Jornal The Condemned


Por: ~


The Condemned

Warzone


Eu não preciso de compaixão
Porque eu fácil venho, fácil vou
E possuo altos e baixos
Não importa pra onde o vento sopre
Nada realmente importa para mim, para mim

Queen - Bohemian Rhapsody



Nome Completo: Bae Suzy Hye

Nome em Hangul: 수지 이완

Nome na Gangue: Sweet Pea

Apelido: Suki e Skyler

Idade [ 18 - 25 ]: 21 anos(Oriental) e 20 anos (Ocidental)

Data de Nascimento: 10 de outubro 1996

Signo: Libra (Ocidental) Dragão (Oriental)

Altura: 1,72 m

Peso: 58 kg

Posição na Gangue: Líder, Torturadora e Lutadora

Nacionalidade: Coreana

Dupla Nacionalidade: Americana

Orientação Sexual: Heterossexual

Tipo Sanguíneo: AB+

Aparência [ 8 img. 4 gif. ]:









Gifs:




• PhotoPlayer - Nana (After School)

• Descrição da Aparência - Olhos puxados e escuros, o cabelo atulmente está curto e loiro, mais antes estava longo e escuro (como tem em algumas imagens acima), pele clara, boca mediana.


Personalidade: um menina quieta e observadora, Fria, discreta, um pouco brava, as vezes e grossa as vezes não, forte em momentos difíceis, proteger as pessoas que ama, não tem medo da morte( pois ela sempre chega mais cedo ou mais tarde), fala as coisas na cara, respondona, não tem medo de grandalhões, adora um desafio principalmente com as habilidades dela. Seu charme e elegância unidos a uma personalidade instigante e uma grande inteligência fazem dela um alguém que se destaca dos demais e de caráter nenhum um pouco submisso, ou seja etá para nascer homem que vai mandar nela. Muito irônica é estupidamente sincera, ao ponto de ser grossa, praticamente não pensa antes de falar, a mesma acaba por ter um círculo de amizades muito próximas pequeno embora seja muito sociável e se de bem com várias pessoas. Tem um talento enorme para detectar mentiras,ela NUNCA erra, ou seja, o que quer que você diga é bom que ela acredite. Apesar de inteligente e boa ouvinte a mesma é muito intuitiva e confiar demais na sua própria intuição, que por sinal quase nunca falha então se ela disse algo existem grandes chances de que isso aconteça.

História: Minha mãe foi estrupada até engravida de mim, minha vida até os 12 anos era mais ou menos mais dava para viver até minha mãe se matar,daí eu comecei a se estrupada por meu pai é meu Irmão mais velho aqueles nojentos, eu era estrupada mais de 3 vezes no dia, não tinha mais garganta pra grita, eu apanhar durante meu abuso, até acha uma lugar que era o porão de lá de casa, tinha varias ferramentas como: pé de cabra, fios de ferro, matelo, pregos é muito mais. Comecei a fazer muitos objetos de tortura, mais os estupros sempre continuavam é parecer que só piorava a cada dia, todo dia eu tinha uma marca nova. Eu comprei um Taco de beisebol é usei ele no dia seguinte acertando o meu pai na cabeça, eu já tinha tudo pronto pro meu Show, levei ele até o porão é amarrei na cadeira é esperei meu Irmão chega, Quando ele chegou eu fiz o mesmo com ele acertei o taco de Beisebol na sua cabeça é levei la para baixo, amarrei ele em frente a meu pai que estava nú e deixei ele nú também. Eles acordaram é eu acabei dizendo " até que enfim as belas adormecidas acordaram " surgiu um sorriso no meu rosto, eles mim olhavam com um certo pavor e eu gostei disso, torturei eles da pior forma possível, cada gritos deles era como musicas para meus ouvidos, eu queria mostra a eles o que eu passava todos os dias só de uma forma mais dolorosa é cruel possível, passei dias torturando eles dois, cada dia era um, só para poder vê o sofrimento um do outro, eles acabaram morrendo com minha última tortura eu tinha em média 15 anos por ai. Eu virei uma completa orfão naquele dia, eu gostei tando de mata.
Perambulava pelas ruas de Busan como fazia toda noite, mais em uma certa noite era em volta das 00:15 da madrugada, onde as ruas eram desertas e tinha pouca iluminação. Ela começou a sentir uma sensação de algo ou alguém está seguindo ela, a mesma acelerou o passa, mais logo parou, ela queria saber quem a seguia, logo um carro preto parou em seu lado é o vidro da janela do carro desceu, revelando um senhor de cabelos grisalhos e de terno tinha uma aparência de 54 anos, o mesmo olhou para me e falou que sabia o que eu tinha feito é precisava de me com ele, em primeiro estante desconfiei é não disse nada, o mesmo mandou entra em seu carro, hesitou em pouco mais ela queria saber o que senhor queria com ela então entrou, o carro parou em uma mansão, o senhor desceu do carro é logo ela desceu, o mesmo disse que eu lembrava a filha na aparência quanto na personalidade, mais ela também disse que ela morreu, ele me propôs que eu fosse a herdeira dos seus negócios como se fosse filha dele, eu aceitei mais foi com uma condição ter a minha própria gangue mais só com mulheres com historias diferentes mais todas interligadas com a sede de sangue e morte.

Gostos:
- Tortura
- Filmes de terror e Horror
- Comer
- Ler livros de tortura e terror
-Facas
- Dança
- Ouvir Musicas
- Inverno
- Botas de cano alto
- Batons escuros
- Chuva
- Preto e Azul

Desgostos:
- Dias muito quentes
- Pessoas muita certas
- Que a façam espera
- Quebre sua confiança
- Que mexam nas minhas coisas sem minha autorização
- Filmes melosos

Hobbies:
- Jogar Beisebol
- Cozinha
- Andar na Praia
- Escrever
- Fazer bolo
- Comer

Medos / Traumas / Fobias: Não

Comida Preferida: Hambúrguer

Bebida Preferida: whiskey e Café

Comida que Desgosta: Carne mal passada

Bebida que Desgosta: Suco de melancia

Roupas:

Casual:1-

2-
3-
4-
5-
6-
7-
8-
9-

Formal:1-

2-
3-
4-
5-
6-

Dormir:1-

2-
3-
4-
5-
6-

Festas: 1-

2-
3-
4-
5-
6-
7-
8-

Banho: 1-

2-
3-
4- 5-
6-
7-
8-

Assaltos: 1-
2-
3-
4-
5-
6-

7-


Balada: 1-

2-
3-
4-
5-
6-
7-
8-

Encontros: 1-

2-
3-
4-
5-
6-

Dados da Gangue:

Quanto tempo você está nela ? 5 anos

Dados Pessoais:

Possui alguma Tatoo/Pircing? Tem uma Tatoo abaixo dos seios (Uma Tribal)


Possui algum vicio ? Bebidas e cigarros

Sua musica:


Sua musica com o Par:


Sua arma:

Desert eagle 50 cal



SUBMETRALHADORA


45 pistol (Semi-automática)


FACAS



Frase que define sua personagem:
Todos nós temos o poder de matar nas mãos, mas muitos tem medo de usar. Aqueles que não tem medo, controlam sua própria vida.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...