Lista de Leitura: Lidas

Lista criada por: ~
3 histórias
Fanfic / Fanfiction Danger (Imagine Park Jimin)
Terminada
Capítulos 30
Palavras 54.014
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Park Jimin, o maior traficante de Seul.
Eu? Só uma garota como qualquer outra.

Como nos conhecemos? Em uma das piores noites da minha vida.
Ele é possessivo, frio, egocêntrico e sarcástico, um completo psicopata.
Por outro lado é sedutor e extremamente lindo.
Se eu tenho medo dele? Não sei.
Mas eu o desejo como nunca desejei alguém.

-Você está mexendo com o perigo, ________ -ele disse e eu sorri fraco.
-E você está mexendo comigo, Park Jimin.
  • 6.089
  • 1.875
Fanfic / Fanfiction My sweet sexy Hybrid (Long-Imagine Jungkook - BTS)
Terminada
Capítulos 48
Palavras 78.254
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
"...-Por que não me olha agora? - Perguntou segurando meu queixo, forçando-me a olhá-lo. -Está com medo? - Sorriu de canto convencido, estreitei os olhos o olhando e tomando coragem.
-Não. - Ele pareceu surpreso afinal arqueou uma sobrancelha.
-Não mesmo? - Perguntou mais uma vez tentando convencer pra que eu tivesse com medo. -Parece estar..."

Ele era misterioso pra todos na escola, até mesmo pra mim, só que sou curiosa demais pra deixar isso quieto, quero descobrir porque ele chama tanto a atenção, tem apenas 18 anos mas sinto que Jungkook esconde algo a mais.

"...-Quer mesmo que eu fique longe __________? - Perguntou me fazendo encará-lo nos olhos. -Seu corpo e olhos não dizem o mesmo. - Sussurrou me provocando, suspirei não conseguindo manter minha sanidade intacta por muito tempo.
-Jungkook, se afasta. - Pedi controlando um pouco mais a voz, ele sorriu passando a mão na minha bochecha, fechei os olhos aproveitando o carinho mesmo sem querer.
-Você me instigou __________. Me fez querer descobrir a seu respeito, não sei o que você fez comigo. Mas...não consigo resistir em te beijar mais uma vez. Sua boca é deliciosa demais pra ficar longe da minha. - Terminou o espaço entre nós mais uma vez, agarrei seu cabelo o puxando com mais força, Jungkook me suspendeu no ar segurando minhas coxas. Eu não sabia como, só sabia que esse garoto está me levando a loucura. Arranhei seu pescoço e nuca sentindo ele arrepiar..."

Preciso e vou descobrir tudo sobre ele...
  • 16.469
  • 3.444
Fanfic / Fanfiction Love is Suicide.
Terminada
Capítulos 48
Palavras 202.518
Atualizada
Idioma Português
Categorias Justin Bieber
Gêneros Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Eu sabia bem quais eram os riscos que eu teria por me apaixonar por ele. Sabia que ele não era do tipo de garoto pelo qual alguma menina se apaixona, mas, por algum motivo, ele tinha meu coração. Ele era um garoto insensível, grosso, drogado, esnobe, sem coração, sem piedade, sem amor... Ele era um completo idiota. Tratava todos da pior maneira. Brincava com as pessoas, principalmente com as garotas e depois as jogava no lixo, nunca mais olhava na cara de nenhuma delas. Elas sabiam bem como era o seu jeito, mas, eu, ainda estava aprendendo. Eu não era uma garota certinha, mas, também não era toda rebelde. Eu era um pouco dos dois. Mas, por algum motivo, depois de tudo, eu me apaixonei por ele; pelo pior garoto da cidade. E por qual motivo nós sempre nos apaixonamos pelos idiotas? Às vezes ele costumava a ser bruto comigo, mal educado e quando eu perguntava sobre sentimentos, ele virava a cara e não falava mais comigo por um bom tempo. Talvez depois de tudo, ele pudesse sentir algum tipo de carinho por mim, mas, acho que não. Ele se diz incapaz de amar. Mas, às vezes esse seu lado machista sumia e dava lugar a um garoto extremamente engraçado e fofo, o que era bem raro e por isso que eu sempre aproveitava quando ele estava assim. Ele tinha milhões de problemas, mas, eram todos aqueles seus defeitos, apesar de todos eles, eu o amava. Por mais bobo que fosse amar alguém assim, sofrer por alguém assim... Amar é assim, morrer aos poucos. O amor é algo suicida.
  • 7.587
  • 1.569