Lista de Leitura: Romances em Andamento

Lista criada por: ~
5 histórias
Fanfic / Fanfiction O Sol em meio à tempestade
Em andamento
Capítulos 67
Palavras 191.086
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Romance e Novela, Universo Alternativo
Katniss Everdeen. Uma garota fechada para o mundo e para as pessoas que a cercavam. Uma garota com uma vida difícil. Uma garota com um sonho. E acima de tudo, uma garota que, apesar de todas as barreiras, decidiu seguir o que seu coração mandava. Porém nem tudo seria maravilhoso, e isso ela tinha em mente.
“Dar aula era um sonho que eu tinha desde menina, e apesar do problema financeiro que tínhamos há anos, foi algo que minha família sempre me apoiou para concretiza-lo. Porém eu estava amedrontada demais para comemorar essa conquista.
Mais ainda pelo fato de estar falando há mais de meia hora sobre literatura e sua origem, e a classe toda parecer não estar no mesmo lugar que eu. Eu realmente não sabia como lidar com meus alunos, e eles não pareciam querer aprender a lidar comigo.”

O que ela não esperava é que no meio de tantas adversidades conheceria alguém que, sem ao menos tentar, mudaria completamente sua forma de ver as coisas, apenas pelo jeito diferente que ele via a vida.
“– Regra número um. Se achar necessário, grite com eles. – Peeta disse escrevendo no quadro negro com o giz que ele segurava. – Eles precisam se sentir intimidados. – completou, virando em minha direção.
Eu o observava, com as sobrancelhas ligeiramente unidas.
– Você sabe que não sei gritar com ninguém. – torci o nariz, batendo a ponta do lápis em meu caderno.
– Regra número dois. – ele ficou de costas para mim novamente, voltando a escrever no quadro negro. – Aprenda a gritar.”

Katniss não tinha ideia do quão crucial seria a permanência de Peeta Mellark em sua vida, e só soube daquilo, no momento em que ela mais precisou se libertar dos sentimentos ruins que a assombraram durante tantos anos.
“– Eu te disse que quando quisesse ficar sozinha, poderia ficar sozinha ao meu lado. – Peeta disse assim que abri a porta. Seus braços rodearam minha cintura, puxando-me pra fora do apartamento, enquanto ele me aninhava contra seu peito. – Eu não preciso que você me fale nada. Eu só quero cuidar de você.
Meu rosto estava escondido contra sua camisa branca, e ali eu fiquei por alguns segundos, antes de finalmente erguer meus olhos inchados por culpa do choro, para olha-lo.
– Na verdade, eu quero conversar. – murmurei mordiscando o lábio inferior nervosamente.
– Então eu estou aqui para ouvir. – Peeta abriu um de seus sorrisos tortos.”

E foi a partir dali que ela soube.
“– Você é como se fosse um sol em meio à tempestade. – falei baixo, erguendo a cabeça de seu peito para olha-lo.
Peeta sorrio, parando sua mão na base da minha coluna.
– Como assim? – questionou curioso.
– Minha vida sempre esteve em uma constante tempestade. – comecei a explicar. – Você foi o sol que surgiu no meio dela, trazendo mais alegria para a minha vida. – conclui, sentindo as bochechas esquentarem.
Seu sorriso se alargou, enquanto sua mão voltava a acariciar minhas costas.
– Se é assim que você me vê, é assim que continuarei tentando ser. – ele repousou seus lábios contra minha testa.”

Era com isso que Katniss contava. E ela torcia para que nada fosse capaz de tirar o radiante sol que Peeta Mellark se tornara em meio a sua tempestade particular.
  • 158
  • 707
Fanfic / Fanfiction The Big Play
Em andamento
Capítulos 41
Palavras 234.831
Atualizada
Idioma Português
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy)
Gêneros Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Dimitri é o famoso Quarterback do Tampa Bay Buccaneers. Recém divorciado e prestes a iniciar uma temporada decisiva para o time, ele se vê completamente perdido ao obter a guarda de sua filha de sete anos que não é exatamente o retrato de um anjinho.
Seu grande amigo Ivan vem em seu socorro e lhe traz uma solução: Rose Hathaway. Ou ele esperava que fosse.
Rose e Dimitri simplesmente não se entendiam e raramente concordavam em algo. Brigavam sempre, se desafiando diariamente. Mas, apesar das diferenças, algo em comum nasceu dessa relação tumultuada: uma grande paixão.

**PLÁGIO É CRIME**

*Personagens pertencentes à autora Richelle Mead, criadora da série Vampire Academy, porém o enredo da história é nossa criação. Qualquer tipo de plágio será amaldiçoado eternamente.

* Universo Alternativo Romitri

* Postagens semanais

*Aviso: Contém cenas de sexo (hentai). Caso se incomode com isso, por favor, não leia!

* Capa por Luene Petris
  • 172
  • 465

Fix You escrita por ~LuenePetris

Fanfic / Fanfiction Fix You
Terminada
Capítulos 38
Palavras 224.073
Atualizada
Idioma Português
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy)
Gêneros Ação, Romance e Novela
Rosemarie Mazur, em sua adolescência, era uma menina inconsequente que usufruía da melhor maneira possível a fortuna de seu pai, um poderoso empresário do Vale do Silício. Porém, as tragédias que marcaram sua vida transformaram a garota irresponsável em uma mulher madura e centrada. Agora, a jovem estudante de medicina acaba de se tornar a testemunha de um crime e é a única capaz de ligá-lo a um poderoso político. Por isso, ela passa a ser protegida pelo FBI que a envia para uma distante cidade sob a tutela do competente agente Dimitri Belikov.
O policial acredita que Rose não passa de uma garota rica e mimada. Por sua vez, a jovem vê o russo como um homem frio e antissocial. Mas, por trás dessas diferenças, uma forte atração acaba nascendo entre eles, fazendo-os descobrir que há muito mais além dos preconceitos que criaram um do outro.
  • 240
  • 239

Give me Love escrita por ~KnowAll

Fanfic / Fanfiction Give me Love
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 22.498
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Comédia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela
Ela estava cansada de distribuir amor por todos os cantos da cidade e continuar sozinha. Havia escolhido aquela profissão, pois queria dar aos outros o amor que gostaria de receber, mas aquilo não bastou. O desejo de também ser amada lhe sufocava e tirava a vontade de viver; de continuar semeando o amor. Do que adiantava distribuí-lo se não poderia jamais amar? Talvez, a melhor saída para a cupida fosse o suicídio?
  • 13
  • 18