Notícia Comer Ramen cru é coisa do passado!


Por: ~


Comer Ramen cru é coisa do passado!


A empresa japonesa Oyatsu Company, pretende lançar seu principal produto, o Baby Star Ramen, no Brasil ainda em 2012!

Para avaliar a receptividade do público e divulgar o produto, a empresa montou um estande no 15º Festival do Japão, ao lado do Palco Cultural.

Só para esclarecer, o Baby Star Ramen é um salgadinho popular no Japão, feito de fios de macarrão tipo lamen.

Agora vamos a entrevista feita pelo Maide in Japan, com Takeo Fukami, gerente geral de vendas internacionais da Oyatsu Company, sobre os planos da empresa na Brasil.



Qual o objetivo da Oyatsu no Brasil?

A intenção é trazer para o Brasil nosso produto principal, o salgadinho Baby Star Ramen. Primeiro, queremos que as pessoas conheçam o Baby Star, para, gradativamente, trazermos os outros produtos da empresa.

Qual é o público-alvo?

Em termos de local, primeiro será São Paulo. Naturalmente, os nipo-descendentes são nosso público, já que existe uma grande comunidade. Porém, pretendemos abranger o público brasileiro em geral, desde o estudante até adultos de 30, 40 anos.
O produto não vende se apenas distribuirmos nas lojas. Pessoas que já foram ao Japão, que já moraram no Japão, que já experimentaram o salgadinho, ao virem o Baby Star no Brasil, vão dizer “ah, já comi isso antes!”. Assim, o nipo-descendente é um público muito importante para nós para tornar o produto conhecido.

Como será a distribuição nos pontos de venda?

Estamos conversando com algumas empresas, mas não está definido. Queremos resolver isso o mais rápido possível, para que o produto esteja à venda ainda neste ano. Em relação aos locais, em primeiro lugar, atuaremos em lojas da Liberdade, por ser uma região de grande concentração de orientais. Depois, fora da Liberdade, escolheremos pontos específicos para a distribuição.


Por que o Brasil?

A primeira razão para termos escolhido o Brasil é que temos uma conexão com o país. A Oyatsu tem 60 anos de existência. Há cerca de 15 anos, temos brasileiros trabalhando conosco, no total de aproximadamente 130 pessoas atualmente. As famílias, entretanto, ficaram no Brasil. Assim, a família no Brasil poderia se perguntar “o que será que o pai está fazendo?”. Se o produto da empresa onde esse pai está trabalhando estiver no Brasil, a família ficará tranquila. E quando esse pai retornar ao Brasil, mesmo depois de muito tempo, quando vir o produto nas lojas, dirá que “ah, eu trabalhei com isso no Japão”.

Existe previsão da construção de uma fábrica da Oyatsu no Brasil?

Hoje, existem muitas dificuldades na importação de produtos [para o Brasil]. No futuro, uma fábrica na América do Sul ou na América do Norte é algo que penso ser necessário.

Qual a sua impressão sobre o Brasil? Já experimentou os salgadinhos daqui?

A minha impressão sobre o Brasil é: energia. As pessoas, a cidade, a economia… Tudo tem muito energia. Quanto à comida, fui a uma churrascaria e gostei muito. Também comprei e experimentei muitos salgadinhos. Gostei de alguns, mas a maioria tem gosto muito artificial, exagerado.


Alguém aí ficou com uma imensa vontade de comer esse salgadinho? Deve ser ótimo acompanhado de Calpis, não é?


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...