Lista de Leitura: Originais

Lista criada por: ~
5 histórias

Mine escrita por ~cabellonaperna

Fanfic / Fanfiction Mine
Terminada
Capítulos 86
Palavras 353.837
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Ação, Colegial, Comédia, Esporte, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
"É porque eu já tive mulheres, digamos assim, isso parece idiota e clichê, mas com nenhuma delas foi como é com você. Estar apaixonada, pra mim, é novidade. Você diz que é minha, e que gosta de ser. Então, quer ser minha pra sempre? - mas o que? Que merda eu falei? Por que eu não falei direito, minha? Minha o que? Alguma coisa, não é? Foi a primeira coisa que veio a minha mente, foi meu coração quem disse. É, vou culpar o coração."

Pois é, e quando ela disse que sim, eu não estava certa de que seria pra sempre mesmo.

"E não importa pra onde eu vou, meu lugar é contigo. Se um milhão de vezes eu for, um milhão eu voltarei. Pra você."

(Spin-off de Smile)
  • 1.699
  • 1.974
Fanfic / Fanfiction Imagine Eu e Você
Terminada
Capítulos 46
Palavras 168.974
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Comédia, Festa, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Sabe aquele conto de fadas onde o que você quer aparece magicamente na sua frente, e tudo e todos conspiram ao seu favor? Onde tudo é perfeito e colorido?

Pois bem, eu não acredito nele pelo simples fato de saber que ele não existe. Essa vida perfeita com cavalos brancos... E príncipes... E castelos... Estamos na vida real, aqui você aprende que se quer algo tem que correr atrás com unhas e dentes. Onde um quer se dar melhor que o outro sem se preocupar em como fazer isso. Quem me dera se meu maior problema fosse uma madrasta má.

Meu único conto de fadas começa na balada e dura uma noite, duas no máximo. Não podem me culpar, certo? Sou solteira, sou jovem, acabei de conseguir um emprego promissor. Quero mais é curtir. A vida é muito curta para as preocupações. Pessoas vêm e vão e, no final de tudo, você sempre supera a última com um novo caso noturno ou com uma bebedeira com seus amigos.

E o amor? Não acredito fielmente nele, devem ter percebido. Já quebrei a cara, mas não cheguei a me apaixonar. Já gostei intensamente de algumas pessoas, mas não foi nada daquilo que sempre me falaram. Aquele sentimento devastador, que é a maior e melhor sensação do mundo. Onde a outra pessoa vira seu foco, tudo o que você consegue enxergar, e pensar, é na tal pessoa. Isso para mim chega a ser um tanto perturbador. Desde os primórdios da humanidade lutamos por liberdade e no final das contas acabamos amarrados a alguém, viramos seus bichinhos adestrados. No meu mundo não existe príncipe encantado. Ou melhor, príncipe e princesa. Sou bissexual, um empecilho a mais na tal "historia perfeita".

E agora, depois de tudo isso você deve estar se perguntando quem é essa garota totalmente desacreditada no mundo mágico do romance.

Bem, meu nome é Mariana Castelli. Essa é a minha história, meu mundo e meu jeito. Sou uma pessoa de ação, não de emoção, mas acho que já sacaram isso também.

Se quiser aquela historinha de amor perfeito veio ao lugar errado. Acho que está um pouco obvio.

Mas se esta lendo até agora significa que gostou e ficou interessado. Então, já que esta aqui me dê o benefício da dúvida e continue lendo. Tenho certeza que irá gosta da história, ou pelo de mim haha

Ate porque se quiser algo (ou alguém) para passar um tempo, achou. E só ler (ou me ligar).

Extras:
Então galera,tem vídeo da história e também Drain You, uma história tangente que conta algumas aventura de Melissa e Mariana quando adolescentes.
  • 310
  • 312
Fanfic / Fanfiction Pra Sempre Minha.
Terminada
Capítulos 88
Palavras 250.188
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yuri
O que é estar apaixonada? O que é amar verdadeiramente alguém, e querer estar com essa pessoa pra sempre?

"Bem, eu achei que sabia o que era isso, já havia sentido as borboletas no estomago, as pernas bambas, o coração disparado. Mas quer saber a verdade? É que eu só descobri o amor depois de perde-lá!" Alice M.

"As vezes perdemos as pessoas que mais amamos, por não ter coragem de dizer o que realmente sentimos."
  • 607
  • 914

Heart by Heart escrita por ~Lanaconda

Fanfic / Fanfiction Heart by Heart
Terminada
Capítulos 42
Palavras 111.687
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Comédia, Hentai, Orange, Romance e Novela, Yuri
Eu me apaixonei pela ex-namorada do meu melhor amigo e, sinceramente, namorei e amei a garota mais maravilhosa do mundo.

Claro, é a minha opinião e pode ser totalmente suspeita. Dificilmente eu seria capaz de traduzir de outra forma tudo o que já senti por Aline Goulart. Eu não poderia tentar descrevê-la em outras palavras, pois não poderia chegar nem aos pés da verdade. Ela não era perfeita, até hoje não é, mas era minha namorada, meu primeiro amor. Aos meus olhos, ninguém poderia se igualar a ela, desde os cabelos ondulados até a suave voz que me chamava e encantava a cada mínima palavra.

Eu pensava que já tinha me apaixonado, porém foi só depois que ela passou ela minha vida que pude enfim saber como é isso, saber como é amar. Pelo menos, saber como é amar aos 16 anos. É fácil amar quando se é adolescente, qualquer um que nos faça se sentir especial já é um grande candidato, só que muitas vezes não se passa de brisa leve, passageira.

Mas comigo foi diferente, eu sentia isso, eu via isso. E eu tenho certeza que também significou muito para Aline. Encontramos na outra um complemento, uma amiga, uma amante e alguém com quem não se era preciso ser outra pessoa, apenas você mesma. Me descobri com ela e a ajudei quando ela mais precisou. Enfrentei o mundo com ela, por ela, e no fim tive os melhores anos da minha vida.

E, ah, ela era linda! Quando penso na figura pequena e delicada, que muitas vezes se mostrou ser uma pessoa forte e capaz de enfrentar os imprevistos da vida, só consigo encher meu coração de saudades e lembranças tão boas. O modo com que os beijos me atiçavam, a forma com que me fez descobrir e explorar minha sexualidade e meu sexo. Isso tudo me transborda e me faz perceber que se eu não tivesse tido Aline Goulart por aquele tempo, eu não seria metade da mulher que sou hoje.

Esta é a minha história, mas poderia ser a de qualquer outra pessoa. E com ela aprendi muito mais do que respeitar as diferenças e que ser diferente nem sempre é ruim. Muito pelo o contrário...

Isso pode ser o motivo de sua verdadeira felicidade.
  • 249
  • 92