Lista de Leitura: Taehyung 💚

Lista criada por: ~
5 histórias
Fanfic / Fanfiction Aleatória (Imagine Kim Taehyung)
Terminada
Capítulos 16
Palavras 34.502
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Muita gente deve pensar, assim que me vê desse jeito, que eu estou apenas com frescura, que é apenas uma fase ou que sou uma aborrescente, algo normal pra minha idade. Porém, na minha cabeça, isso é apenas uma calúnia, e das grandes.

Ultimamente, um sorriso vale muito mais do que valia antigamente para mim. Ele apenas surge em minha face para pessoas que convivo o tempo inteiro, ou seja, escola e afins. Porém, as verdadeiras pessoas que viveram comigo desde que nasci, meus pais, parecem não merecer mais o meu sorriso.

Aprendi esses tempos na aula de Química que, para que uma molécula de certa substância possa se locomover, é preciso certa quantidade de energia. O mesmo acontece com um sorriso meu, ele precisa desse mesmo valor de energia, porém convertido em uma simples palavra: amor. E, de uns tempos para cá, não é exatamente isso o que está acontecendo com meus pais e até mesmo outros familiares. Mesmo na escola, onde me divirto e rio sem parar, muitas vezes quando sorrio, é falso, porque sinto a energia mentirosa e/ou estou triste.

Sinceramente, adolescência é um saco... Um pé no saco.

[...]

"A propósito, sou o V."

Assim que ele me manda isso, fico completamente triste. Isso é um nome por acaso? Um menino tão lindo assim poderia ser chamado por uma simples e insignificante letra?

"V de Viado ou de Vadio?"

Pergunto, tentando ser um pouco irônica. Logo, recebo sua mensagem.

"É V de Viril mesmo... Brincadeira. É meu apelido que criei para o aplicativo... Sabe, eu estava cansado de ficar tentando e tentando arranjar um user válido, daí quando eu me irritei, acabei colocando V."

Sorrio. Ele parecia ser fofo, e não apenas por seu rosto.

"Já que é assim... Pode inventar um apelido pra mim. Acabei pegando as sugestões, e agora eu sou a amiga003."

Envio e subo um pouco a conversa para admirar sua foto novamente, porém tenho de descer tudo de novo para ver sua mensagem nova.

"Posso te chamar de Aleatória? Afinal, você realmente foi uma escolha aleatória..."

Dou risada de sua resposta e fico encarando aquela simples mensagem novamente, subo para ver seu sorriso angelical, e logo o respondo.

"Ok, mas só porque não temos outra opção..."
  • 682
  • 231

Sublime escrita por ~Victra

Fanfic / Fanfiction Sublime
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.712
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Completamente em suas mãos, Taehyung sabia que essa era a situação atual de seu corpo e alma.
Quando conhecera a angelical garota dos cachos delicados e olhos cor de mel, algo nas profundezas da sua mente se acendeu: desejo. Ele a queria, ele a teria.
Vê-la crescer só aumentava o misto de sensações que se afloravam em seu interior ao olhar a garota. E quando ele a tocava, ah…
Ele gostava da tensão que prendia seus músculos quando ela se escorava em seu corpo; adorava a maneira na qual seu olhar inocente se voltava a ele enquanto desfrutavam de seus momentos juntos. Céus, ele era completamente viciado nela.
E, bem… ela era completamente viciada no jogo de enlouquecê-lo.

"Hora do jogo."
  • 395
  • 22
Fanfic / Fanfiction Run For A Dream
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 121.931
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Harem, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico)
A pequena Yun Soo e o órfão Tae Hyung são os Irmãos Kim, dois jovens que, após enfrentarem uma infância traumática, foram obrigados a crescerem sozinhos como irmãos adotivos. Com o passar dos anos, o comodismo e a omissão acabaram ocultando sentimentos tão puros quanto viscerais que ambos nutriam um pelo outro. Não se amavam somente como irmãos, mas acostumaram-se com esta condição. Entretanto, quando revelados, estes sentimentos se converteram numa paixão desenfreada, e também na esperança de um futuro livre de sombras ou pesadelos.
O problema é que Yun Soo é a atual namorada de alguém importante para ambos, SeokJin. No entanto, seu relacionamento se revela conturbado e abusivo, desencadeando uma nova série de conflitos.
Os irmãos adotivos encontraram nos amigos a família que nunca tiveram, e um forte laço de amizade é mantido por todos. São cúmplices leais, partilhando desejos e dilemas numa corrida para alcançar seus sonhos. Porém, alguns desencontros ganham espaço entre eles, colocando à prova o real valor da amizade que possuem.
Os traumas são como fantasmas assombrosos na vida dos dois irmãos. Talvez seja verdade: a crença de que somente um amor verdadeiro e incondicional é capaz de superar e curar tudo.

  • 215
  • 153
Fanfic / Fanfiction Love Bandit — Imagine Taehyung
Em andamento
Capítulos 19
Palavras 31.452
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
"Não ligo para as nossas diferenças. Não ligo se papai aprova ou não.

Ele é o meu lutador e eu sou a sua princesa.

A cada anoitecer, Taehyung está em meu quarto, amando-me como nunca".

Amor Proibido | Romance
  • 2.181
  • 1.801
Fanfic / Fanfiction Dark Secrets (Imagine Kim Taehyung)
Terminada
Capítulos 21
Palavras 57.927
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Todos nós temos segredos, daqueles que nos perturbam até hoje, não é mesmo? Isso não é nada novo afinal de contas; Kim Taehyung era apenas mais uma vítima deste acaso. Guardava seus segredos mais escuros e perturbadores trancado a sete chaves, guardado e condenado a viver com eles para sempre.

Seu sorriso falso e felicidade oculta, escondiam dentro do garoto um passado obscuro, do qual nem mesmo ele se atrevia a relembrar. Mas é como já dizia o poeta Jean Racine: “Não há segredos que o tempo não revele”. Caberia à você descobri-los?
  • 500
  • 330