Jornal Sweet Dreams - Ficha


Por: ~






I'm bigger than my body
I'm colder than this home
I'm meaner than my demons
I'm bigger than these bones


🚫Nome: Liana Zylka Lyon

🚫Idade: 18 anos || Geminiana || 08/06/98

🚫Sexo: Feminino

🚫Orientação Sexual: Bissexual

🚫Aparência:
Liana é uma bela garota dona de longos cabelos castanhos escuros sendo estes lisos e sedosos, mas que a mesma os mantem em grande parte das vezes ondulados, seus olhos são castanhos claros e possui cílios volumosos fazendo que se destaquem em sua pele clara, levemente pálida que algumas e poucas sardas quase imperceptíveis sobre o nariz, maças do rosto e ombros, seu nariz é pequeno porém um tanto arrebitado, seus lábios são levemente cheios e bem desenhados que tem um belo contraste com seu sorriso certinho e branquinho, quando sorri é possível ser suas covinhas em ambas bochechas, só que se reparar bem poderá notar que a da esquerda é um pouco mais funda. Tem altura mediana com 1,64 tem um belo corpo mas nada extravagante, é magra tem os seios medianos, cintura fina, quadris, coxas e bumbum medianos.







🚫Personalidade:
Liana é aparentemente quieta, mas quando precisa se impor e mostrar sua opinião fala tudo sem se importa com o que dirão. Uma garota muito perspicaz, observa tudo e todos ao redor, suas ações e cada movimento, percebe coisas que muitos não percebem e não se engane quando ela parecer distraída, ela está sempre atenta ao que ocorre ao seu redor. Determinada, quando tem um objetivo faz de tudo para alcança-lo, não é de desistir e prefere ignorar esta palavra, para ela desistir não é uma opção e só os fracos veem isso como opção.
Paciente, diferente de muitas pessoas a garota mantem a calma e seriedade em diversas situações, sua voz é sempre terna e calma, porém firme e isso faz com que se assustem quando ela acaba aumentam um pouco seu tom, pois já sabem que coisa boa não é, quando usa o sarcasmo a pessoa só notará se a conhecer bem ou se estiver a encarando, pois verá o sorriso cínico no canto de seus lábios. Desconfiada, a morena desconfia de tudo e todos, demora a conquistar sua confiança e acredite ela estará sempre de olho em suas atitudes para passar a confiar ou não em você, mas é incrivelmente rápido perder sua confiança quando se tem, o que muitos podem estranhar é que normalmente as pessoas confiam muito nela. Inteligente, com raciocínio rápido e lógico resolve facilmente problemas em situações imprevisíveis e muitas vezes consegue manter a calma e por isso a julgam como alguém sangue frio, mas podemos dizer que estão bem errados quanto a isso, Lia costuma guardar e esconder tudo o que sente pois costuma sentir mais do que gostaria, para ela sentimentos não devem ser demonstrados pois as pessoas não entendem e muitas vezes não correspondem e ela tem muito medo de seus sentimentos não serem correspondidos.
Um pouco pervertida quando tem interesse em alguém (mas seus interesses normalmente são carnais) e gosta de usar de seu lado sexy nessas ocasiões, maliciosa leva muitas coisas pelo outro lado, mas não fala simplesmente sorri de canto erguendo a sobrancelha direita fazendo com que poucos notem. Dificilmente a verá estressada e se estiver estressada é por algo realmente muito, muito sério e acaba se mostrando alguém bem diferente que fala coisas cruéis e se não se segurar parte para agressão física e não pense que a garota foge de uma boa briga, pois isso não é de seu feitio. Para conseguir irritar essa garota a pessoa tem que ter um grande dom para isso, se não esquece, pois não conseguirá. Em situações tristes normalmente mantem a postura e a calma, mas se já tiver guardado muita raiva e tristeza para si mesma, acaba desabando mostrando que tem um lado humano, porém isso raramente acontece.
Liana tem uma presença muito fraca passando facilmente despercebida pelas pessoas ao seu redor, poucos a notam, isso faz com que vira e mexe alguém esbarre/tropece nela, ouvir "Desculpe, nem te vi aí." para ela é algo tão normal quanto um "oi"; Também acontece muito de entrarem em um lugar onde ela está e não a perceberem, só quando ela se pronuncia notam sua presença. Os poucos que a notam a julgam como “misteriosa” e “estranha” talvez suas atitudes acabem a fazendo ser vista dessa forma, mas ela não se importa e deixa que falem, pois isso realmente não a afeta, na verdade se acostumou com tais comentários desde que era do colégio e isso faz com que ela normalmente não se aproxime das pessoas, podemos dizer que prefere ser um tanto solitária a ter que fingir ser o que não é para ter amigos.


🚫História até o momento que começou a sonhar:
Fruto de um estrupo, é assim que foi chamada diversas vezes por sua mãe que sempre a desprezou exatamente por isso, pois quando sua mãe tinha 16 anos foi estuprada e engravidando de Liana, não tirou a criança pois não teria coragem de acabar com uma vida, mas assim que a menina nasceu a desprezou, ficou com ela até completar cinco anos de vida, uma criança fraca e desnutrida e com algumas marcas no corpo por apanhar sempre que fazia algo errado nos olhos da mulher que lhe colocou no mundo, aos seus cinco anos foi a ultima vez que viu a mãe e a única lembrança que tem dela, chorando ajoelhada em sua frente dizendo que não era culpa dela e que merecia uma mãe melhor, acariciava o pequeno rosto da menina e sorria em meio as lagrimas, pedia desculpa e dizia que teria uma boa vida, esse foi o dia do suicídio de sua mãe.
Desde então Liana foi criada em um orfanato, pois ninguém da família a quis, já que segundo eles a culpa da morte de mãe foi dela, passou anos no local por não ter sido adotada, as criadoras tornaram-se suas mães e alguns órfão seus irmãos, passou a gostar do lugar apesar de não ser nenhum castelo.
Aos 15 anos ganhou um quarto separado das outras crianças, não era muito grande, apenas cabia sua cama de solteiro, uma cômoda e um criado mudo, mas para a menina era perfeito. No mesmo ano passou a trabalhar como garçonete em uma lanchonete próxima ao colégio que estudava, além de ter que escutar piadinhas por ser atrasada nos estudos (pois entrou tarde), tinha que ouvir piadas por trabalhar na lanchonete também, agradecia por ninguém saber que era órfã, tinha medo que as piadas aumentassem, ou pior, sentissem pena dela.
Esse ultimo ano não estava sendo fácil, o governo tinha cortado a metade da verba que o orfanato recebia e isso começou a encher o local de dívidas e dificuldades para cuidar das crianças, por vezes Lia insistia para que pegassem parte de seu salário, mas era sempre recusado, fazendo ela mesma dar um jeito de usar o dinheiro para o local, a igreja tenta ajudar e algumas pessoas as vezes ajudam o local, mas nem sempre podem. Liana não sabia mais o que fazer quando deitou a cabeça no travesseiro aquela noite, foi quando sonhou com algo muito realista e ao mesmo tempo, fantasioso para ela.


🚫Gosta?
De ler - Nos gêneros de suspense, terror, mistérios e aventuras.
Filmes - Nos mesmos gêneros acima, e também tem grande admiração por filmes em preto e branco.
Praticar esportes - Sendo que pratica corrida toda manhã.
Doces - não resiste a pirulitos e sempre está com um na boca.
Cigarros e bebidas alcoólicas. - ninguém sabe que fuma, e só bebe em festas.
Musica alta quando chateada.
Andar de bicicleta. - teve ue aprender a gostar, pois não tem outra opção.
Tocar piano. - aprendeu na igreja com uma de suas cuidadoras.
Comida apimentada. – pois é diferente de muitas pessoas ela gosta de uma pimentinha.
De festas/baladas – apesar de não aparentar muito ela adora.
Lugares calmos – quando está com duvidas, chateada ou triste se isola em lugares assim.
De estar na presença das pessoas que gosta.

🚫Não gosta?
Amendoim - e derivados do mesmo por ser alérgica
Abacaxi.
Desenhar – é realmente péssima nisso.
Cozinhar – tão péssima quanto em desenhar.
Que reclamem do seu jeito de ser.
Que tentem a impedir de fazer algo que queira.
Odeia ter que ficar esperando muito tempo.
Lugares pequenos e fechados. - pois é claustrofóbica.
Ser subestimada.
Mas acima de tudo, odeia traições independente da forma, jamais traia sua confiança é a melhor forma para conquistar seu ódio.

🚫Quer par?
👉Autora escolhe (x)
👉Você escolhe ( )

🚫Hobbie?
Correr
Tocar piano
Escrever

🚫Dirige?
Não, ela usa bicicleta.

🚫Relação com o Johnny:
De principio não há bem uma relação, ambos parecem se falar apenas por educação, mesmo que seja só pelo fato dela ser mais quieta e na sua, mas aos poucos vão descobrindo mais um sobre o outro e talvez se tornem amigos. (se quiser alterar essa parte, fique a vontade)

🚫Medos:
Lugares pequenos e fechados - claustrofobia.
O orfanato acabar fechando.
Não conseguir uma bolsa em uma boa faculdade.
Bonecos ventríloquos e bonecas de porcelana.
Tem medo da rejeição (por conta de seu passado e por nunca ter sido adotada).

🚫Animal de estimação?
Não é bem dela, e sim do orfanato, porém o cachorro é muito mais apegado a ela.
É um labrador, chamado de Chocolate.


👉🏻Curiosidades:
● Tem diversos caderninhos onde estão seus trabalhos com a escrita que vão além de composições.
● Não suporta ver alguém precisando de ajuda e ficar sem fazer nada.
● Tem coleção de CDs folk ingleses.
● Odeia acessórios, mas abre exceção para colares.
● Ama agasalhos de moletom com capuz.
● Já foi atropelada por bicicleta por volta de sete vezes, e as pessoas sempre diziam que não tinham a visto.
● Odeia cálculos.
● Tem miopia, apesar de ter conseguido comprar suas lentes nunca esquece seus óculos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...