Jornal Um poema sobre nada


Por: ~


Um poema sobre nada

O mundo solitário,
Não tem muito o que fazer
Então prefere se entreter
Vendo e mexendo na vida de hilários
Sem nem mesmo ser solidário.

Pobres humanos dependentes
Que há de serem tão carentes
Mal sabem que o mundo não os quer mal
Apenas diversão sem igual

Mas ele, exigente
Se enjoa facilmente
E pra que sua dor não se torne maior
Ele passa pra gente seu pior

Pobre nada!
Ah, que solidão
Que, de repente, me atingiu o coração.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...