Notícia Idealizador de "Shenmue" perde cargo na Sega


Por: ~


A produtora Sega Sammy anunciou mudanças em seu quadro de executivos no Japão. Entre elas, destaca-se a perda do cargo de Yu Suzuki, uma das principais mentes criativas da companhia, que deixa de ser o executivo-chefe de criaçãoa.

Com isso, Suzuki será apenas chefe da divisão de pesquisa e desenvolvimento da AM Plus, especializada em jogos para fliperamas. Toshihiro Nagoshi, produtor de "Yakuza", mantém seu cargo de executivo-chefe de criação e a também passa a ser chefe da divisão de pesquisa e desenvolvimento de games para consoles e portáteis.

Yu Suzuki é idealizador de vários clássicos da Sega, como as franquias "Virtua Fighter", "OutRun" e "Shenmue", mas sua participação no mundo dos games vinha diminuindo ao longo dos anos, sendo que sua última grande aparição foi em 2004, para promover e divulgar alguns detalhes de "Shenmue Online", que acabou sendo cancelado.

Ficou tão sumido do noticiário que, certa vez, Simon Jeffrey, executivo-chefe da Sega para os Estados Unidos, falou ao site Gamasutra que o criador de "Virtua Fighter" não era mais empregado da companhia, mas depois se corrigiu.

"Shenmue" é um dos jogos mais ambiciosos de Suzuki. Com um orçamento sem precedentes para a época - o game teria custado US$ 70 milhões -, o primeiro jogo, lançado para o Dreamcast americano no ano 2000, obteve boas críticas, mas não obteve sucesso comercial. Uma continuação foi lançada para Dreamcast e Xbox, mas é cada vez mais improvável que o game tenha sua trilogia concluída. Por sua carreira, o criador foi incluído no Hall da Fama da Academia de Artes e Ciências Interativas (AIAS, na sigla em inglês) em 2003.


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...