Notícia Dos mangás à realidade


Por: ~


Dos mangás à realidade

Pode parecer surreal, mas os japoneses provaram que ler mangás e ficar assistindo a animes não é uma perda de tempo, apesar de muitos fãs já terem, provavelmente, ouvido uma crítica afirmando que aquilo não levaria a nada útil em suas vidas.

Foi anunciado que os pesquisadores do Nara Institute of Science and Technology (NAIST - www.naist.jp) estão desenvolvendo uma nova tecnologia que possibilitará fazer memórias de computador ultrafinas a partir de uma proteína globular. E o que isso tem a ver com animes e mangás, você deve estar se perguntando.

Justamente os responsáveis pela idéia a desenvolveram a partir de um mangá chamado Meitantei Konan (também conhecido como Detective Conan ou Case Closed nos Estados Unidos), uma série com mais de 50 mangás e 486 episódios de anime, além de 11 filmes lançados.

Meitantei Kona, criado por Gosho Aoyama e publicado na Weekly Shoen Sunday desde 1994, conta a história de um jovem detetive particular chamado Shin’ichi Kudo, que, agindo sob o codinome Edogawa Conan, soluciona casos e mistérios de uma organização criminosa com aparelhos da mais alta tecnologia, como seus óculos computadorizados, seu relógio que atira dardos tranqüilizantes e uma gravata borboleta que é capaz de alterar sua voz.

Na vida real, os cientistas da NAIST estão usando ferritina, que é comumente encontrada em animais e seres humanos, principalmente no fígado, para poder suprir a necessidade de altíssimas temperaturas que os aparelhos eletrônicos têm. Com essa proteína será possível associar um pequenino monitor de LCD e uma memória com grande capacidade a utensílios, como os óculos de Conan.

O engenheiro eletrônico e responsável pelo departamento de pesquisa, Yukiharu Uraoka, afirma em uma entrevista: "estamos no caminho certo para desenvolver computadores construídos a partir de finos filmes que possam ser integrados a lentes de óculos ou a roupas. Os óculos de Conan não são mais um sonho".

Para completar, Gosho Aoyama afirma honrado "é uma grande emoção ver uma idéia que veio das páginas de um mangá tornar-se realidade. Em seguida, se possível, gostaria que alguém desenvolvesse os power-boost sneakers (ou tênis de propulsão potentes)".

Quanto tempo mais teremos de esperar para ver essas novas idéias tornarem-se realidade ainda é um mistério, mas quem pretende viajar para o Japão nos próximos anos talvez possa usar uns óculos para se conectar à internet ou um terno para ouvir música no metrô.

Fonte: Henshin!


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...