café, na verdade, a moça é amante de qualquer coisa que tenha cafeina e Isak costuma a brincar que provavelmente isso a faça ser elétrica do jeito que é.

・。。・゚Segredos ・。。・
𝓞 segredo mais comprometedor de Mery é que: ela escrevia fanfics com os garotos da Magcon.

・。。・゚Uma palavra/frase que define seu(a) personagem・。。・
Sorria, o pior ainda está por vir, nós seremos sortudos se sempre virmos o sol. Não temos nenhum lugar para ir, podemos ficar aqui por um tempo. Mas o futuro nos perdoa, então sorria. — Smile, by Mikky Ekko.

・。。・゚Uma musica que defina seu(a) personagem・。。・
Best Fake Smile by James Bay
No you don't have to wear your best fake smile
Don't have to stand there
And burn inside oh oh oh, if you don't like it
And you don't have to care, so don't pretend
Nobody needs a best fake friend oh oh oh
Don't hide it

・。。・゚Lema do personagem・。。・
Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil. — R.J. Palacios.
A razão é a inteligência em exercício; a imaginação é a inteligência em ereção. — Victor Hugo.

・。。・゚Gostos・。。・
𝓟erfumes || Tecnologia || Azul || Bolo de Caneca || Sua família || Frutas vermelhas || Frio || Estrelas || Noite || Cozinhar || Pimenta || Piada || Bom humor || Internet || Gravar || Seus fãs e suas amigas || Fotografar || Café || Chocolate.

・。。・゚Desgostos・。。・
𝓓or/Ver os outros sofrerem || Arrogância || Brigas || Livros || Rosa || Abandono || Regras || Calor || Nadar || Fotos || Traição || Música lenta || Flores || Falsidade || Matemática || Ser apegada.

・。。・゚Qualidades・。。・
𝓐legre, amigável, aventureira, amorosa, carinhosa, compreensiva, tagarela, fiel, honesta, leal, ligeira, otimista, piadista, sarcástica, risonha, vibrante, desapegada, animada, espontânea.

・。。・゚Defeitos・。。・
𝓐udaciosa, bisbilhoteira, curiosa, irritante, gulosa, histérica, intrometida, impaciente, inquieta, impulsiva, irresponsável.

・。。・゚Manias・。。・
ania de batucar os dedos enquanto faz algo, como ler um livro, escrever um texto;
— Morder o lábio inferior quando está nervosa ou fez algo errado;
— Contar piadas, sendo elas sem sentindo ou nas horas erradas;
— Bagunçar os cabelos quando está frustada com algo;
— Dar pulinhas quando está animada;
— Pôr todos de pé, o que é bom, na verdade.

・。。・゚Medos/Fobias/Traumas・。。・
𝓞 maior trauma da vida de Meredith ocorreu quando ela tinha seus 16 anos, quando ameaçaram bater nela pelo simples fato dela ser filha de um casal homossexual. Neste dia, ela ganhou um incrível lábio inchado e cortado, hematomas também. Mas superou, já que este fora o fato que motivara a jovem a entrar no universo maravilhoso que é a internet.
Acrofobia — medo de altura;
Aerodromofobia — medo de viagens aéreas;
Aletrorofobia — medo de galinhas;
Dipsofobia — medo de beber (bebidas alcoólicas);
Filofobia — medo de apaixonar-se.

・。。・゚Sonhos・。。・
𝓞 maior sonho de Meredith é poder conhecer a França, local de origem de sua verdadeira mãe. Também pensa em fundar uma ONG de apoio a causa LGBT e tentar fazer um mundo mais justo.

・。。・゚Estilo de roupa・。。・



・。。・゚Se eu precisar mudar algo em seu personagem esta de acordo?・。。・
𝓔stou de acordo, porém, se você puder me avisar, por favor, eu ficaria grata.
・。。・゚Algo mais?・。。・
[ + hairspray + ]
— A primeira das Margcons Girls cujo a qual Meredith tivera contato, fora Isla Belle Lamartine ( @solarestival ). A menina iniciara a amizade por gostar muito dos covers de Isla, e facilmente elas se tornaram melhores amigas. Mery não trocaria a amizade de ambas por nada nesse mundo.

𝓡edes sociais.


[ Meredith possui 2.5M de seguidores no Instagram, não 2.5 mil, coloquei por engano enquanto estava editando ]



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...