Lista de Leitura: Fantasia

Lista criada por: ~
3 histórias

Wind escrita por ~Alesxsz

Fanfic / Fanfiction Wind
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 370
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Uma brisa suave pode facilmente se tornar uma ventania, assim como uma vida tranquila pode a levar para o seu pior pesadelo. Viecier é uma órfã criada a vida inteira em um abrigo rural, contudo sua vida de paz é destruída quando ela é arrastada para a realidade brutal do mundo onde vive.

Presa em uma rede cada vez maior de intrigas, revoltas e ambição, ela terá que aprender sobre si mesma e revirar o passado em busca de algo que precisa proteger a todo custo.

Wind é uma história de romance e fantasia que irá lhe surpreender.
  • 4
  • 3
Fanfic / Fanfiction Uma doce história
Terminada
Capítulos 13
Palavras 19.693
Atualizada
Idioma Português
Categorias Amor Doce
Gêneros Aventura, Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Harem, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Anya é uma garota de 16 anos que esconde sua paixão por um jogo online - amor doce - por ter medo do que as outras pessoas dirão.
Era apenas uma docete normal no entanto de algum modo ela acaba sendo transportada para dentro do jogo sem saber ao certo como voltar pra casa.
  • 48
  • 89

Akira escrita por ~MsPheasant

Fanfic / Fanfiction Akira
Em andamento
Capítulos 11
Palavras 23.608
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Romance e Novela
No norte do continente de Mu, o caos corre em liberdade pelas vidas das pessoas, a guerra destruindo as casas, os corpos e as almas de quem ousa passar à sua frente. Ninguém parece ganhar com isso, exceto alguns pequenos grupos:
os produtores de armas, já que a demanda pelos seus produtos aumenta a cada instante;
os bares, pois os soldados ainda têm fome e sede, e os homens comuns afogam suas lágrimas de dor e medo no álcool;
os prostíbulos, pela mesma razão que os bares continuam em pé.
E, num desses prostíbulos, há Akira, aquela criança que nem sequer sabe quem é – o que é.
Porém, um visitante esdrúxulo parece compreender melhor a vida de Akira do que a própria criança.

“Ninguém é um herói. Ninguém nasce herói. Não dá nem pra morrer como um, aliás! Mas, por alguns instantes, todo o mundo, ao menos uma vez na vida, torna-se um herói pra alguém.”
  • 67
  • 102