Notícia Sony aposta em 'Metal Gear Solid 4' para salvar PlayStation 3


Por: ~


"Metal Gear Solid 4: Guns of the patriots" não é apenas um dos jogos mais aguardados para o PlayStation 3, da Sony. Ele é também um dos últimos representantes de uma geração – a dos jogos feitos exclusivamente para determinado videogame. Os "exclusivos".

Desenvolvido pela japonesa Konami, e previsto para ser lançado em 2008, o jogo é o último capítulo da série de ação que garantiu sucessos no PlayStation 2. É o melhor exemplo do que a indústria chama de exclusividade "third party", em oposição aos jogos de "first party", produzidos por fabricantes de consoles como Sony, Microsoft e Nintendo.

Por anos, os fabricantes de console usaram o valor desses jogos exclusivos para motivar a venda de suas máquinas. "Dizemos aos fãs que, se você quer jogar ‘Metal Gear Solid 4’, você precisa comprar um PS3", explica Ryan Payton, produtor-assistente do jogo.

Mas o custo de produção cada vez maior significa que as "third parties" têm dificuldade em lucrar, já que estão limitadas a apenas um sistema. E isso fica ainda pior no caso do PS3, que vende menos que seus rivais: Wii e Xbox 360.

A Sony diz que vem se preparando há muito tempo para o abandono das exclusividades "third party". "Sabemos que os distribuidores precisam recuperar o investimento", diz Peter Dille, vice-presidente de marketing da Sony. "Pelo nosso ponto de vista, desde que os games não se tornem títulos exclusivos para outras plataformas, o jogador de PS3 não está perdendo nada".

A Sony tentou equilibrar a situação aumentando sua própria produção de jogos, e agora tem 15 estúdios internos trabalhando em títulos de PlayStation – segundo Dille, é mais do que os estúdios da Microsoft e Nintendo somados.

Ele acrescenta que, entre setembro de 2007 e abril de 2008, o PS3 terá o total de 15 jogos exclusivos. Ryan Payton lembra que o novo "Metal Gear Solid" precisa vender mais de um milhão de cópias no primeiro dia de mercado para compensar os gastos de produção, tarefa que deve ser difícil se considerarmos as vendas do PS3.

Em outubro, somente 2 milhões de PS3 foram vendidos nos Estados Unidos, contra 5,2 milhões de Wii e 7,2 milhões de Xbox 360, de acordo com a NPD, que monitora o mercado.

Ano difícil

Um ano depois de seu lançamento, o PS3 teve apenas dois jogos que venderam mais de um milhão de unidades ("Resistance: Fall of Men" e "Motorstorm"), índice que determina o sucesso de jogos com grande orçamento. O PlayStation 2, com sete anos de mercado, tem quase 100 jogos que atingiram essa marca.

Os jogos mais caros da nova geração de consoles custam entre US$ 10 milhões e US$ 50 milhões, de acordo com Billy Pidgeon, analista da IDC Billy Pidgeon. Isso significa que as empresas devem produzir para o máximo de plataformas que puderem, se quiserem recuperar os investimentos.

"Você pode superar o fato de um jogo ter vendido 500 mil unidades", diz Pidgeon. "Mas com dois ou três fracassos assim, até mesmo as grandes produtoras podem ser afetadas".

Diversos jogos que eram exclusivos do PlayStation, como "Grand Theft Auto", "Virtua Fighter" e "Devil May Cry" foram lançados também nos consoles rivais, deixando os jogadores em dúvida sobre as reais vantagens de comprar um PS3.

E talvez mesmo "Metal Gear Solid 4" não seja capaz de reverter o resultado de vendas do PS3. "Não, ‘Metal Gear Solid 4’ não é um jogo matador", diz Adam Sessler, crítico de games da rede G4. "Quem já tem um PS3 vai comprar o jogo. Mas ‘Metal Gear’ não tem o apelo popular de outros jogos".

Mesmo assim, o jogo tem fatores a seu favor. O nome de Hideo Kojima, criador da série e aclamado designer de jogos, certamente é um dos mais fortes. E, quando o jogo for lançado, em 2008, é provável que modelos mais baratos de PS3 estejam no mercado.

Fonte: Globo.com


Gostou da Notícia? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Para ter acesso a todas as funções disponíveis no Spirit, é necessário que você esteja cadastrado no nosso site e esteja logado no sistema.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...