Lista de Leitura: Yoonmin

Lista criada por: ~
3 histórias
Fanfic / Fanfiction Sweet Illusion (HIATUS)
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 29.892
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Colegial, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
A imaginação nos faz criar mundos dentro da nossa própria cabeça, coisas irreais em relação ao que podemos aplicar nossos sentidos, situações ideais.

Park Jimin não era diferente, ou melhor, o garoto não apenas imaginava, ele vivia de suas doces ilusões. Criava inúmeras estórias, algumas dramáticas, outras quentes, até mesmo românticas. Já perdera as contas de quantas vezes fora pego imerso em pensamentos, completamente longe da realidade.

Dentre as suas ilusões favoritas, Min Yoongi ficava em primeiro lugar. Sua cabeça não se cansava de imaginar situações com aquele rapaz, um personagem criado por ele, fictício. Geralmente as estórias que envolviam Yoongi aconteciam em um universo paralelo, no mundo ideal de Jimin. Nele, os dois mantinham uma relação de forte desejo um pelo outro, apesar de estarem longe de admitir o amor verdadeiro. Podia considerar-se um pervertido por pensar esse tipo de coisa, mas Jimin não se arrependia de um segundo sequer em que imaginava Yoongi o tocando, jurava poder sentir suas mãos como se o outro fosse real.

Em um dia como outro qualquer, Jimin precisou faltar ao colégio, sendo informado horas depois — por seus amigos — que um aluno novo chegara justamente quando ele não estava presente. Ansioso para conhecer o rapaz, ele não ousou faltar o dia seguinte. Assim que colocou os olhos no desconhecido, ele não foi capaz de crer no que via; a sua melhor ilusão estava diante da sua visão. Min Yoongi havia se materializado?

{pjm + myg • focus!yoonmin • mention!taekook/namjin • pwp}
  • 419
  • 111

Hold me Tight escrita por ~KiitaT

Fanfic / Fanfiction Hold me Tight
Em andamento
Capítulos 52
Palavras 305.888
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
“Já que meu copo de bebida alcoólica está vazio, a solidão está me preenchendo novamente
Eu queria simplesmente ter perdido tudo, por que eu fui tão minucioso?
Até mesmo com os sacos de lixo jogados de lado na rua
Ao vento eles fazem um som solitário
Você simplesmente pintou por cima do meu papel branco”

Perdido em pensamentos, eu não havia notado que meu copo ficara vazio. Peguei a garrafa de uísque em busca de mais uma dose do liquido que me faria esquecer. Esquecer dele. Porém, até mesmo a garrafa estava seca como esta fria noite de inverno. Reprimi a vontade de chorar e joguei a garrafa contra a parede, observando a mesma se estilhaçar em mil fragmentos de vidro.

“O seu abraço, o seu calor, o seu coração
Eu rezo para que eu o veja novamente
Agora nesse momento, até a brisa quente de aroma de flores
Até o céu sem uma única nuvem
Tudo está frio, aquele céu claro está todo escurecido”

Eu sentia sua falta. Eu sentia como se uma mão de ferro envolvesse meu coração, apertando-o, esmagando-o, toda vez que pensava nele. Minha respiração saía curta, quebrada, enquanto lágrimas quentes rolavam pelo meu rosto. Fiquei aliviado quando a chuva finalmente caiu, lavando minhas lágrimas, a tempestade refletindo a dor que eu sentia em meu peito.

“Me envolva com força, me segure
Me segure com força, me abrace
Você pode confiar em mim?”
  • 2.998
  • 2.107

Ameno escrita por ~RunningDevil

Fanfic / Fanfiction Ameno
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 36.086
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Monsta X
Gêneros Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Lírica, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
[ Nova Versão- Nova Ameno]


Existo.

Existo enquanto ser humano de calças longas demais que sobram nos tornozelos. Existo na imperfeição de cabelos coloridos e de perguntas mal feitas, de sorrisos atirados e de posturas nada retas. Eu existo no caos que é o meu passado, nas caretas que faço, no vinco de apreensão que me surge no rosto quando algo é complicado demais.

Eu existo quando você é complicado demais.

Eu existo por você.

Existo pelas suas botas e pela sua má conduta. Pelo futuro que ainda não veio e pelos amores que penso em dividir contigo. Eu existo na sua presença quente, no seu andar desleixado, nas crianças que você teima em dizer que odeia e na infância perdida que vejo em seus olhos caídos.

Eu cairia mil vezes por você.

Só pra me erguer de novo e encontrar esses seus olhos amenos.
  • 91
  • 44