~Killerice - Clan Akatsuki

Killerice
//+Painless. *
Nome: ❥.;;* 加布里埃拉 ✴∞ ►✾✾◄ — Pandicorn.*
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 22 de Maio
Idade: 17
Cadastro:

┈━═☆ ᴛ[ʜ]ᴇ ᴋᴇʏ ᴏғ ᴅʀᴇᴀᴍs ❣


Postado

Mostrar Spoiler:



§{KEY}§
𝕋𝕙𝕖 𝕂𝕖𝕪 𝕠𝕗 𝔻𝕣𝕖𝕒𝕞𝕤

𝒩𝒶̃𝑜 𝑒𝓍𝒾𝓈𝓉𝒾𝓇𝒾𝒶 𝓈𝑜𝓂 𝓈𝑒 𝓃𝒶̃𝑜 𝒽𝑜𝓊𝓋𝑒𝓈𝓈𝑒 𝑜 𝓈𝒾𝓁𝑒̂𝓃𝒸𝒾𝑜,
𝒩𝒶̃𝑜 𝒽𝒶𝓋𝑒𝓇𝒾𝒶 𝓁𝓊𝓏 𝓈𝑒 𝓃𝒶̃𝑜 𝒻𝑜𝓈𝓈𝑒 𝒶 𝑒𝓈𝒸𝓊𝓇𝒾𝒹𝒶̃𝑜,
𝒜 𝓋𝒾𝒹𝒶 𝑒́ 𝓂𝑒𝓈𝓂𝑜 𝒶𝓈𝓈𝒾𝓂:
𝒟𝒾𝒶 𝑒 𝓃𝑜𝒾𝓉𝑒.


║▌│█║▌│ █║▌│█│║▌║
© All rights reserved ||| @Killerice »
≡ Somente as decorações da ficha são de total crédito a @Niiko »
「Plágios estão sujeitos a denúncia.」


₣Ɨᑕᕼᗩ ᑭᗩᖇᗩ @Murinay-Mito





【 𝓘𝓷𝒇𝓸𝓻𝓶𝓪ç𝓸̃𝒆𝓼 𝓟𝒆𝓼𝓼𝓸𝓪𝓲𝓼 】


NOME:

𝓐kiyami Shinkai
(明暗黒新開)

𝓐kiyami é uma junção dos nomes Aki (明) e Yami (暗黒) e ambos são de origem japonesa. Aki significa “luminoso, brilhante” e Yami significa “escuridão”.

𝓢hinkai (新開) é um nome que também possui origem japonesa. Significa “abismo”.


uminosa escuridão do abismo.”





APELIDO:

𝓐ki ou Yami.




CODINOME:

𝓐byssal.




PROFISSAO:

( ) 𝓟𝚛𝚒́𝚗𝚌𝚒𝚙𝚎 𝚍𝚘 𝚛𝚎𝚒𝚗𝚘 _____
(X) 𝓟𝚛𝚒𝚗𝚌𝚎𝚜𝚊 𝚍𝚘 𝚛𝚎𝚒𝚗𝚘 ℳillennium
( ) 𝓟𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛(𝚊) 𝚍𝚊 𝙺𝚎𝚢
(X) 𝓖𝚞𝚊𝚛𝚍𝚒𝚊̃ 𝚍𝚎 𝓔rje von Philasia
( ) 𝓔𝚜𝚝𝚞𝚍𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚜𝚒𝚖𝚙𝚕𝚎𝚜 𝚍𝚊 𝙺𝚎𝚢 (𝚋𝚘𝚕𝚜𝚒𝚜𝚝𝚊)





IDADE | DATA DE NASCIMENTO:

𝓐ki tem 16 anos de idade. Ela nasceu no dia vinte e dois de maio {22.05}, sendo então do signo Gêmeos.




SEXO:

eminino.




OPÇAO SEXUAL:

issexual • Não tem preferência.




APARENCIA:

𝓢tardust Vocaloid.



𝓐 aparência de Yami é muito exótica, e, ao mesmo tempo infantil, e na opinião de alguns, não muitos, é realmente muito fofa. Claro que isso para ela, já é um exagero. Não se acha tão fofa e muito menos bonita, já que ela não tem tanta auto-confiança, quando se trata de sua aparência. Pele alva e bem cuidada, surpreendentemente macia. Rosto fino e delicado em conjunto de um nariz também fino e delicado. Acompanha-se de grandes olhos de cor dourada e, algumas raras vezes, beges ou puramente amarelos, com longos cílios negros. Para a moça, seus olhos são o seu “charme”.

𝓞s fios lisos de seu cabelo azulado são finos e longos, chegando a ultrapassar as próprias coxas. Não é volumoso; tendo menos fios de cabelo. Usa uma franja um pouco arredondada e desfiada, e os próprios cabelos são amarrados em dois semelhantes lalais, cada um do lado de sua cabeça, em marias-chiquinhas frouxas, e ela só as solta quando vai dormir, porém, em ocasiões especiais; como bailes, festas e encontros, Akiyami geralmente faz um simples penteado, porém bonito.

𝓞 seu estilo único é admirador, e muito diferente das demais moças que já vira e conhecera. A princípio é reconhecida como uma moça de estilo despojado e ao mesmo tempo, infantil. Mas a junção desses dois estilos fica muito bom, extremamente bons em realidade. De pulseiras e unhas coloridas à vestimentas diversas e 'exclusivamente' fofas. Aki não tem motivo algum para esconder seu modo de ser, e de se vestir.

𝓔́ magra, mas não a ponto de mostrar os ossos, já que Yami come que é uma beleza. Sua barriga é chapada, ou melhor, sem nenhum sinal de gordura. Porém isso externamente, por que se pegarem-na no colo vão ver o quão pesada é essa criaturinha, claro que estou dizendo isso a pessoas mais fraquinhas, ou que possuem o mesmo nível de fraqueza que ela. Aki possui umas curvinhas aqui e ali, e uma cintura fina, com um quadril um pouco largo. Seios medianos e fartos. A moça mede 1,62cm e pesa 46kg, muito bem distribuídos pelo seu corpo, e calça 35.




PERSONALIDADE:

𝓐 princípio parece ser fechada, pois não expressa facilmente seus sentimentos e muito menos emoções para estranhos, assim muitos tende a dizer que ela é fria e antissocial; porém à medida em que vão se aproximando dela, se pode perceber que Aki é uma garota extremamente confiável, carinhosa e protetora, um ombro amigo para o que der e vier. Mas é também aquele tipo de pessoa que não liga para a opinião dos outros ou que os mesmos pensam sobre ela, ignora esse tipo por completo. Akiyami prefere também que os outros se aproximem de si, invés de ela aproximar-se deles. E raramente vai ficar “em cima” dos outros para conseguir amizade ou uma interação, porém odeia quando ficam grudando nela por um longo tempo, como se fossem um carrapato ou sanguessuga.

𝓔la é determinada, não desiste tão fácil de seus objetivos e está sempre confiante de seus atos. É otimista, vendo o lado bom das coisas quase sempre, mas nunca deixa de ver a realidade ao seu redor, ás vezes é muito realista e isso pode decepcionar algumas pessoas. A mesma demora um pouco para conseguir pegar confiança nos outros, sempre ficando com um pé atrás, porém, quando conseguem o seu voto sobre esse assunto, pode ter certeza que ainda sim ela não irá lhe contar tudo, gosta de manter algumas coisas para si mesma.

𝓔la dificilmente perde a calma, isso pode acontecer quando a interrompem quando está dizendo algo sério e importante ou pelo fato das pessoas menosprezarem a si mesmas ou aos outros, mas o que a deixa extremamente enfurecida são aqueles que se acham os reis e rainhas do mundo, que pensam que são o eixo do universo, mandando em tudo e em todos e, quando encontra alguém assim, irá tentar ignorá-la, porém isso é algo que Akiyami não conseguirá cumprir, assim fazendo com que a mesma solte palavras um tanto desagradáveis e frias.





COMO ELA REAGE DIANTE DA(O):

ℛ𝚊𝚒𝚟𝚊: Aki é famosa por sua dualidade. Assim, você pode jogar uma moeda e tentar adivinhar qual será a resposta dela diante da raiva. Ela pode manter uma aparência completamente calma e centrada, quando de repente suas palavras de fúria cortam qualquer um ao meio. A sua raiva pode começar com grosseria ou sarcasmo, podendo mudar de repente para gritos e até mesmo arremesso de coisas.

𝓓𝚘𝚛: Akiyami não gosta de demonstrar sua dor, tanto física como psicológica. Detesta senti-la e tenta evitar chorar por causa dela, pois, para ela, isso é como mostrar sinais de fraqueza.

𝓣𝚛𝚒𝚜𝚝𝚎𝚣𝚊: Ela não é de fazer cenas dramáticas nem mesmo perto dos amigos mais íntimos. Todos acharão que ela está super bem, mas por dentro ela estará como se estivesse morrendo aos poucos, e só demonstra quando está sozinha. Pensa demais, fica desconfortável e em silêncio. Isola-se e ‘desliga-se’, mesmo que tente parecer que está feliz.

𝓐𝚖𝚘𝚛: “Desencanada”. Ama com liberdade e gosta de proporcionar ao seu par a mesma liberdade. Racional, sente com a cabeça mais do que com o coração. Se pode esperar por alguém leal e paciente. É passional e gentil num dado momento, e indiferente e distante no próximo; isto é um resultado da sua tendência natural a ser cautelosa. Mas também pode ser muito entusiasmada, espirituosa, intelectual e de fala mansa.

𝓟𝚊𝚒𝚡𝚊̃𝚘: Ela é mais relutante quanto a isso. Raramente demonstra seu afeto: é o melhor o que ela pode fazer. Calada, discreta e insegura, ela não medirá esforços para agradar por quem está apaixonada, mas do jeito dela, sem nenhum perigo de exposição. Tenha paciência com ela, pois Aki será sempre uma ótima companheira.

ℳ𝚎𝚍𝚘: Em primeiro de tudo, Aki se sentiria perturbada. Fica ansiosa e um tanto impulsiva, não mede as possíveis consequências trágicas de seus atos, se expondo em situações extremamente perigosas, possivelmente arriscando a sua própria vida inconscientemente.

𝓐𝚕𝚎𝚐𝚛𝚒𝚊: Otimista e espontânea, mas não se expõem muito mesmo assim. Exala uma aura alegre envolta de si e mostra um sorriso meigo no rosto. Quando feliz, torna-se mais gentil e animada, contudo nunca deixando o seu jeito desconfiado de lado. Mostra um lado mais descontraído e relaxada, como se não tivesse nenhuma preocupação na vida.

𝓥𝚒𝚝𝚘́𝚛𝚒𝚊: Seu senso de justiça é predominante, assim, é muito construtivista e sabe dividir aquilo que possui, sem se preocupar no quanto será renumerada por isso. Mas claro que ela não deixará de se sentir feliz com isso, se sentirá satisfeita e ocasionalmente, poderá até festejar por isso.

𝓓𝚎𝚛𝚛𝚘𝚝𝚊: Fica um pouco frustrada e chateada, é claro, mas não chega a ficar raivosa ou muito decepcionada, pos é muitas vezes volúvel e quando algo não caminha na direção que ela espera, a mesma observa, pensa e rapidamente passa para outra possibilidade.

𝓒𝚒𝚞́𝚖𝚎𝚜: Possessiva e muitas vezes autoritária, querendo sempre dar a última palavra. Não suporta ficar em segundo plano, nessa situação, ela simplesmente viraria as costas, já que seu orgulho é a sua maior característica.

ℳ𝚘𝚛𝚝𝚎: Com terceiros, não fica tão assustada ou triste, porque a mesma sempre espera o pior. Afinal, ela é clara e realista e com a morte não é diferente. Mas, ás vezes, Aki demora para entender o que aconteceu, reflete bastante. “Infelizmente a morte faz parte de uma das poucas certezas que temos em nossas vidas. O problema é quando ela chega de repente, sem avisar.” – Ela entende que faz parte da vida e como é impossível mudar a situação, prefere encarar e aceitar o fato. Mas, isso não significa que ela não sofra. A diferença entre ela e as pessoas alheias é o poder de superação que carrega.

ℱ𝚛𝚊𝚚𝚞𝚎𝚣𝚊: Seu humor muda visivelmente, passando da euforia à tristeza ou desespero, fica irritadiça e mal-humorada e, nos piores casos, pessimista e deprimida.

𝓓𝚎𝚜𝚎𝚜𝚙𝚎𝚛𝚘: Pessimista. Perdida em angústia e fica desregulada, fora do tempo. É comum ouvi-la se queixar e se lamentar “sei que não vou conseguir”, “não vai dar certo”, etc. Trazendo características milenares do medo e insegurança, ela reflete o desespero em diversas variações: aversões, repulsas e complexos que a perseguem tenazmente psicologicamente.

ℒ𝚎𝚖𝚋𝚛𝚊𝚗ç𝚊𝚜 𝚋𝚘𝚊𝚜: Lembra-se delas em momentos semelhantes às antigas ou em momentos em que tem algum dejá-vù de alguma delas. Nesses casos, ela fica com um sorriso bobo na cara enquanto tem um flashback nostálgico.

ℒ𝚎𝚖𝚋𝚛𝚊𝚗ç𝚊𝚜 𝚖𝚊́𝚜: Tenta evitá-las a todo o custo, pois, o que detesta mais é ficar triste, decepcionada ou frustrada.

𝓟𝚊𝚜𝚜𝚊𝚍𝚘: Yami não pensa muito sobre o passado, afinal: “Não deixe dominar-se pelo passado, você vive no presente, caminhando para o futuro.”





HISTORIA:

𝓝um reino tecnologicamente muito mais avançado conhecido como Reino Millennium, que é comandado pela Família Real, auxiliada por um vasto Império Militar. Lá, a lei do Império dita que todas as meninas precisam fazer um teste antes do seu 5º aniversário. Aquelas que demonstram ter um talento excepcional já são selecionadas para um treinamento intensivo, adentrando logo cedo à academia militar. Essas garotas então são separadas para fazerem parte da divisão de elite da Guarda Imperial de Millennium, conhecida como o “Jardim da Princesa Imperial”.

𝓐s mulheres desta minoria privilegiada crescem não apenas para se tornarem as protetoras do reino, mas também para exercer posições de liderança na sociedade, para ajudar no avanço tecnológico e no estudo e no desenvolvimento de diversos setores, desde o bélico até o de comunicação. E foi assim que começou a história de Akiyami Shinkai.

𝓒om apenas 5 anos de idade, a jovem Akiyami Shinkai surpreendeu a todos em seu teste, demonstrando uma incrível aptidão para o combate e uso de armas brancas. Isso porque ela já estava acostumada aos treinos com seu pai, um viúvo militar condecorado que a criava sozinho, com a ajuda dos companheiros de seu batalhão. Aki ingressou na Academia Militar e já tinha todo o seu futuro traçado à sua frente. O mundo militar era tudo o que ela conhecia.

𝓐té a morte de seu pai em uma missão. Para seus superiores, aquela havia sido apenas mais uma “baixa”, fazia parte do “número aceitável de perdas” que sempre ocorria durante uma batalha. Para Yami, nada daquilo fazia sentido e ela não conseguia separar seus sentimentos de perda e tristeza e tratar aquilo como uma questão impessoal, como pareciam fazer todos os outros que a cercavam. Repleta de dúvidas e incertezas, Aki se deixou cair em depressão e via apenas trevas e morte em seu futuro, outrora tão certo e repleto de glórias. Foi então, enquanto chorava escondida, que Aki foi encontrada por outra garotinha um pouco mais nova que ela.

𝓐 garotinha, preocupada com Yami, tentou de tudo para animá-la, a consolou e abraçou. As duas conversaram por horas sobre suas vidas, o Império, seus sonhos e obrigações. Estava claro que ali nascia uma grande amizade. Qual não foi a surpresa de Akiyami, no final de sua conversa, quando finalmente foram se apresentar, descobrir que a garotinha era ninguém menos que Erje von Philasia, a Princesa Imperial do reino vizinho, Cortânie.

𝓐 doce princesa encorajou Yami e, mesmo sendo mais nova, a aconselhava sempre que a órfã Shinkai tinha algum anseio. Movida novamente pelo desejo de servir ao Império e de principalmente proteger a vida da Princesa Erje, Yami se formou com louvor na Academia Militar. E como era de se esperar, foi imediatamente alocada como uma soldada do Jardim da Princesa Imperial, onde finalmente recebeu seu novo codinome.

𝓔 foi assim que Abyssal, a Luminosa Escuridão do Abismo, nasceu.

𝓟orém, graças a uma certa profecia, foram vistos sinais de uma “Grande Catástrofe” que estava por vir. Preocupada com o bem-estar do seu povo, a Princesa Imperial do reino Cortânie enviou sua melhor combatente para investigar tal.

𝓟ara ajudar Abyssal em sua jornada, um dos grandes cientistas do Reino Cortânie, Dr.Cloud, construiu um ‘pequeno dispositivo’ para abrigar a Inteligência Artificial, Monokuma, que ele havia criado para gerenciar todos os sistemas de batalha. Transformado em um “navegador GPS”, Monokuma deveria ajudar Abyssal em sua importante missão, e, com isso, ela encaminhou-se primeiro para a Academia Key.

𝓒ontudo, mal todos sabiam que ela era a Psychic da atual geração.





DETALHES:

𝓖ostos: Adora ler, aprender, e ama cantar. Aprecia todo tipo de arte, e sempre se diverte com charadas e enigmas. Sua estação favorita é a primavera, e ela adora qualquer doce com frutas vermelhas. Um de seus programas favoritos é parar, beber algumas xícaras de chá e debater sobre um bom livro, ao lado de uma companhia agradável.

𝓓esgostos: Temperaturas extremas, gente ignorante e esportes no geral. Não é muito fã de chocolate, e definitivamente odeia cachorros. Detesta que contestem seus conhecimentos, ou que tentem parecer mais sábios que ela. Aprecia os mistérios da vida, portanto: nunca conte nada que lhe deveria ser surpreendente; seja o final de uma história, ou qualquer outra coisa.

ℳedos: Insetos voadores = Pesadelos reais de Aki.

ℳanias: Levantar o mindinho ao beber algo, e revirar os olhos quando está irritada.

𝓥ícios: Mascar hortelã.





CATEGORIA:

etade anjo, metade demônio.




ELEMENTO MAGICO:

𝓟sychic.




【 𝓘𝓷𝒇𝓸𝓻𝓶𝓪ç𝓸̃𝒆𝓼 𝓭𝓸 𝓢𝓹𝓲𝓻𝓲𝓽 】


NOME:

onokuma.
(モ ノ ク マ)

𝓞 nome de Monokuma é uma combinação da romanização do “monocromático” (モノクローム, monokurōmu), referenciando o seu esquema de cores preto e branco, e kuma (クマ), que em japonês significa “urso”.




APARENCIA:

onokuma.



onokuma aparentemente se parece com um urso de pelúcia muito fofinho. Ele é um tanto peculiar, o lado direito do seu físico é totalmente branco e o seu lado esquerdo é preto, tirando a área da barriguinha, que continua sendo branca. O seu olho no lado direito é preto, enquanto o do lado esquerdo se parece com uma espécie de faísca ou raio vermelho, que exala malícia e crueldade, juntamente com um sorriso psicoticamente assustador logo abaixo. Monokuma tem praticamente 75cm de altura e é um pouco gordinho, graças à sua grande preguiça de fazer algo produtivo.






CLASSE:

( ) 𝚁𝚎́𝚙𝚝𝚒𝚕
( ) ℳ𝚊𝚖𝚒́𝚏𝚎𝚛𝚘
( ) 𝓐𝚚𝚞𝚊́𝚝𝚒𝚌𝚘
( ) 𝓐𝚟𝚎
( ) ℱ𝚘́𝚜𝚜𝚒𝚕
( ) ℳ𝚒́𝚜𝚝𝚒𝚌𝚘
( ) ℳ𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘́𝚐𝚒𝚌𝚘
( ) 𝓟𝚕𝚊𝚗𝚝𝚊
( ) 𝓘𝚗𝚜𝚎𝚝𝚘

(X) 𝓞𝚞𝚝𝚛𝚘





QUALIDADES:

(X) 𝚒𝚎𝚕 | (X) 𝓒𝚘𝚖𝚙𝚊𝚗𝚑𝚎𝚒𝚛𝚘 | ( ) 𝓐𝚖𝚒𝚐𝚊́𝚟𝚎𝚕 | ( ) 𝓢𝚎́𝚛𝚒𝚘 | ( ) 𝓟𝚛𝚘𝚝𝚎𝚝𝚘𝚛 | ( ) ℳ𝚊𝚗𝚜𝚘 | (X) 𝓘𝚗𝚝𝚎𝚕𝚒𝚐𝚎𝚗𝚝𝚎 | ( ) 𝚘𝚛𝚝𝚎 | (X) 𝓒𝚘𝚛𝚊𝚓𝚘𝚜𝚘




DEFEITOS:

( ) ℳ𝚎𝚗𝚝𝚒𝚛𝚘𝚜𝚘 | (X) 𝓢𝚊́𝚍𝚒𝚌𝚘 | ( ) ℳ𝚊𝚕 𝚑𝚞𝚖𝚘𝚛𝚊𝚍𝚘 | (X) 𝓐𝚐𝚛𝚎𝚜𝚜𝚒𝚟𝚘 | ( ) ℳ𝚎𝚍𝚛𝚘𝚜𝚘 | (X) 𝓟𝚛𝚎𝚐𝚞𝚒ç𝚘𝚜𝚘 | ( ) 𝚛𝚊𝚌𝚘 | (X) ℳ𝚞𝚛𝚖𝚞𝚛𝚊𝚍𝚘𝚛




PERSONALIDADE:

𝓐ssim como a sua aparência, a sua personalidade também é como se fosse dividida em duas:

𝓞 seu lado direito, ou como pode-se chamar, “personalidade branca”, se assemelha a um urso de pelúcia normal, que age bonitinho, inocente ou até mesmo condescendente. Como tal, durante os tempos em que este lado de Monokuma está ativo, ele pode demonstrar um comportamento educado.

𝓞 seu lado esquerdo, ou como pode-se chamar, “personalidade preta”, se assemelha a um valentão malicioso, mau e cruel, que faria qualquer coisa para causar o desespero. Ele pode alternar entre estas características como a queda de um chapéu, fazendo-o imprevisível para a sua mestra e regentes/pessoas alheias.

𝓠uando divertido, Monokuma muitas vezes dá sua típica risada: uma “upupupu” sádica. Ele aproveita cada oportunidade para depreciar as pessoas, alegando que elas são responsáveis por tudo de ruim que acontece. Monokuma não gosta de pessoas que não lhe obedecem, e ameaça aqueles que se opõem seu comando.




COMO ELE REAGE DIANTE DA(O):

ℛ𝚊𝚒𝚟𝚊: Ele grita, reclama, chuta as coisas por aí, delira e faz um verdadeiro espetáculo. Acaba dizendo um monte de ofensas, mas provavelmente sem a intenção de magoar e, fica com o rosto todo vermelho de irritação. Mas ninguém o consegue levar a sério, e por isso todos tiram sarro e riem da cara dele nessas horas.

ℳ𝚎𝚍𝚘: Geralmente se esconde por detrás das pernas de Yami, completamente trêmulo e desconfiado de tudo.

𝓒𝚒𝚞́𝚖𝚎𝚜: “Ciúmes? Eu não tenho ciúmes nenhuns! Eu sou muito liberal! Hmph!” – Monokuma NUNCA admite que tem ciúme, embora dentro de si o sangue ferva sempre que a sua mestra mostra uma atençãozinha especial para com alguém que não seja ele.

𝓣𝚛𝚒𝚜𝚝𝚎𝚣𝚊: Infantil, age como uma criança mimada quando quer algo e não fica nada satisfeito quando um “não” atravessa o seu caminho. No geral, não lida nada bem com frustrações e a decepção pode deixá-lo furioso. Não vai de maneira alguma entrar em uma depressão, ou refletir sobre algo de errado que possa ter feito.

𝓐𝚕𝚎𝚐𝚛𝚒𝚊: A aura alegre que fica envolta dele parece que começa a derramar florzinhas felizes e fica mais confiante e positivo do que nunca. Não infortuna ninguém, simplesmente dando atenção pelo ao que o deixou feliz.

ℳ𝚘𝚛𝚝𝚎: Monokuma geralmente acha engraçado e dá a sua típica risada “upupupu!”, juntamente de uma piada de humor negro sobre o ocorrido, dando a vontade de alguns o esganarem e tacarem-lhe fogo… Akiyami principalmente.

ℱ𝚛𝚊𝚚𝚞𝚎𝚣𝚊: Por ser um tanto possessivo com Akiyami, ela se torna uma fraqueza à Monokuma. Ele não é capaz de desobedecer e nem debochar de Yami como aos outros.

𝓓𝚘𝚛: Choraminga e reclama bastante com isso. Monokuma na verdade é quase imune à dor, por ser quase literalmente um verdadeiro urso de pelúcia, o seu corpo por dentro é feito de peças mecânicas, porém ainda assim possui sangue. Mas apesar de já ser um tanto indolor, o mesmo se incomoda bastante.

𝓥𝚒𝚝𝚘́𝚛𝚒𝚊: Celebrará com danças engraçadas e um monte de confetes tirados de sabe-se lá de aonde, enquanto dá a sua típica risada cínica: “upupupu!”

𝓓𝚎𝚛𝚛𝚘𝚝𝚊: Ficará decepcionado, e por conta disso descontará a sua frustração nos outros. Vai sim, como uma criança birrenta, que se joga no chão e grita de ódio, continuar a tentar, tentar e tentar até conseguir garantir que seus desejos sejam atendidos por alguém ou pela própria vida.





HABILIDADE ESPECIAL QUE ELE PROPORCIONA:

ℱ𝓲𝓷𝓪𝓵 𝓙𝓾𝓭𝓰𝒆 (ファイナルジャッジ – Fainarujajji ~ Juíz Final): Monokuma arrasa a área à frente dele com uma fila reta de explosões obscuras, com uma queda de raios luminosos por cima de cada explosão, atordoando o oponente com um grande impacto de energia concentrada circularmente e cegueira.




【 𝓘𝓷𝒇𝓸𝓻𝓶𝓪ç𝓸̃𝒆𝓼 𝓐𝓿𝓪𝓷ç𝓪𝓭𝓪𝓼 𝓭𝓸 𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓰𝒆𝓶 】


ARMA UTILIZADA:

𝓢𝓸𝓷𝓷𝒆: A arma absoluta do sol, de poder soberano e supremo. Quando invocada, apenas sua luz é capaz de cegar temporariamente os oponentes, até que enfim seja vista: nobre e poderosa. Controla a própria luz do sol, tão forte, reluzente e quente como o astro que a espada rege. Porém, só pode ser chamada durante o dia; nas 12 horas que o Sol rege.


ℳ𝓸𝓷𝓭: A arma absoluta da lua, de poder sagrado e divino. Sua luz branca e clara é delicada, e até mesmo agradável para quem a vê quando invocada. Controla a energia lunar: uma luz azulada e fria, que parece inofensiva, mas na verdade é extremamente poderosa. Porém, só pode ser chamada durante a noite; nas 12 horas que a Lua rege.





A ARMA CAUSA:

(X) 𝓢𝚕𝚘𝚠 | ( ) 𝓟𝚘𝚒𝚜𝚘𝚗 | ( ) ℬ𝚕𝚒𝚗𝚍 | ( ) 𝓟𝚊𝚛𝚊𝚕𝚢𝚜𝚒𝚜 | (X) 𝓦𝚎𝚊𝚔 | ( ) 𝓒𝚞𝚛𝚜𝚎

𝓢𝓸𝓷𝓷𝒆: Slow.
ℳ𝓸𝓷𝓭: Weak.




QUANDO CRITICO CAUSA:

( ) 𝓢𝚕𝚘𝚠 | ( ) 𝓟𝚘𝚒𝚜𝚘𝚗 | (X) ℬ𝚕𝚒𝚗𝚍 | ( ) 𝓟𝚊𝚛𝚊𝚕𝚢𝚜𝚒𝚜 | ( ) 𝓦𝚎𝚊𝚔 | (X) 𝓒𝚞𝚛𝚜𝚎

𝓢𝓸𝓷𝓷𝒆: Blind.
ℳ𝓸𝓷𝓭: Curse.




ATAQUES MAGICOS:

Escreveu
𝓣revas:


Mostrar Spoiler:
ℂ𝕪𝕓𝕖𝕣𝕟𝕖𝕥𝕚𝕔
𝓒𝔂𝓫𝒆𝓻𝓷𝒆𝓽𝓲𝓬 (サイバネティック – Saibanetikku ~ Cibernético): Akiyami concentra-se na sombra de seu alvo, sentindo sua presença e apoderando-se dela tendo-a à sob sua mercê, podendo controlar os movimentos e habilidades do ser durante um indeterminado tempo, como se o mesmo fosse uma marioneta. Caso seja inimigo, as trevas de Yami consumirão a sombra do adversário, o sufocando, e se não elas forem impedidas, podem levar o sujeito à morte, visto também que Yami não tem controle sobre a consumição quando é ativa.



Mostrar Spoiler:
𝕊𝕠𝕦𝕝 ℂ𝕦𝕥
𝓢𝓸𝓾𝓵 𝓒𝓾𝓽 (ソウル・カット – Sōru katto ~ Alma Cortada): Acompanhada de Mond, Akiyami aproxima-se do alvo sorrateiramente com passos inaudíveis abafados pelas sombras e, chegando por detrás do mesmo, ela corta-o pelo meio; porém, o corte não afeta o ser fisicamente, e sim causa danos à sua alma se o seu corte for certeiro; e se ela quiser, consome a alma para as sombras, como se levasse a mesma para um abismo de escuridão sem fim, trazendo o alvo para um coma sem ‘cura’.


Mostrar Spoiler:
𝔻𝕒𝕣𝕜 ℙ𝕠𝕣𝕥𝕒𝕝
𝓓𝓪𝓻𝓴 𝓟𝓸𝓻𝓽𝓪𝓵 (ダークポータル – Dākupōtaru ~ Portal Negro): Através das trevas, Akiyami pode se locomover para qualquer lugar, conjugando um buraco negro abaixo de si. Isso também se aplica a inimigos ou aliados; porém, aos inimigos, eles são enviados para a pura escuridão e ficam lá apodrecendo para toda a eternidade - a não ser que alguém seja capaz e consiga os tirar de lá. Já com aliados, eles simplesmente locomovem-se junto de Yami.



Mostrar Spoiler:
𝕊𝕠𝕦𝕝𝕤 𝕠𝕗 ℕ𝕚𝕘𝕙𝕥𝕞𝕒𝕣𝕖𝕤
𝓢𝓸𝓾𝓵𝓼 𝓸𝒇 𝓝𝓲𝓰𝓱𝓽𝓶𝓪𝓻𝒆𝓼 (魂の悪夢 – Tamashī no akumu ~ Almas de Pesadelos): Com o Dark Portal, Akiyami também pode trazer almas atona. Todavia, não são almas quaisquer, mas sim almas distorcidas, podres, repletas de pecados e sentimentos ruins. Podem ser almas de conhecidos ou entes próximos das pessoas ao redor, assim podendo - talvez - mexer com o psicológico dos alheios. Também podem ser almas de pessoas que ela já consumiu para a escuridão.



Escreveu
ℒuz:


Mostrar Spoiler:
ℝ𝕖𝕛𝕦𝕧𝕖𝕟𝕖𝕤𝕔𝕖𝕟𝕔𝕖
ℛ𝒆𝓳𝓾𝓿𝒆𝓷𝒆𝓼𝓬𝒆𝓷𝓬𝒆 (若返り– Wakagaeri ~ Rejuvenescer): Luz, tão reluzente e graciosa, até mesmo ela pode restaurar o que já está aparentemente ‘morto’. Esta magia faz com que tudo o que é seco ou quase morto se restaure, através de feixes luminosos e acolhedores. Pode restaurar meio-ambientes e cura seres vivos, porém, tudo o que já estiver morto de verdade não poderá ser salvo.


Mostrar Spoiler:
ℂ𝕝𝕠𝕦𝕕𝕚𝕟𝕘
𝓒𝓵𝓸𝓾𝓭𝓲𝓷𝓰 (曇り– Kumori ~ Nublando): Aki cria ou consome uma grande quantidade de luz em torno de si, capaz de ofuscar a visão dos que estão em volta. Se exposta por muito tempo, pode levar os outros indivíduos à cegueira. Também pode servir como uma ‘lanterna humana’ em lugares sem iluminação ou bastante escuros.


Mostrar Spoiler:
𝕎𝕚𝕟𝕘𝕤 𝕠𝕗 𝕊𝕠𝕦𝕝𝕤 𝔻𝕚𝕧𝕚𝕟𝕖
𝓦𝓲𝓷𝓰𝓼 𝓸𝒇 𝓢𝓸𝓾𝓵𝓼 𝓓𝓲𝓿𝓲𝓷𝒆 (魂神の翼– Tamashī-shin no tsubasa ~ Asas das Almas Divinas): Acompanhada de Sonne, Akiyami levanta-a para o alto e absorve toda a energia positiva e luminosa possível para si, energia essa que são almas não-pecadoras e bondosas projetadas em forma de “Magoi”, pequenas borboletas reluzentes de energia acolhedora, que são consumidas por Aki, deixando-a mais potente e vigorosa, como estivesse sendo restaurada. Além de revigorada, Aki adquire um grande par de asas de luz através dos “Magoi”, asas essas que são radiantes e lustrosas, que impõem grande intimidação à quem as vê de tão brilhantes e divinas. Com as mesmas, Aki rasga os céus como um raio de tão rápidas que são, sem mencionar que elas também possibilitam a própria portadora de batalhar pelos ares. Há quem diga que Akiyami se assemelha com alguma espécie de Deusa quando invoca tais asas.



Mostrar Spoiler:
𝕊𝕡𝕒𝕣𝕜𝕤 𝕠𝕗 𝕊𝕥𝕖𝕒𝕝𝕚𝕟𝕘 𝕃𝕚𝕘𝕙𝕥 𝕋𝕖𝕒𝕣𝕤
𝓢𝓹𝓪𝓻𝓴𝓼 𝓸𝒇 𝓢𝓽𝒆𝓪𝓵𝓲𝓷𝓰 ℒ𝓲𝓰𝓱𝓽 𝓣𝒆𝓪𝓻𝓼 (ライト涙を盗むのスパークス – Raito Namida o Nusumu no Supākusu ~ Faíscas das Lágrimas de Luz Profanas): O trunfo. Acompanhada de Sonne, Akiyami levanta-a e aponta-a para o céu, logo dando o seu grito de guerra: “Sparks of Stealing Light Tears!” Após o grito, Aki leva a espada ao chão, como se estivesse cortando algo por cima e, do céu se projeta um gigante feixe de luz maciço, que cai sob a área representada em volta, destruindo tudo ao seu redor, desmoronando até resistentes estruturas devido às grandes ondas de energia emitidas neste ataque. Porém, tudo tem limitações e contras: Apesar de poderoso, este ataque não tem muita precisão, graças à destruição de larga escala e, para conjugar o tal, é exigida uma grande quantidade de magia e energia, então, quando usado, Aki necessita logo ficar em repouso por pelo menos 24 horas para recuperar a magia gasta.





DEFESAS MAGICAS:

Escreveu
𝓣revas:


Mostrar Spoiler:
𝔹𝕝𝕦𝕣𝕣𝕪 ℙ𝕖𝕥𝕒𝕝𝕤
ℬ𝓵𝓾𝓻𝓻𝔂 𝓟𝒆𝓽𝓪𝓵𝓼 (ぼやけ花びら – Boyake hanabira ~ Pétalas Borradas): Akiyami estica um dos seus braços para a frente e então cita “Blurry Petals!”, que posteriormente será invocado um belo escudo de trevas com formato de flor de árvore de sakura, protegendo-a de ataques vindos da frente.



Escreveu
ℒuz:


Mostrar Spoiler:
𝔼𝕝𝕖𝕞𝕖𝕟𝕥𝕒𝕝 𝔹𝕒𝕣𝕣𝕚𝕖𝕣
𝓔𝓵𝒆𝓶𝒆𝓷𝓽𝓪𝓵 ℬ𝓪𝓻𝓻𝓲𝒆𝓻 (エレメンタルバリア– Erementarubaria ~ Barreira Elemental): Akiyami conjuga uma cúpula de luz em volta de si, capaz de protegê-la de ataques de fogo, terra, trevas, ar e gelo, todavia, não a protege de ataques de som. Ela pode usar essa defesa para proteger qualquer ser e, a esfera pode assumir vários tamanhos, dependendo de quem ou quantos indivíduos está a proteger.





OST DA PERSONAGEM:






QUAL SERIA O PAPEL DELA NO MEIO DA TURMA:

𝓒alma e desconfiada. Ela seria aquela que mantém uma certa distância dos outros e que fica um pouco mais no seu canto do que farreando com os ‘colegas’. Totalmente cética das coisas e um pouco paranoica, pois acha que todos querem o seu poder, sem mencionar que ela sofre terríveis pressões por causa disso, por ter também que ‘atuar’ durante dois séculos seguidos.




CIENTE QUE SEU PERSONAGEM PODE MORRER?:

𝓔u estou, mas sinto que Yami não está… Mas como se mata o que já está morto? (TANTANTAM…). Zoas, ela tá vivona, e pretende continuar assim. Porém, se decidir por acaso matar ela, EU QUERO QUE SEJA UMA MORTE SUPER DRAMATICAMENTE DIVA, TÁ? Obrigada, de nada. S2 :v.



𝐸𝓈𝓅𝑒𝓇𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝓉𝑒𝓃𝒽𝒶 𝑔𝑜𝓈𝓉𝒶𝒹𝑜! 𝒫𝑜𝒹𝑒 𝒶𝓁𝓉𝑒𝓇𝒶𝓇 𝓃𝑒𝓁𝒶 𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝒶𝒸𝒽𝒶𝓇 𝓂𝑒𝓁𝒽𝑜𝓇, 𝒹𝑒𝒾𝓍𝑜-𝒶 𝑒𝓂 𝓈𝓊𝒶𝓈 𝓂𝒶̃𝑜𝓈.

~Xô-xô


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...