Lista de Leitura: JiKook

Lista criada por: ~
6 histórias
Fanfic / Fanfiction Alpha Love -Kookmin
Em andamento
Capítulos 4
Palavras 16.355
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Yaoi

Jeon Jeongguk ou Jungkook para os amigos é um alfa gentil e brincalhão que mais parece um ômega.
Park Jimin ou Jiminie para os mais chegados (que não são muitos só para deixar claro) é um ômega marrento com jeito de alfa.

Um fato sobre Jeongguk: Ele é apaixonado por Jimin.
Um fato sobre Jimin: Ele odeia Jeongguk.

Jimin deixou muito claro que as portas de seu coração estão fechadas a cadeado e que ninguém entraria por elas, ele já havia sofrido o suficiente para nunca mais querer se apaixonar de novo.
Jeongguk nunca pensou em desistir, por que ele tem certeza de que o amor de um alfa é a chave.
  • 254
  • 42
Fanfic / Fanfiction T.R.I.O Experience.
Terminada
Capítulos 4
Palavras 6.609
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Crossover, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Jungkook e Jimin namoram a mais de anos. Tudo sempre fluiu bem, desde a infância sabiam que iam ficar juntos e assim que a puberdade chegou, experimentaram o que tanto tinham vontade. Os namorados não tinham pudores quando a provar de coisas novas e novos sabores.

Jin tinha uma amiga, ela era atraente, voluptuosa. O sorriso dela iluminava aquela festa e Jungkook podia ver que os lábios entortavam para o lado quando ela encarava o seu namorado.

Bebidas a mais, roupas de menos, foi o que bastou para que aquela festa tivesse um destino diferente.
  • 934
  • 74

Fallen. escrita por ~Untouuchable

Fanfic / Fanfiction Fallen.
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.021
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Yaoi
+18 pelo suicídio | Não faz apologia ao suicídio. | Não é JiKook.

Era uma noite fria, talvez, a mais fria da minha vida. Nós havíamos acabado de terminar, me encontrei como toda pessoa após um termino de um relacionamento de anos: Sem chão.

Não havia outra coisa a não ser o meu cigarro, – entre meus dedos da mão esquerda – que me aquecia. Nós não éramos absolutamente perfeitos, na verdade, não ligávamos para a perfeição.

Ninguém nunca quer saber quem é a pessoa atrás da fantasia de bichinho. Mas eu queria, almejava todos os dias de minha vida, conhecer a pessoa atrás daquela roupa.

Foi então que eu conheci Park Jimin, a minha desgraça com nome e sobrenome perfeitos. Talvez ele não lembre, mas eu lembrava com todos os detalhes do nosso primeiro aperto de mãos, o primeiro contato dos olhares e também me recordava da timidez que eu havia sentido ao nos beijarmos pela primeira vez.

Graças ao time de basquete, eu me encontro congelando, lembrando dessas memórias que se tornaram fúteis. Hoje, nós faríamos seis anos juntos.

Não me considero uma pessoa dramática, mas ao parar nesse banco coberto com neve, minha nicotina e talvez a única saída em mãos, narrando todos os fatos importantíssimos para mim nesses últimos dias, estou arrependido.

Desgraçadamente eu me esforçava todos os dias para que desse certo, me sacrificava com meu sangue, suor e lágrimas para que o nosso relacionamento não se tornasse "vazio". O que eu ganhei em troca tentando aquecer o seu coração frio, foi apenas palavras que você jogou ao vento me destruindo, pedaço por pedaço meu coração foi caindo.

Foi em uma noite fria, talvez, a última da minha vida.

Fallen 2017 ®
Untouuchable ™
Todos os direitos reservados. ©
  • 103
  • 8
Fanfic / Fanfiction My Submisse - Jikook
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 1.053
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Gêneros Ação, Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Jeon Jungkook, um anjo puro, inocente, tem o dever de cuidar das crianças indefesas. Mora aonde só pode entrar pessoas puras, sem pensamentos inadequados, inocente, sem nenhum pecado. Mais conhecido como céu.

Park Jimin, um demônio sexy, pervertido, só pensa em sexo, tem o dever de arruinar a vida dos outros e fazer pessoas submissa à ele. Mora aonde pessoas queimam como fogo, só entra lá pessoas mentirosas, pervertidas, pecadoras, mais conhecido como inferno.

Os dois se odeiam pois um provoca o outro, um ódio pode virar amor?

" - Eu te odeio seu demônio repugnante! "

" - Você não é santo Jeon, para estar no céu não pode ter ódio. "

O ódio dos dois são tão grandes que não se aguentam no mesmo lugar.

" - Sai da minha frente seu anjinho inútil. "

" - Pelo o que eu saiba esse espaço é público seu repugnante. "

Os anjos terão que se juntar com os demônios para um trabalho, o que será que o destino preparam para os dois?

" - Eu não acredito que eu me apaixonei por um anjo tão insuportável. "

" - Nem eu por um demônio pecador. "

{ JUNGKOOK - UKE - JIMIN - TOP }
  • 176
  • 27
Fanfic / Fanfiction My owner? No, he's an idiot!
Terminada
Capítulos 2
Palavras 9.118
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Jungkook era o gatinho de Jimin, literalmente.


CRACK!FIC ' TWO SHOT ' BOTTOM!JUNGKOOK
  • 1.268
  • 170
Fanfic / Fanfiction Descendants of the sun
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 278
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Comédia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Se você pudesse viver para sempre, pelo que viveria? Park Jimin e Jeon Jungkook saberiam responder, eles viveriam para salvar o mundo, seja em um campo de batalha ou em uma sala com um bisturi na mão.

Você nunca sabe como as coisas vão acontecer, você se deixa acreditar em destino e acasos, Jungkook não sabe o que o fez estar ali, mas ele jura por todo exército coreano que ele era muito grato por estar o vendo, ele ainda não sabia, mas ali, vestindo um jaleco estava o amor da sua vida, e ainda mais, ele estava preste a descobrir, que juntos, vidas poderiam ser mudadas.
  • 33
  • 7