Lista de Leitura: SobaruKim Lista de leitura

Lista criada por: ~
5 histórias
Fanfic / Fanfiction KILLER LOVE - Imagine Namjoon
Em andamento
Capítulos 23
Palavras 41.969
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror
-VOCE É LOUCO – S/N gritava em desespero

-E VOCE ME AMA, MESMO ASSIM- Namjoon gritava em resposta

-Voce...voce não é normal- você falava com as mãos na cabeça enquanto andava de um lado para o outro

-Olha, eu não quero me estressar com você ta- ele disse suspirando- Olhe para mim

Ele disse porem você so abaixou a cabeça e se distanciou mais. Namjoon sentiu seu sangue ferver e foi em sua direção

-Eu mandei VOCE OLHAR PARA MIM PORRA- ele disse pegando em seus braços e te prensando contra a parede com violência, o que fez você arregalar os olhos em espanto

- Olha eu decidi não te matar. Voce sabe muito que era para você esta a sete palmos abaixo da terra agora. Você sabe que ia ser mais um nome riscado de vermelho na minha lista. Mais você foi uma grande filha da puta que me seduziu, no momento que te vi chupando aquele sorvete, adiei sua morte para depois que eu sentisse sua boca em mim. Mais ai eu te ouvi gemer pela primeira vez, ai me fude de vez, por que senti vontade de ouvir sua voz todo dia gemendo para mim. Mas me fude mais ainda quando além de desejo você despertou algo a mais, nunca achei que era capaz de amar alguém. Porem o fato de te amar, não significa que eu não teria coragem de terminar o que pretendia fazer com você quando nos conhecemos. Não hesitaria em fazer o mesmo com voce

Namjoon apontou para o corpo da mulher cheio de sangue, estirado no chão. S/N estremeceu assim que Namjoon terminou de falar, mais assim que viu um sorriso malicioso no rosto do maior e as tao amadas covinhas se fazerem presentes, seus pelos se eriçaram. O maior chegou perto do pequeno corpo de sua namora e beijou seu pescoço.

- Ahhhh Nam- você gemeu

-Isso, seja uma boa menina. Satisfaça seu homem- ele disse fazendo S/N enlaçar as pernas em sua cintura.


⚠PLÁGIO É CRIME.
  • 274
  • 303

Opostos escrita por ~dedeharuno

Fanfic / Fanfiction Opostos
Terminada
Capítulos 35
Palavras 71.987
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Vários grupos, pessoas diferentes, eles se odeiam, mas ao mesmo tempo se amam... Sakura Haruno, uma simples skatista, que adora se divertir com os amigos e fazer o que sabe fazer de melhor: andar de skate! Sasuke Uchiha, o garoto mais popular da escola e desejado por todas as garotas... Bem que dizem que os opostos se atraem!!!
  • 384
  • 240

Jogo de Agentes escrita por ~Kinester

Fanfic / Fanfiction Jogo de Agentes
Em andamento
Capítulos 47
Palavras 149.867
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Ação, Comédia, Ficção Científica, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Ela era um gênio.
Ele, um agente.
Ela era doce.
Ele, um agente.
Ela era alegre.
Ele, um agente.

Elas eram garotas apaixonadas.
Eles, eram agentes, frios e calculistas.

Elas eram inocentes.
Eles, as mataram.

Cinco anos depois...

Eles eram agentes.
Elas, também.
Eles as mataram!
Elas, os matarão.

Eles são atraídos.
Elas, os atraem.

Como naquela época.

Mas nada mais será como antes.
O jogo vai começar.
O melhor vence.
O premio...

Elas?
Eles?

E o que ditará as regras...

Amor?
Sexo?

Rancor?
Desejo?

Carícias?
Socos?
  • 774
  • 534
Fanfic / Fanfiction A flor que canta entre os Yakuza
Em andamento
Capítulos 57
Palavras 113.192
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Ação, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Japão, um país de tradições milenares .Uma delas, a máfia,a tão conhecida e temida Yakuza.
Em Tokio, quatro organizações dominam, quatro clãs, os mais antigos de que se tem noticias, cheios de lendas tanto sobre sua origem quanto sobre sua continuidade.
Clã Uchiha, o clã dos guerreiros do fogo, dizia-se que os individuos dessa familia tinham a capacidade de manipular as chamas e a mente das pessoas.
Clã Hyyuga, um clã que teria a capacidade de enxergar além de tudo até mesmo o futuro, cujas artes marciais eram tão inigualáveis que eram poucos os conseguirem domina-las mesmo dentro do alto escalão do familia.
Clã Uzumaki, o clã dos pactos, cujos os membros poderiam realizar tratos com as mais variadas criaturas, desde espíritos até demonios ou mesmo deuses.
E por último mas não menos inigualável. O Clã Haruno, seus integrantes teriam ligações diretas com o mundo espiritual, dizia-se que se originara dos filhos de um deus e uma humana, que para marca-los como seus legitimos descendentes esse deus os marcou, dando a alguns membros de sangue mais puros um róseo cabelo, que lembrava as cerejeiras, a elas o clã rendia homenagens, era dotado de grande inteligencia, talentos para as mais variadas artes, desde as da música as artes de combate.
Assim conviveram esses quatro clãs durante muito tempo, houveram batalhas sagrentas, pactos de paz, e asssim o tempo transcorreu até a era moderna, A tradição Yakuza permanecia nas familias mas agora elas haviam abandonado a criminalidade, e as fortunas acumuladas por seus bons nomes ao longo dos tempos serviram para investir em negócios limpos, pelo menos assim era sob aluz do sol e os holofotes da noite.
No escuro, cada clã se utilizava de algumas táticas antigas para manter seus dominios em determinados pontos da grande Tokio.
Mas agora a nova geração do clã, tinham mais a que se preocupar.
Um herdeiro loiro e um tanto idiota que mal sabia reconhecer seus sentimentos, Uma herdeira gentil e acanhada que tinha medo de expor seus pensamentos e vontades.
Um herdeiro do fogo, mas que era frio como o gelo.
Ele usava essa frieza para ferir e se proteger, ele feriu muita gente mas também fora ferido pelas amarras da tradição rigorosa da sua familia, isso foi a pouco mais de cinco anos atras.
Agora, o destino dele o faria encarar uma face que muito havia esquecido, a face podia ser como na quela época, mas ele iria descobrir que de resto, tudo mudara, menos uma sedenta e escaldante atração.
Não, isso nunca mudou, ou mudaria.
Agora era saber como conseguiria se saciar.
Por que dessa vez, não seria nem um pouco fácil, e ainda haviam muitos mistérios a serem revelados ao redor daquela doce, cantante e agora perigosa flor de cerejeira.
  • 752
  • 824
Fanfic / Fanfiction Undisclosed Desires
Terminada
Capítulos 19
Palavras 139.385
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Josei, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
“Eu sei que você sofreu
Mas eu não quero que você esconda
É frio e sem amor
Eu não vou deixar que você seja negada”

Sakura era menos que nada, e sabia disso. Prostituta desde os dezesseis anos ela não esperava nada da vida, que não fosse um pouco de sossego quando enfim pagasse sua enorme conta com o cafetão.

Acompanhante sexual de luxo, ela conheceu e realizou os desejos mais secretos de grandes magnatas de Nova York. Ela foi tudo o que queriam que ela fosse, até que uma noite lhe pediram que fosse ela mesma. Se era um jogo ou não, ela não sabia, nem se importava, o que o cliente pedia era uma ordem, e ela realizaria, gostando ele ou não.

Isso surpreendeu Sasuke Uchiha, e o cativou, de certo modo. A prostituta tinha peito, e não era só na conotação sexual.

Porém, para os dois tudo continuou a se resumir em sexo pago, e trabalho.

Mas não esperavam o que o teste de gravidez revelaria.

Agora, Sakura estava amarrada a ele, uma parte de cada um estava sendo gerada e mesmo tendo tentado, ela não conseguiu ter o interesse e o desinteresse dele da forma que queria.

No começo ele achou que fosse um golpe, mas a verdade nunca se esconde por muito tempo, e agora ele não a deixaria partir. Tinha um nome a zelar e um bastardo não poderia mancha-lo. E para não correr esse risco...

O bastardo se tornaria herdeiro legitimo.

A prostituta se tornaria esposa respeitável.

O magnata sem amarras seria pai.

E as cortinas que cobriam aquele mundo requintando e moralista se abririam revelando suas mentiras, máscaras cairiam.

E faces seriam enfim reveladas. Com seus corpos em jogo.
Eles só não contavam perder seus corações, e que eles poderiam ser destruídos.

“...Eu quero reconciliar a violência no seu coração
Eu quero reconhecer a sua beleza, não só uma máscara.
Eu quero exorcizar os demônios do seu passado
Eu quero satisfazer os desejos secretos do seu coração...”
Undisclosed Desires – Muse.
  • 1.270
  • 499