Jornal William Blake


Por: ~


William Blake

Eu estava com raiva de meu amigo;
contei tudo a ele, e a raiva passou.
Eu estava com raiva de meu inimigo;
não falei nada, minha raiva cresceu.

E a reguei com medos,
noite e dia com minhas lagrimas;
e a iluminei com sorrisos,
e com doces e suaves ilusões.

E ela cresceu dia e noite,
até que uma vistosa maça nasceu
e meu inimigo a viu brilhar,
E sabia que era minha;

E entrou no meu pomar furtivamente
quando a noite tudo fez escuridão;
e de manhã, com alegria contemplei o'que vi
meu inimigo estirado sobre a arvore.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...