Notícia Curiosidades Japonesas - 20


Por: ~


Curiosidades Japonesas - 20

Curiosidades Japonesas - 20

Hábitos Japoneses



A cultura japonesa é realmente bem diferente da nossa cultura. Existem diversos hábitos que os brasileiros praticam continuamente e que, no Japão, são proibidos. O que muita gente não sabe é que alguns dos hábitos que consideramos rudes para nós são perfeitamente normais para a Terra do Sol Nascente, por incrível que pareça. Vamos conhecer alguns hábitos japoneses.

Evitar falar ao celular em trens e metrôs - Geralmente, os japoneses preferem se comunicar através de mensagens ou e-mails, quando estão nesses lugares.

Evitar assoar o nariz em público - No Japão, assoar o nariz na frente de outras pessoas é considerado um hábito bem rude. Apesar deles saberem que é um hábito ocidental, isso causa desconforto para a maioria dos japoneses.

Empurrões em trens – Por aqui é preciso ter o máximo de autocontrole para não sair empurrando todo mundo em trens e metrôs. Porém, os japoneses não possuem esse tipo de problema, uma vez que empurrar uns ao outros nesses lugares também virou um hábito. Claro, não exageradamente.

Entrar em casa com os sapatos – Esse é um hábito comum visto em animes e obras japonesas. Até mesmo os estrangeiros não são perdoados se esquecem desse detalhe, pois os japoneses não toleram que tal regra seja quebrada.

Fazer barulho ao comer macarrão ou sopa – O ato de fazer o barulho característico quando se come sopa ou macarrão, no Brasil, é considerado falta de educação, principalmente em restaurantes. No Japão, por outro lado, é completamente normal e mostra que as pessoas gostaram do prato.

Confundir os vestiários masculinos e femininos nos banhos públicos - Mesmo que tenha sido engano, é extramente grosseiro confundir os vestiários em banhos públicos. Geralmente, vestiários masculinos estão à esquerda, com ideogramas otoko (homem) ou tono-sama (senhor feudal), com uma cortina azul. Vestiários femininos estão à direita, com o ideograma onna (mulher), com uma cortina vermelha.

Limpeza - A maioria dos estabelecimentos japoneses e alguns tipos de instituições, como as escolas, não costumam ter serventes para cuidar da limpeza. Na maioria das vezes, as pessoas são responsáveis pelo seu próprio lixo e, por isso, é muito difícil ver algum tipo de gari nas ruas. As crianças aprendem desde cedo a colocar o lixo no lugar certo e separá-lo de forma adequada, já que todos são responsáveis pelo bem de todos. Nas escolas, os próprios estudantes são responsáveis pela limpeza.

Por mais estranho que pareça ser, é algo cultural e que não deve ser mal compreendido. Muitos brasileiros que viajam para o Japão sofrem um certo choque cultural, mas, com o passar do tempo, acabam se acostumando com os novos costumes.


Fonte: Cultura Japonesa


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...