Jornal Se trata apenas de você?


Por: ~


Se trata apenas de você?

Eu não acredito que você me fez chorar. Não acredito que me fez chegar no meu limite. Não acredito que disse aquelas palavras, em frente a todas aquelas pessoas. Você realmente disse o que queria dizer? Não acredito que as disse sem se quer um pingo de rancor.
Você não é burro, nunca foi. Sempre soube o que eu sinto por você, e então brincou com isso. Apenas para se sentir satisfeito em destruir os sentimentos de alguém que só quis te amar. Você nunca foi a melhor pessoa, mas para mim era, pois era para você todos os sorrisos, e todos os olhares.
Você nunca percebeu o quão importante é para mim? Nunca percebeu o que causava em mim? Nunca percebeu como eu ficava sempre que te via.
Te recebia de braços abertos, com um sorriso no rosto de quem dizia “hey, estive aguardando ansiosamente a sua chegada” Mas isso pareceu não ser importante e suficiente para você.
Fez o que fez, me conquistou com seu jeito despojado e leve de ser, apenas para me quebrar em mil pedaços. Eu nunca soube o que era estar em terra firme, quando estava ao seu lado. Gostava do seu jeito e de tudo o que de você era transmitido.
E agora, ver tudo isso ir por água a baixo tem me sufocado. Eu não posso recorrer a ninguém, porque ninguém sabe verdadeiramente sobre nós. Ninguém nunca soube, e você nunca fez nada para mudar isso.
“nunca” É só isso que vem de você.
Eu nunca vou ser importante para você. Eu nunca vou ser o motivo de suas idas e vindas. Eu nunca vou ser o motivo pelo qual você fica feliz ao ler uma mensagem de alguém importante. Eu nunca vou ser aquela pessoa para quem você liga e conta de seus medos ou sonhos. Eu nunca vou ser suficiente para você.
Mas serei importante para mim. Isto eu aprendi com você, a ter amor próprio. É a única coisa que lhe resta quando tudo desaba. Também é a única coisa que realmente importa para você. A porra do amor próprio.
Acho que você exagerou na dose deste amor, pois só liga para você mesmo, se o mundo não girar em torno do teu maldito umbigo, as coisas não andam. Mas quero te dizer que sobre história, céu e matemática, você entende, mas sobre o amor... Ah, deste você não entende nada.

Escutando: As batidas altas do meu coração.
Lendo: Como reconstruir um coração partido.
Assistindo: Você rir da forma monstruosa como me deixou.
Jogando: Suas memórias no lixo.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...