Jornal [new.gossip]/ficha


Por: ~


ೃ e quem sou eu? Esse segredo não conto a ninguém ೃ

Nome Completo:
Taewon Lee na Coréia: Lee Taewon



Idade:
17 anos, nascido no dia 12 de dezembro, sendo do signo Escorpião.



Apelido:
Tae.



Aparência:
Bang Yongguk
Com toda a certeza do mundo, o que mais chama a atenção no Lee é seu sorriso largo e exagerado.



Tendo cabelos negros e lisos, e olhos da mesma cor, Taewon — ou apenas Tae, como prefere ser chamado — possui uma beleza um tanto quanto diferente, visto que, apesar de fazer parte do time masculino de basquete e de futebol, tem um corpo magro e com tatuagens, sem tantos músculos como a maioria dos esportistas; brincos enfeitam suas orelhas.



Possui 1,80 de altura, ombros largos, pele clara e livre de espinhas, voz grossa, rosto magro, lábios finos e rosados, sobrancelhas grossas e olhos extremamente puxados, que explicitam sua nacionalidade asiática.





Personalidade:
Um mocinho disfarçado de rebelde; este é Lee Taewon, o garoto considerado o badboy por todo o colégio. Com a expressão na maioria das vezes séria e não se importando com a vida e opinião alheia, Taewon esconde de muitos o seu verdadeiro eu: um garoto romântico com as garotas, brincalhão com os amigos, carinhoso com os pais e educado com todos que forem educados com ele.

Taewon nunca soube o porquê de usar a máscara de rebelde, em sua mente aquilo o tornava diferente das outras pessoas de seu colégio — afinal, por mais que todas elas fossem falsas e usassem “máscaras“ como ele, ele era o único que não se influenciava pelas opiniões e que não se importava com o que os outros iriam falar dele.

Mesmo sendo do time de futebol e de basquete, e tendo dinheiro, Taewon nunca se importara com a popularidade. Longe disso, o garoto odiava a atenção que lhe era direcionada na escola — “Não sou superior à ninguém para que elas me tratem como um rei, sou só mais um adolescente babaca que joga basquete e futebol“, é o que ele diz quando perguntado do porque de sua indiferença à popularidade.

Como filho, Taewon é ótimo; seus pais sempre lhe deram liberdade (com alguns limites, claro), essa que foi aproveitada em festas e bebidas. Seus pais nunca se importaram com as festas que Taewon frequentava, desde que ele tivesse notas boas no colégio — e ele tem — estava tudo bem.



História:
Lee Dahyun, mãe de Taewon, era muito nova quando engravidou, tinha dezessete anos e estava terminando o colegial em sua cidade natal, Seul, Coréia do Sul. Na época era namorada de Kim Seokmin, o pai biológico de Taewon, entretanto o mesmo a abandonou logo que descobriu que ela esperava um filho dele em seu ventre.

Durante e após a gravidez, Dahyun recebeu carinho e apoio da família.

Quando Taewon completou um ano de idade, Dahyun conheceu James Fray, um empresário americano herdeiro de uma empresa de eletrodomésticos, e eles logo começaram um romance que dura até a atualidade. James estava cuidando de negócios da empresa em Seul quando se conheceram, e cinco meses depois, quando ele teve de voltar para Nova Iorque, nos Estados Unidos, Dahyun não hesitou em voltar junto com ele.

Taewon, por ser muito novo, ainda não tinha noção das coisas, entretanto logo que completou treze anos, as perguntas surgiram: “mãe, por que papai não tem olhos puxados como o nosso?“, “papai tem a pele mais escura que a nossa, mãe, por quê?“. Ele simplesmente não aceitava a diferença entre ele e o pai; Taewon via o pai como um ídolo, um herói, e queria ser como ele até mesmo na aparência. Eis então que sua mãe lhe conta a verdade, sobre o seu pai biológico que os abandonou e sobre James ter feito um papel muito melhor de pai do que Seokmin.

Taewon não demorou a aceitar a verdade, era um menino esperto e entendia o que sua mãe havia passado.

O mundo das festas, drogas e bebidas foi descoberto por Taewon quando ele estava com quinze anos. No início ele não entendia o porquê das pessoas se divertirem com coisas tão fúteis como festas, porém logo que experimentou ir em uma, sua vida mudou drasticamente; ele havia descoberto o bom da vida — ou pelo menos o que ele e seus amigos achavam que era bom.

A partir daí, a vida de Taewon muda completamente; o menino que antes se mostrava indiferente à diversão adolescente passara a frequentar incontáveis festas e começara a beber. Além disso, a lista de pessoas com quem ele havia ficado ou passado uma noite passa a aumentar sucessivamente.



Orientação sexual:
Bissexual.



Deseja par? Relação com o mesmo:
Sim.

Taewon acredita em amor verdadeiro — por mais que ele nunca admita.

Ele nunca se apaixonou de verdade, entretanto em seus curtos relacionamentos se mostrava romântico e fiel, fazendo de tudo para que o relacionamento fosse saudável e sem discussões.

Em sua mente, uma namorada perfeita seria aquela que não tivesse vergonha de mostrar afeto em público, que fosse fiel e que respeitasse sua privacidade, assim como ele respeitaria a sua.



Gostos e desgostos:
•Gostos•
Literatura; um gosto que apenas os mais próximos dele conhecem.
Música urbana, ou apenas hiphop;
Cultura coreana; apesar de ter vivido na Coréia quando tinha apenas um ano de idade, Taewon gosta muito da cultura de onde nasceu.
Esportes; apesar de praticar apenas futebol e basquete, Taewon gosta de todo tipo de esporte.

•Desgostos•
Matérias exatas; contas matemáticas não são o forte de Taewon.
Animais peludos;
Pessoas convencidas, que se acham superior aos outros ou que praticam bullying ou qualquer outro tipo de violência;




Medos ou fobias?
O medo de Taewon é perder aqueles que ama.
Ele também é claustrofóbico.



Segredo:
Quando irritado, decepcionado ou frustrado, Taewon encontra a calma na nicotina, ou seja, ele é dependente do tabaco.
Ninguém, nem mesmo seus pais, sabem desse segredo, é uma informação que ele gosta não de compartilhar com os outros, pois sabe que será julgado e que ouvirá muitos sermões.




Quais clubes gostaria de participar?
Informática.



Esportes:
Basquete;
Futebol.



Relação com Jasmine Butterfield:
Taewon e Jasmine são colegas de classe, entretanto se conheceram em uma das festas dada pela Butterfield, onde tiveram um pequeno affair. O relacionamento deles não chegou a ser amoroso, apenas físico, e durou uma semana.

No colégio eles mantém uma pequena amizade mínima, se cumprimentando e conversando apenas quando necessário.



Você acha que o seu personagem pode ser a Garota(o) do Blog? Por quê?
Não. Taewon não gosta de falar da vida alheia, muitos menos de invadir a privacidade das pessoas expondo seus segredos — “Não gosto de ter minha privacidade invadida, então por que diabos invadiria a de outras pessoas?“, é o que ele diz.

Apenas pensar em Taewon como o Garoto do Blog já é uma total loucura.



Informações adicionais:
Suas primeiras tatuagens foram feitas aos dezesseis anos, nenhuma delas com um significado real, todas feitas por diversão.

Seu animal de estimação é uma tartaruga terrestre, a qual vive em um aquário em seu quarto.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...