Notícia Curiosidades Japonesas - 1


Por: ~


Curiosidades Japonesas - 1



Olá pessoal, esta vai ser a primeira de uma série de notícias sobre curiosidades japonesas. Uma vez por semana uma notícia minha será destinada a uma curiosidade, ou algo interessante sobre o nosso querido Japão.


Saquê



Quantos de vocês já tomaram o tão famoso saquê?

Pois bem, ao contrário do que muitos imaginam, o saquê não é um destilado, como a aguardente de cana, mas sim uma bebida fermentada.

Os japoneses contam que no começo do século passado era comum as famílias fazerem seu próprio saquê. As mulheres enchiam barris de koji e água e deixavam que a mistura fermentasse. Bebiam esse saquê que não era coado nem decantado, leitoso, durante o inverno rigoroso de Hokkaido. Era forte, bem mais forte que uma cerveja e não era raro as crianças se embebedarem. Mas isso era outra época e outros hábitos. Esse é o doburoku.

E por mais engraçado que possa parecer, fazer esta bebida é um tanto fácil. A receita básica utilizada pelos japoneses há milhares de anos é composta de arroz, água e fungos. Pois é, o nosso querido saquê, que era a bebida utilizada nos rituais sagrados e festejos, é feito a partir de um processo de fermentação um tanto básico. Alguns fabricantes mais tradicionais seguem até hoje costumes como o de fazer preces em um templo xintoísta antes de começar a produção do saquê na chegada do outono.

Pouco se sabe sobre a origem desta bebida tradicional, apenas que foi descoberta após a instalação do departamento de cervejaria no palácio imperial de Nara, então capital do Japão (710 a 792 d.C.). Depois, no período seguinte, quando a capital passou para Kyoto, o saquê é descrito como uma bebida nobre, tendo já registrado 15 variedades. Logo depois desta época, o líquido começou a ser bebido quente (talvez por influência chinesa).

Francamente, o que me deixa feliz é saber que apenas arroz de qualidade entra na produção da bebida, e que a água precisa ser muito pura, já que o saquê é composto por mais de 80% de água.

Talvez seja a tradição que ainda salve o saquê, e que faça sua qualidade ser tão valorizada nos dias atuais.


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...