Lista de Leitura: Like it

Lista criada por: ~
6 histórias

6 reasons why escrita por ~Mieew

Fanfic / Fanfiction 6 reasons why
Terminada
Capítulos 6
Palavras 16.499
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Os 13 Porquês (13 Reasons Why)
Gêneros Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência
Sim, você está me ouvindo em alto e bom senso. Depois de alguns dias sem ouvir a minha voz, e se você recebeu essas fitas, saiba que nunca mais vai me ouvir. Você deve estar me ouvindo, eu não sei bem como, em fone, ou em um rádio antigo, mas deve estar me ouvindo, e espero que encontre todas as respostas para o meu suicídio. Eu sou Jeon Jungkook e vou contar, mais especificamente o porquê a minha vida acabou. Antes de tudo, saiba, você vai levar um bom e ótimo sermão. E então, não se sinta culpado... Eu escolhi isso, eu não pensei em como você se sentiria... Eu pensei em acabar com o meu sofrimento...

Bem-vindo ao jogo

Jikook | Yoonseok | Namkook | Vkook
  • 69
  • 21
Fanfic / Fanfiction A new love (Taegi)
Terminada
Capítulos 30
Palavras 38.599
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Comédia, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Kim Taehyung tinha levado um fora do namorado, este dizia gostar de outro. Tentando ao máximo não se abalar com a situação, ajuda o ex a conquistar o novo amor, pois sabia muito bem que teria que seguir em frente, só não esperava que isso iria acontecer justo com Min Yoongi, a pessoa que, supostamente, odeia.
  • 529
  • 421

Exo Couples escrita por ~AiKimSoo

Fanfic / Fanfiction Exo Couples
Terminada
Capítulos 42
Palavras 88.050
Atualizada
Idioma Português
Categorias EXO
Gêneros Comédia, Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
12 homens acabaram de estrear no mundo musical. 12 pessoas diferentes morando juntos e criando laços. Até mesmo D.O, o mais retraído, está começando a se abrir mais com os amigos.
Todos têm uma relação de amizade, mas... Por que será que seus corações batem muito forte por alguns amigos em especial? Isso seria considerado amor? Estaria sendo formado, mesmo que inconscientemente, 6 casais?
  • 1.217
  • 355
Fanfic / Fanfiction When autumn leaves, bury me in it's ashes
Terminada
Capítulos 4
Palavras 13.542
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
(Short-fic de 4 capítulos)
A neve caí, e o caos começa a se instalar.
Jeon Jungkook deixa a sua primeira carta.
“Quando o inverno se for, escute-me e meus segredos”

As flores desabrocham, e as máscaras são as melhores.
Jeon Jungkook deixa a sua segunda carta.
“Quando a primavera se for, olhe através de minhas mentiras”

O sol brilha com intensidade, mas a escuridão nunca foi mais profunda.
Jeon Jungkook deixa a sua terceira carta.
“Quando o verão se for, aceite a insanidade que sussurrava em meus ouvidos”

As folhas caem e cobrem os chãos, seus olhos se fecham para sempre.
Jeon Jungkook deixa sua última carta.
“Quando o outono se for, me enterre em suas cinzas”

Pois a sua depressão e sua decadência tiveram quatro fases. Taehyung nunca suspeitou, Namjoon cometeu erros, Yoongi sabia mais do que deveria, Jin tentou com todas as forças, Hoseok percebeu que sorrisos não poderiam salva-lo e Jimin entendeu que nunca mais poderia amar. Jungkook tinha fechado os olhos para sempre.
  • 54
  • 9

Hypnotic escrita por ~LeDasTrevas23

Fanfic / Fanfiction Hypnotic
Terminada
Capítulos 14
Palavras 55.745
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Em algum lugar no século XVII, um pouco depois da ‘’Era De Ouro da Pirataria’’ começar, em que a mesma já se encontra em seu ápice pelos mares, para o desgosto (ou nem tanto assim) de grandes impérios como França, Inglaterra, Espanha e Grã-Bretanha. Todos os dias, eram negociados milhares de especiarias, tabaco, tecidos, joias e principalmente, ouro e prata. Piratas que, por praticamente não ter nada a perder, gastavam tudo assim que chegavam a terra em tabernas, apostas e prostíbulos regionais. Isso quando não vinham para dominar e saquear a cidade inteira junto de alguns navios assim que seus moradores dormissem. Mas, com certeza, uma de suas maiores marcas eram as suas histórias. Histórias que partiam desde grandes saques a naus espanhóis a estórias fantásticas de monstros marinhos que afundavam embarcações inteiras, de navios ou botes fantasmas com pessoas que já não estavam nesse plano há muito tempo, tesouros perdidos no fundo do mar e, principalmente, sereias. Lindas mulheres metade peixe com um canto tão belo e hipnotizador quanto a si mesma, canto esse que usava para aproximar navios de rochedos e os afundar em seguida. Raros eram os que sobreviviam a sua poderosa maldição, tanto que alguns sucumbiram a loucura plena. Dizem que, quando se captura uma delas, ela lhe dará o direito de três pedidos em troca de sua liberdade. Alguns dos piratas se vangloriavam por ter sobrevivido ao seu canto, alguns dias ou meses depois, era encontrado morto. Praticamente não havia pessoa em terra ou mar que não acreditasse ou não temesse aos seres de tamanho poder.

Menos Wu Yifan.

O chinês, conhecido também como Kris, apesar de ser mais novo comparado aos outros saqueadores, era um dos piratas mais bem sucedido em saques e, consequentemente, um dos mais ricos. Ah, sem esquecer o fato de que também era caçado por saquear algumas cidades e embarcações pertencentes a França e Grã-Bretanha, afundando ou queimando-as com todos seus residentes dentro. Não era de ficar torturando as pessoas, apenas o fazia quando o faziam ter alguma perda ou o aborreciam com súplicas. Era sempre direto com seus assuntos, era um bom negociador, não firmava alianças, fazia táticas quase perfeitas para saques e afins, lutava com espadas, arco e flecha ou armas de fogo. Era praticamente perfeito se não fosse dois pequenos detalhes: Era impaciente e indelicado. Quando queria alguma coisa, a queria pra imediatamente ontem. Não se preocupava com sentimentos e pensamentos alheios, afinal, sempre conseguia com que fizessem suas vontades por meio de intimidações (essas que eram possíveis graças ao seu tamanho ‘’nem um pouco exagerado’’ e a sua carranca de ‘’muitos amigos’’). Estava tudo bem em seus devidos eixos.

Até que, enquanto estavam descansando, abastecendo e consertando o navio após mais um saque contra uma embarcação holandesa recheada de joias, pratarias e tecidos, fora arrastado por Sehun, um de seus piratas mais jovens, até uma parte mais rochosa da baía, aonde ninguém com seu juízo perfeito ousaria se arriscar.

O que ele menos esperava era que seus homens estivessem seguram um peixe enorme, que tentava, a todas as custas, ser libertado.

Mas que engano seu, aquilo não era um peixe grande. Era quase isso, era uma sereia. Um homem sereia, pra ser mais específico.

Aquilo não poderia estar acontecendo. Logo com ele, uma alma tão boa.
  • 141
  • 57
Fanfic / Fanfiction Companheiros Eternos
Terminada
Capítulos 22
Palavras 134.339
Atualizada
Idioma Português
Categorias EXO
Gêneros Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
KAISOO: O companheiro predestinado do Beta é um omega que, após sofrer abusos na mão de um alfa cruel, passou a temer todos a sua volta. Kai tem a difícil missão de dividir-se entre ajudar seu omega a superar seu passado e retomar sua confiança, cuidar da Matilha e proteger sua família junto com seu melhor amigo, Chanyeol.

CHANBAEK: Chanyeol nunca imaginou que se tornaria o Alfa de uma matilha que não fosse a sua de nascença, muito menos que seu companheiro predestinado seria daquela forma: um belo humano que se diz hétero, não sabe obedecer e sempre se mete em confusão.

HUNHO: Nem mesmo o vínculo de Companheiros Predestinados conseguiu mantê-los juntos depois de um acontecimento traumático na infância. Ambos carregam a dor da perda e da culpa, sem saber como lidar e curar as feridas causadas pelo destino tão cruel.
PS. Começa lá pro cap. 9.
  • 1.406
  • 419