Lista de Leitura: Em andamento

Lista criada por: ~
57 histórias
Fanfic / Fanfiction 10 Manhãs Depois ... (Malec, Sizzy e Clace)
Em andamento
Capítulos 18
Palavras 39.051
Atualizada
Idioma Português
Categorias Shadowhunters
Gêneros Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Em uma festa pode se acontecer de tudo, não é mesmo?
Magnus Bane, ama dar suas festas animadas. Então, como esperado, ele dará uma. Juntamente com seus melhores amigos, Clary e Simon, e uma convidada em especial, Isabelle. O que Magnus não esperava, era que Isabelle acabaria trazendo junto Jace, para sua tristeza. Mas para sua alegria, a presença de Alec.
Mas o que uma bebida forte não poderia fazer em uma noite?
Os seis "amigos" irão descobrir que, em dez dias juntos, muitas coisas podem mudar.
  • 246
  • 190
Fanfic / Fanfiction Opening your eyes (Malec)
Em andamento
Capítulos 72
Palavras 98.003
Atualizada
Idioma Português
Categorias Shadowhunters
Gêneros Drama (Tragédia), Romance e Novela
Alexander mais conhecido como Alec é um garoto de 18 anos , introvertido e tímido. Alec gosta de fotografar tudo a sua volta e viver em seu mundo, quieto e calmo, onde não precisa se preocupar com os problemas que enfrenta em casa, será que um amor poderá mudá-lo?
  • 159
  • 550

Blue (Malec) escrita por ~Kortana

Fanfic / Fanfiction Blue (Malec)
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 35.587
Atualizada
Idioma Português
Categorias Shadowhunters
Gêneros Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
A realidade humana é muito mais problemática do que a forma como é descrita. O desespero transcrito em palavras vazias não se aproxima o mínimo do sentimento. E as letras de música não simbolizam sequer uma parte dos verdadeiros hematomas. O mundo é perverso e jovem, o que há nele também. A serenidade não é verdadeira, mas a perversidade sim. Em um conjunto de dias e anos, sangue respigou na rua e olhos se fecharam. Serenos e espessos cílios, brilhantes olhos coloridos.

É verdade que há amor.
É verdade que somos animais.
É verdade que a vida é azul.
Mas azul é a cor mais fria.
  • 138
  • 128

Armor (Malec) escrita por ~Kortana

Fanfic / Fanfiction Armor (Malec)
Em andamento
Capítulos 46
Palavras 213.711
Atualizada
Idioma Português
Categorias Shadowhunters
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
"Durante os anos que vivi, me deparei com muitos que ousavam falar sobre o bem e o mal. Mas, se quer a verdade, esses termos não significam nada. As pessoas fazem o que lhes interessa independente de quem machucam. É maldade conseguir o que se quer, mesmo que fazê-lo causará o sofrimento de outro? Eu o fiz, e continuo fazendo. As consequências de meus atos quando não caem sobre mim, não me interessam. O que alguns chamam de maldade, acredito que seja uma reação apropriada a um mundo cruel e injusto." — Magnus Bane

CITAÇÃO ADAPTADA, ELA ORIGINALMENTE PERTENCE À KLAUS MIKAELSON
  • 271
  • 520

Destinados. escrita por ~malecsterek

Fanfic / Fanfiction Destinados.
Em andamento
Capítulos 67
Palavras 202.961
Atualizada
Idioma Português
Categorias As Crônicas de Bane, As Peças Infernais, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Gêneros Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
"Shadowhunters" é uma agência especializada em treinar guarda-costas.
O lema deles: Nunca se envolver com seu protegido.
(Malec * Clace * Sizzy)
  • 1.213
  • 1.160
Fanfic / Fanfiction My Revenge (Malec)
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 10.654
Atualizada
Idioma Português
Categorias As Crônicas de Bane, As Peças Infernais, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Gêneros Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Magnus Bane tem 26 anos e trabalha no SM, que era comandada pelo seu pai que se aposentou, passando o comando para Magnus. O SM (ou Submundo) é uma das várias organizações secretas de investigação a homicídios, que fica em um dos diversos institutos que tem em New York. Magnus é o melhor investigador e detetive do Instituto, sem contar que ele é ótimo com armas e em lutas.

Ele ama tudo que tem brilho e tem um gosto um tanto que excêntrico para roupas. Magnus estava noivo de Camille Belcourt, a mulher que ele NUNCA amou na vida, eles nem  nunca tiveram um relacionamento sério. Era algo mais como atração física o que eles sentiam. E por isso Magnus nunca nem pensou na possibilidade de se casar com ela, porém eles iriam ter algo que Magnus sempre quis.  Camille estava grávida. Ele teria um filho. E por esse motivo ele estava até feliz com essa situação.

Mas, depois de dois messes com a notícia de que iria ser pai, Camille Belcourt é encontrada morta. Assassinada cruelmente.

Magnus ficou devastado com a notícia que perdera sua "noiva" e seu filho. Mas ele não tinha tempo para ficar triste. Ele tinha uma missão. E essa missão era encontrar o assassino e se vingar pela morte de seu ex futuro filho.

Ele encontra o suposto assassino de Camille e seu filho. Alexander Lightwood. Um lindo garoto com olhos azuis e cabelos negros, a combinação preferida de Magnus, Alec tem 19 anos, ele é inteligente e atraente. Parece até um anjo que exala inocência.

Depois de um tempo se tornando mais íntimo do garoto, Magnus percebeu algo. Ele tentou de todas as formas não se apaixonar por aquele lindo anjo de olhos azuis e falhou. Mas era impossível não falhar nessa missão.

Já estava crescendo um sentimento sobre Alec dentro de si. Magnus queria muito corromper aquela inocência, precisava ver aqueles olhos, que mudavam de azul do céu para o azul do mar de acordo com seu humor.

Será que depois dele descobrir o que era aquele sentimento e parte das mentiras de sua falecida noiva ele desistirá da vingança?
  • 58
  • 72
Fanfic / Fanfiction Against all odds (malec)
Em andamento
Capítulos 26
Palavras 77.042
Atualizada
Idioma Português
Categorias As Crônicas de Bane, Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Gêneros Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Foi em um fim de tarde, de um dia qualquer, após quase morrer afogado, que o jovem sonhador Alexander (Alec) Lightwood conhecera Magnus Bane, um astro do cinema mundialmente famoso, pelo o qual tinha uma grande admiração, um homem que já teve seu coração despedaçado por aquele que dizia ama-lo, uma pessoa que já não acreditava mais no amor, mas que o merecia. A partir daquele mesmo dia, tornou-se inevitável para Alec deixar de pensar em Magnus, por mais que ele tentasse, e muito menos reprimir as emoções, até então desconhecidas, que Magnus despertava em si. Ele acreditava que isso acontecia, por conta do seu enorme desejo de um dia poder conhecê-lo.
Confuso e inexperiente no “jogo do amor”, Alec tenta fazer com que seu relacionamento, de três meses, com Christopher Miller, um rapaz mais interessado no futebol do que nos assuntos escolares, desce certo, mas logo percebeu ser incapaz de nutrir sentimentos além da amizade por ele, o que torna o termino do relacionamento difícil, uma vez que, Chris, realmente o amava.
Em uma noite tempestuosa, o jovem Lightwood, após uma breve conversa com Bane e um pequeno acidente, se surpreende ao perceber que, o que sente por Magnus Bane, ultrapassa os limites do amor de fã, levando-o em direção há algo muito mais forte, embora ele tentasse negar.
  • 257
  • 664

Wrong Number escrita por ~ClariceReis_

Fanfic / Fanfiction Wrong Number
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 4.692
Atualizada
Idioma Português
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Gêneros Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Alec Lightwood só queria não ter que guardar tudo para si. Cansado de reprimir suas emoções, ele manda uma mensagem para Isabelle desabafando sobre seus problemas. Pelo menos ele acha que mandou para sua irmã.

"Se você tivesse feito aulas de caligrafia, eu não teria contado os problemas da minha vida para um completo estranho, Isabelle"
  • 39
  • 30