Ficha - Sofia Marie Kyle


Postado



Dados pessoais:

nome completo: Sofia Marie Kyle

idade:18 anos. dezembro, dia 13, 1998

apelido: Sofi ou Marie

aparência:






signo: sagitário

cidade de origem: Gotham City

cidade atual: Nova York

pais:



mulher gato - mãe

A relação delas é muito dependente, elas só tem uma a outra por isso se valorizam muito, Selina é muito carinhosa com sua filha e a chama de minha gatinha coisa que Sofia encara como um elogio mas só a sua mãe pode chamá-la assim, Selina é a unica pessoa que Sofia ama e a unica que Sofia consegue ser carinhosa.

(Ela não sabe quem é seu pai)

História:

Sofia foi um dos muitos erros da sua mãe, Selina em uma de suas muitas noites com homens que ela nem conhecia engravidou de uma menina, 9 meses depois Sofia nasceu, a principio Selina pensou em entregá-la para adoção mas dois dias depois ela descobriu um amor pela sua filha que ela nunca havia sentido por ninguém.
Selina depois que Sofia nasceu decidiu que era melhor parar com seus crimes e se dedicar a cuidar de sua filha, elas passou a viver de um dinheiro que tinha guardado, os anos foram se passando e Sofia ficara mais inteligente e esperta, ela foi treinada por sua própria mãe na arte da luta e estrategia.
Ela sempre tirou ótimas notas na escola e já cometeu alguns crimes mais foram poucos por medo de ser reconhecida como filha da mulher gato, o que ela mais gosta de roubar é da adrenalina que isso transmite, ela como sua mãe pode ser chamada de ladra inescrupulosa.

personalidade:
Sofia é uma garota engraçada e super dotada que possui tanto um lado esnobe quanto um sensível. Dona de uma mente brilhante, perspicaz fora do comum e uma enorme genialidade principalmente para o mal.
Ela não confia em ninguém de cara, com o passar do tempo vai se soltando e mostra ser muito solidária, embora não pareça ela é muito amiga e protege quem ama acima de tudo.
Sofia sempre manipula as pessoas a sua volta para deixar a situação a seu favor, ela nunca desiste ante de retrucar e fazer alguém engolir sua opinião, ela tem um senso de humor negro que acompanha sua personalidade extrovertida.
Sofia é o tipo de pessoa que não chora na frente de ninguém ela esconde e guarda para si mesma sua dor, ela sempre é a que conforta e nunca a que é confortada.

maiores segredos:
_tem vontade de conhecer seu pai
_tem medo de se apaixonar

gostos:
_armas de fogo
_Nova York a noite
_lutar
_roubar
_ser malvada

desgostos:
_que a subestimem
_pessoas muito alegres
_receber ordens
_que falem mal da sua mãe

Hobbies:
_lutar
_ler livros
_correr a noite
_praticar sua pontaria

talento secreto: ela é poliglota

medos/ fobias/ traumas :
_perder sua mãe
_ter seu coração partido
_brontofobia: medo de trovões ou relâmpagos ( mais não da chuva )

maior sonho: conhecer seu pai

cinco musicas para o personagem:
_Impossible - James Arthur
_Battle Scars - Guy sebastian
_Unstoppable - Sia
_Sober - Pink
_Who Says - Selena Gomez

maiores habilidades:
_Ginasta e atleta altamente treinada,
_especialista em combate corporal
_ladra especialista
_habilidades felinas(visão,equilíbrio,audição e etc)


Dados complementares:

Relação com os Heróis:
Se mexerem com ela ou falarem mal da sua mãe ela parte para briga independente de quem seja, ela também vai ser bastante sedutora e sarcástica o que vai provocar principalmente os meninos.

Relação com os vilões:
Ela é neutra e não se importa com as travessuras que eles vão cometer, ela é bem dificiu de manipular sendo o único meio de atingi-la sua mãe.

Como costuma se comportar na academia:
Ela é muito inteligente por isso notas não serão problema, o problema é ela arrumar briga muito facilmente mas normalmente consegue se safar da cupa e sair sem nenhuma punição.

Uma conversa com um herói: (Howard Dominic)

Olhei nos olhos dele da forma mais debochada que achei possível e disse:
- Então você que é o filho do famoso homem de ferro ? - pergunto sabendo qual seria a resposta, ele olha pra mim com um sorriso convencido.
- O próprio, ficou emprecionada ? - ele só podia estar de brincadeira com a minha cara
- Não só curiosa - respondo com a voz calma, ele me olha intrigado e pergunta:
-Curiosa com o que? - eu sorrio flertando com ele e paro para responder a sua pergunta
- É Verdade o que dizem ?... - ele acena com a cabeça pra que eu continuasse - A sua mãe realmente castrou o seu pai como todos dizem?- em questão de segundos ele desmancha o sue sorriso e fica com a cara fechada eu sai dali rindo feito uma louca da cara dele.

Uma conversa com um vilão: ( Allison Lee Quinn )

-Então você está mesmo apaixonada pelo James? - pergunto com um ar de nojo amor me da enjoos
-Claro que não! - ela diz irritada mais da para perceber que está mentindo
-Não é o que está parecendo - digo com um sorriso sarcástico no rosto
-Eu to confusa sabe? Ele é um dos bonzinhos, mais ele de alguma maneira consegue ser diferente - ela diz aquilo com um olhar esquisito quase de tristeza
-Deixa eu adivinha o problema é ele ser um herói?- digo com um olhar solidário - Sabe a um tempo a minha mãe se apaixonou por um herói, o Batman, eles viveram um lindo romance e blá blá blá... Mais em fim isso significa que talvez vocês tenham uma chance piquena mais existente.

Um momento hot: (Francis Jack)

Só eu ele estávamos ali eu mal conseguiu olhar para queles lindos olhos castanhos, eu sabia que ele estava bravo pelo que tinha acontecido mais cedo, eu tomei coragem e disse:
-Eu quis te beijar hoje - quando eu disse isso ele se virou pra mim então eu continuei - Quando você fica perto, eu me sinto diferente eu não sei o que falar, o que fazer ou como agir, eu fico assustada e a culpa é sua você fica...
Antes que eu terminasse a frase ele me beijou era um beijo tão leve e calmo que chegou a me assustar, meus olhos ficaram nublados, e, quando consegui ver de novo, percebi que Francis estava de cabeça baixa. Não fui capaz de falar nada. Queria dizer essas palavras de carinho e afeto típicas das namoradas, mas não pude.
Eu simplesmente toquei o rosto dele e me dirigi aos seus lábios, mas dessa vez era diferente o beijo já não era mais calmo agora era um beijo repleto de desejo e que nos dava desespero por mais.
Ele segurou minha coxa me dando impulso para entrelaçar minhas pernas na sua cintura e assim eu fiz, logos ele estava sem camisa e prestes a tirar a minha blusa, quando o ar faltou ele começou a beijar meu pescoço, me fazendo suspirar.
Fiz questão de ajuda-lo a tirar minha calça, tirando logo em seguida a dele. Em questão de segundos, nos vejo ali sem roupa e ele me torturando com sua enrolação, beijando minhas partes intimas me fazendo implorar por ele dentro de mim. Decidi que não iria deixar ele comandar e me torturar de tal modo, o empurrei de cima de mim e fiquei por cima dele, o beijando e o fazendo gemer do mesmo modo como fez comigo.
Começou com beijos e mordidas em meu pescoço e logo vieram as fortes estocas, que me faziam gemer alto o seu nome, ele é muito forte, o que me leva a vários gemidos. Nosso corpo dança um sobre o outro e eu sinto que nunca devo abandona-lo. Eu chego ao meu ápice, ele dá mais duas estocadas e logo seu corpo se cansa e ele se retira de mim e continua por cima me beijando e me acariciando.



Estilo;

primeiro dia de aula:


casual:






formal:




festa:





fantasia:



frio:





pijama:




banho:




Filosofia de vida: não se arrependa de nada que fez. Porque no fim das contas, isso define quem você é.

Livro favorito e por que?:O menino do pijama listrado, por tratar de duas amizades que apartir dali começam a perceber que são de diferentes religiões e crenças mas mesmo assim se torna uma grande amizade.

Musica preferida:https: Ala nanita nana, porque sua mãe cantava pra ela quando era apenas um bebê

Mataria alguém para salvar outra? Depende de quem teria que matar pra salvar quem, mas se fosse alguém que tem alguma importância para ela sim

Salvar a humanidade ou o amor da sua vida? O amor da sua vida sem duvidas a final ela não é uma heroína e sim uma vilã.

Como se sentiria por ter matado um inocente? Não se importaria muito, ela simplesmente ignoraria.

Viveria com culpa? Sim sem nenhum problema.

Ama quando...? Se importam com ela

Odeia quando...? Falam mal da sua mãe

Defina o seu personagem em uma palavra: sedutora

Frase marcante: Você não se importa comigo, eu não me importo com isso.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...