Lista de Leitura: tangis Lista de leitura

Lista criada por: ~
2 histórias

O duque Uchiha escrita por ~UchihaSak

Fanfic / Fanfiction O duque Uchiha
Em andamento
Capítulos 14
Palavras 61.249
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Ouviu a porta abrir com brusquidão. Um barulho incômodo que rapidamente a tirou de seus devaneios. Virou-se para encontrar o duque ali. O homem que raramente mudava de expressão, estava agora visivelmente perturbado. Andou de um lado para o outro e Sakura não soube o que acontecia com ele. Acompanhou com o olhar os passos impacientes e aguardou que lhe dissesse algo.

Os dedos longos pousaram sobre a têmpora, para depois, jogarem - se no ar. E então, ele, finalmente buscou pelos olhos dela.

- Essa coisa... - começou, o rosto com uma feição pesarosa, como se sentisse algo doer - ...Está por todo o meu corpo. Nenhuma partícula lhe escapou. Eu senti quando se apoderou de mim e ao meu bom senso corroeu. Não foi uma escolha minha, entenda. Eu tentei e ainda estou tentando arrancar do meu coração esses sentimentos indesejados, mas já não tenho forças. É uma agonia tê-la sob o mesmo teto e não poder tocá-la. Acredite, desejo novamente sentir o calor que emana da sua pele e é tamanho esse desejo que se eu pudesse ser qualquer coisa, seria um desses livros que com enorme apreço você folheia e não quem sou, porque a mim você despreza com todas as forças. Ah... Se soubesse como amaldiçoo a minha genuína crença de que poderia resistir a você... Não, não se assuste, não me olhe como se eu fosse, nesse instante, implorar o seu amor, pois a minha intenção não é lhe atingir, muito menos comover, não quero que pense ou reflita sobre o que estou revelando. Pelo contrário, encarecidamente, peço que no mesmo momento em que eu me virar, esqueça tudo o que falei.
  • 623
  • 537
Fanfic / Fanfiction Malícia
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 45.117
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Antes de entrar em casa eu pego o spray de hortelã na minha mochila, não quero correr o risco de minha mãe estar acordada e sentir o meu bafo de vodka. Sermão essa hora está fora de cogitação. Escândalos, melhor dizendo.
Eu consegui pedalar, então significa que não estou embriagado. Conseguirei andar e subir as escadas e não vomitarei no quarto.
Retiro da minha mochila um saco de doces que comprei com dois dias de antecedência. Minha mãe nunca deixaria eu participar de uma festa de halloween para jovens, daí tive que mentir – O que sempre faço.
Dezessete anos e pegando doces, ainda tenho uma reputação, não que valha muito.

– O adolescente fugitivo faz a caminhada da vergonha, tentando esconder dos pais o bafo de álcool. – me virei assustado pronto a dar todo o tipo de desculpas para a dona Mikoto, mas a visão que eu encontrei foi bem diferente do que minha casta mãe.

Minha primeira visão foram as panturrilhas torneadas, balançando tranquilamente, ela estava sentada em cima da bancada de mármore da minha mãe. O shortinho tão indecente que mais parecia uma calcinha, uma grande tigela de doces (doces esses que eu sabia que minha mãe tinha distribuído para as crianças da rua) ao lado. Mas a coisa que mais me chamou a atenção e me fez parar de raciocinar por alguns segundos, foi a pequena tatuagem, duas cerejas próximas a sua virilha.

– Você deve ser o Sasuke… – ela saltou da bancada em um salto mudo, parando bem próxima a mim. – Você é um garotão bem grande para a sua idade… – ela deu uma risadinha, me analisando.
– Quem é você? – foi a única coisa que consegui perguntar, passei as mãos nos olhos, para ter a certeza que não era produto do álcool russo que corria em minhas veias.
  • 456
  • 414