Lista de Leitura: Danimendonkook Lista de leitura

Lista criada por: ~
6 histórias
Fanfic / Fanfiction O Filho do Alfa (Long Imagine Jungkook - BTS)
Em andamento
Capítulos 15
Palavras 27.316
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
||ABO||

O coração de uma fera é indomável, não há como ser parado
E da paixão de uma fera nasceu um fruto que está destinado a ter seu pescoço cortado.

"O Filho do Alfa deve ser da união abençoada pela lua, não um bastardo."
  • 3.426
  • 1.689

Imoral escrita por ~PepperInk

Fanfic / Fanfiction Imoral
Terminada
Capítulos 51
Palavras 111.641
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Cinco anos! Será que ele não entende que cinco anos nos separam e, ainda mais, nossas posições? Ele é brincalhão e sem um pingo de responsabilidade, quer ser o centro das atenções em todos os lugares por onde passa. Porém, dono de uma bela voz e, admitindo ou não, proprietário de um dos corpos mais bonitos que eu já vi.

Desde o começo, quando deparei com aquele rostinho de menino, na hora percebi a malicia em seus olhos. A verdade, é que eu nunca pensei que um adolescente pudesse ser tão “imoral” quanto Park Jimin.


*Capa feita pela linda da ~Higurashimellow*
Quando precisarem de capas, não hesitem em falar com essa linda <3
  • 7.008
  • 1.730
Fanfic / Fanfiction Danger (Imagine Park Jimin)
Terminada
Capítulos 30
Palavras 54.014
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Park Jimin, o maior traficante de Seul.
Eu? Só uma garota como qualquer outra.

Como nos conhecemos? Em uma das piores noites da minha vida.
Ele é possessivo, frio, egocêntrico e sarcástico, um completo psicopata.
Por outro lado é sedutor e extremamente lindo.
Se eu tenho medo dele? Não sei.
Mas eu o desejo como nunca desejei alguém.

-Você está mexendo com o perigo, ________ -ele disse e eu sorri fraco.
-E você está mexendo comigo, Park Jimin.
  • 6.070
  • 1.868
Fanfic / Fanfiction Imagine Taehyung (V) BTS
Em andamento
Capítulos 51
Palavras 75.541
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Taehyung e eu não nos damos nada bem.

Não tinha nada contra ele até ele agir como um cretino comigo.

A única coisa que ele sabe fazer melhor do que ficar reclamando era me irritar!
  • 2.037
  • 1.197
Fanfic / Fanfiction Meu pedacinho de vida
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 1.057
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Aventura, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Você me tirou da amarga depressão, me fez ver o brilho da vida e a beleza da noite. Com suas tintas florescentes você me mostrou a cor da vida.

Taehyung era um adolescente de dezesseis anos que sofria depressão, ate que um dia ele conheceu alguém.

Bts | Romance
  • 23
  • 5
Fanfic / Fanfiction A Sereia- BTS
Em andamento
Capítulos 11
Palavras 21.310
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
OBS: essa é uma obra inspirada no universo do livro "A Sereia", de Kiera Cass. Essa história não terá nada a ver com o livro, apenas me inspirei para criar a minha própria. A personagem principal será aleatória, se quiser trocar o nome da personagem pelo seu, e as características dela pelas suas, faça isso :)







*PLÁGIO É CRIME*










Era pra ser um cruzeiro pelo Caribe, mas aquelas vozes mudaram tudo.

-Mãe? Está ouvindo?- pedi, tirando meus fones.

Minha mãe estava paralisada. Suas pupilas estavam dilatadas e ela parecia não me ouvir.

Ela se levantou de sua cadeira, e abriu a porta de nosso luxuoso quarto, indo para algum lugar.

Ao olhar pela porta, logo notei que várias pessoas estavam indo na mesma direção que ela foi. Entre essas pessoas, meu pai e meu irmão mais novo a seguiam.

Novamente, aquelas vozes. Era um canto tão bonito e diferente, e isso chamou minha atenção. Por um momento eu só escutava aquelas vozes.

Senti uma força sobre mim, que me fez levantar e sair do quarto.

Ao sair, as fortes gotas de chuva atingiram minha pele, me trazendo uma sensação de paz.

De repente, todos começaram a correr. Era uma corrida, e quem pulasse no mar seria o vencedor.

Comecei a correr junto com todos, e, ao chegar no parapeito do navio, um dos primeiros a pular foi meu irmão.

"Droga, ele me venceu! Mas eu preciso pular também!"- pensei.

Subi na grade, fechei meus olhos e abri os braços. Aquelas vozes encantadoras apenas me encorajaram a pular.

E pulei.

O choque do meu corpo com a água não foi muito desconfortável, mas assim que estava no mar, senti meu corpo ser puxado para baixo.

"Espera. Eu não quero morrer!"

Comecei a me debater para ir até a superfície, mas nada adiantava. Essa força sobre mim só aumentava, e eu estava cada vez mais afundando.

"Não! Eu não quero morrer! Eu faço qualquer coisa, qualquer coisa!"- pensei. Isso não iria adiantar em nada, eu iria morrer...

"Qualquer coisa?"- uma voz pediu.

Na hora nem parei para pensar como alguém estava falando comigo embaixo d'Água. Apenas respondi.

"Qualquer coisa!"
  • 80
  • 86