Lista de Leitura: Taegi

Lista criada por: ~
3 histórias
Fanfic / Fanfiction I Am You, You Are Me
Em andamento
Capítulos 4
Palavras 14.833
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
twins!min | taehyung + yoongi | taegi | +18
Yoongi amava música desde que se entendia por gente, não importava se seus pais achavam aquilo algo banal ou se sua irmã preferia brincar com jogos de tabuleiros que envolviam dinheiro e negociações, seu negócio sempre foi a música. Mas, após ele e Yoonji - sua irmã gêmea - se tornarem quase adultos, as coisas mudaram de forma. Ele deveria seguir a carreira empresarial, enquanto ela podia escolher entre qualquer curso bobo o suficiente para ser preenchido por uma mulher.
Os pais de ambos só não esperavam que Yoongi e Yoonji trocassem de lugar, mandando a garota para o exterior, enquanto o mais novo se vestia de mulher para finalmente conseguir cursar música. Os gêmeos só não contavam com a chegada de Taehyung na vida de Yoongi; um estudante pobre e muito cheio de si que tiraria o gêmeo do sério, o mostrando o quanto batidas de rap e vozes graves poderiam combinar bem.
  • 433
  • 71

Amistoférico escrita por ~Charizardd

Fanfic / Fanfiction Amistoférico
Terminada
Capítulos 1
Palavras 487
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drabble, Drama (Tragédia), Slash
Assim, eu não me sentia só, nem sentia o peso da pedra... agora que eu havia encontrado um lugar seguro para enterrar meu osso. E qualquer idiota sabia que um cão precisava de um lar.

「 T a e g i 」
  • 66
  • 5

I Want More escrita por ~CatyNews

Fanfic / Fanfiction I Want More
Terminada
Capítulos 2
Palavras 12.727
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Crossover, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
《 Yaoi || Lemon || PWP || +18 || TaeGi || VSuga || YoonGi!Top || TaeHyung!Bottom 》

“[…] Eu nunca admitiria a atração que nutria pelo mais novo, afinal ter um tesão em Taehyung não era nada extraordinário tendo em vista a beleza e simpatia que este possui. Seu tom instável capaz de variar desde o mais áspero até o mais manhoso em questão de segundos por vezes me frustrava ao ponto de eu querer calá-lo a base de beijos e mordidas naqueles lábios fartos e bem desenhados constantemente castigados por seus dentes e agraciados por sua língua. [...]”
“[…] Ele sabia que eu o desejava, o desgraçado. E aparentemente seus anseios eram compatíveis aos meus, caso contrário sua língua não teria se esgueirado para fora da sua boca até alcançar a minha e contornar meu lábio inferior com seu músculo quente e molhado, deixando seu resíduo em mim e expulsando todo o sangue da minha face até que este se concentrasse em meio às minhas pernas. [...]”
  • 197
  • 9