Lista de Leitura:

Lista criada por: ~
12 histórias

Good Boys Go Bad escrita por ~Hyogie

Fanfic / Fanfiction Good Boys Go Bad
Terminada
Capítulos 4
Palavras 24.291
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
● yoonseok ● ● shortfic ●

Devido à uma bela quantidade de boatos, Hoseok e Yoongi se odiavam em silêncio. Todavia, um pequeno mal-entendido faz com que os dois tirem a prova real à respeito de tudo o que ouviram sobre o outro durante anos.

Após isso, a presença de Hoseok torna-se constante na vida de Yoongi, virando-a de cabeça pra baixo.

Poderiam garotos bons tornarem-se maus?
  • 251
  • 71
Fanfic / Fanfiction Always with you
Terminada
Capítulos 7
Palavras 2.977
Atualizada
Idioma Português
Categorias Ansatsu Kyoshitsu (Assassination Classroom)
Gêneros Comédia, Drabble, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai
minha pequena contribuição para a KaruNagi Week que esta tendo no Tumblr


Dia 1: porque Karma fingia muito bem
Dia 2: Halloween na classe E sempre é mais emocionante
Dia 3: Verdade ou desafio
Dia 4: cabelo grande ou curto?
Dia 5: esperança é a ultima que morre
Dia 6: marcas e cicatrizes
Dia 7: uma atividade diferente
  • 185
  • 36
Fanfic / Fanfiction You Little Dumbass
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 72.354
Atualizada
Idioma Português
Categorias Haikyuu!!
Gêneros Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
(Esta fic está tecnicamente FINALIZADA, só está marcada como "em andamento" porque eu ia (vou ainda) postar um capitulo especial, que mais parece uma one-shot mas que é desta história, por isso, não quis deixar separado)

Kageyama e Hinata possuem grande sincronia quando jogam vôlei juntos, apesar de brigas infantis e momentos de rivalidade serem muito frequentes.
Mas Kageyama tinha melhores habilidades que deixavam Hinata com inveja e com vontade de melhorar e ser reconhecido pelo levantador.
No processo, o ruivo começa a notar reações estranhas em seu corpo diante de Kageyama e um sentimento novo que o deixara bastante inquieto.

[Shortfic - KageHina]

(Esta fanfic está postada no Nyah Fanfiction também)
  • 821
  • 237
Fanfic / Fanfiction Em seu nome ...
Terminada
Capítulos 38
Palavras 69.610
Atualizada
Idioma Português
Categorias Noragami
Gêneros Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yaoi
- Ohayooo Minna!! Meu nome é Iki Hiyori, mas essa história não é minha... Bem, vocês vão precisar saber sobre ele. Okay, eu era uma estudante normal, com uma vida normal. Eu era extremamente normal, até o dia que o conheci, Yato -um deus que realiza vários trabalhos- ele estava atrás de um gato e de repente eu o encontro na rua, ele corre atrás dele, mas havia um ônibus vindo na direção dos dois, corri para empurra-lo, - e não me julguem eu lá tinha como saber que ele era um Deus?! - Acabei sendo "atropelada", esse momento mais do que maluco mudou a minha vida. Porque foi nesse dia a primeira - das muitas e muitas vezes - que eu sai do meu corpo e fiquei vagando como um Hanyou, nem humana, nem espiríto. Ahhh e quando eu estou nessa forma eu tenho uma cauda - ou melhor, uma linha que une ela do mundo dos vivos ao do outro mundo. - bocejo tentando espantar o sono e dou um meio sorriso - Vocês devem estar pensando que essa história é sobre eu e o Yato... Bem sem duvidas estamos envolvidos. Só que essa história é do Yukine-kun... Ele é o Shinki do Yato - coço a cabeça pensando em explicar isso de uma forma melhor - Quando um humano morre e sua alma não consegue fazer a passagem ela fica vagando.. Os Deuses podem fazer deles seu Shinki.. São como armas, mas não é bem isso - suspiro um pouco cansada - Eu não sei bem explicar, o fato é que bons Deuses e boas Shinkis tem uma relação tão forte como as famílias. Yukine-kun e Yato passaram por maus pedaços juntos, e um nunca desistiu do outro. Para ser muito sincera eu nunca havia percebido nadinha de nada até aquela noite no parque... Ali eu vi com clareza o que Yukine sentia... Mas Yato... Yato era Yato... - dou uma pequena risada com isso "Droga Yukine... com alguém como o Kazuma por perto.. porque logo o Yato" acabo rindo e balanço minha cabeça. - Se ele não perceber logo os sentimentos do Yukine eu mesma me encarrego dele se reencarnar logo...

  • 327
  • 307
Fanfic / Fanfiction Poeticamente falho.
Terminada
Capítulos 1
Palavras 266
Atualizada
Idioma Português
Categorias Haikyuu!!
Gêneros Drama (Tragédia), Slash, Universo Alternativo
E se quer saber, Noya, você sempre foi tudo e nada ao mesmo tempo e eu nunca consegui aprender a ler o teu meio-termo.
  • 2.847
  • 109

Sadique escrita por ~Yurievna

Fanfic / Fanfiction Sadique
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 26.712
Atualizada
Idioma Português
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Gêneros Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
"― Sei que no fundo gosta de mim.
― Baseado no quê? No desprezo ou na indiferença?
Com um sorriso provocativo, sussurrou numa brincadeira:
― No seu amor reprimido."

Chat Noir encontrou alguém para compensar a solidão e o tédio de suas noites. Um rapaz, assim como ele. Difícil de lidar, divertido de provocar... delicioso de se provar.
  • 259
  • 80

After - (MITW) escrita por ~Gabbexoxo

Fanfic / Fanfiction After - (MITW)
Em andamento
Capítulos 104
Palavras 171.846
Atualizada
Idioma Português
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Matheus Neves "Pk Regular Game", Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft, Thiago Elias "Calango", Zelune
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela
"A faculdade sempre me pareceu uma coisa importantíssima, fundamental para medir o valor de uma pessoa e determinar seu futuro. Vivemos em uma época em que primeiro perguntam onde você estudou e só depois seu
nome. Desde cedo fui ensinado — condicionado, na verdade — a me
preparar para uma boa educação. Isso se tornou uma necessidade para mim, que exigiu uma dose absurda de esforço e virou quase uma obsessão. Cada aula a que eu assistia, cada trabalho que fazia desde o primeiro dia do ensino médio, tinha como objetivo entrar na faculdade. E não numa faculdade qualquer: minha mãe cismou que eu tinha que estudar na Washington Central, a universidade em que ela estudou, mas que acabou abandonando antes de se formar.
Eu não fazia ideia de que a faculdade envolvia muito mais coisas do que a
vida acadêmica. Não sabia que a difícil escolha de quais optativas cursar no primeiro semestre seria algo banal apenas alguns meses depois. Eu era bem ingênuo nessa época, e em certo sentido ainda sou. Jamais poderia imaginar o que viria pela frente. Conhecer meu colega de quarto foi uma experiência marcante e um tanto estranha no início, e com o grupo de amigos malucos que vinha com ele isso se intensificou. Eles eram diferentes de qualquer pessoa que eu conhecia, a aparência deles me intimidava, e seu desprezo absoluto pela ordem me confundia. Logo me tornei parte daquela loucura, deixei-me envolver…
E foi assim que ele entrou no meu coração.
Desde nosso primeiro encontro, Mikhael mudou minha vida mais do que
qualquer cursinho ou grupo de leitura. De repente eu estava vivendo os filmes que tinha visto na adolescência, e aquelas tramas ridículas eram realidade. Eu teria feito alguma coisa diferente se soubesse o que aconteceria mais para a frente? Não sei. Adoraria ter uma resposta para essa pergunta, mas não tenho. Às vezes me sinto grato por tudo, tão dominado de paixão que meu juízo vai para o espaço, e a única coisa em que consigo pensar e nele. Em outras ocasiões, penso no sofrimento que Mike me causou, na
saudade que sinto de quem eu era, no caos daqueles momentos em que vi meu mundo ser virado de cabeça para baixo, e a resposta deixa de ser clara.
A única certeza que tenho é de que minha vida e meu coração nunca mais
serão os mesmos depois de Mikhael."

Sim é literalmente o AFTER da Anna Todd, porém modificado para adicionar nosso querido shipp MITW.

*Deixando claro que os créditos dessa história são todos dedicado a autora de after eu apenas edito algumas coisas, já que na história oficial o casal é hetero.

*ATENÇÃO*
Essa historia não é minha eu modifiquei para que ela se adaptasse ha um casal que eu shippo.
  • 120
  • 227
Fanfic / Fanfiction I don't wanna smile -Saida oneshot
Terminada
Capítulos 1
Palavras 2.875
Atualizada
Idioma Português
Categorias TWICE
Gêneros Famí­lia, Orange, Shoujo (Romântico), Yuri
-Eu não quero sorrir... mas, eu vou por você...

Saida- I don't wanna smile

  • 23
  • 4