SKET Dance- meu vício, meu amor


Postado

SKET Dance- meu vício, meu amor

Tenho um carinho todo especial para com o Sket dance. Mais do que carinho, é devoção pura, sem exageros. Foi o primeiro shonen a me ganhar completamente, em uma época em que esse gênero não me atraía nadinha, uma época de shoujos melosos e engraçadinhos.
Li a matéria sobre ele em uma revista de animes, e não me interessei inicialmente com o plot simples e a comédia nonsense gag. Mas resolvi assistir, lá pelos meus doze anos e tcharam! estou re-assistindo pela terceira ou quarta vez em cinco anos. Por que isso?
Bem, é necessário dizer que esse anime tem uma sensibilidade única, além de uma comédia incrível. Me peguei várias vezes dando risadas soltas no meio da sala, o que é um pouco raro me acontecer só de ver alguma coisa engraçadinha na televisão, isso sem falar que, sério, é muito inspirador.
A história é simples: Bossun, um colegial que usa um chapéu estranho, se une com outros dois amigos nada comuns para formar um clube de apoio para os estudantes. É o sket-dan, uma sigla para Support, Kindness, Encouragement, Troubleshoot, adicionando o -dan para designar clubes. Também serve como um trocadilho, pois o verbo ''ajudar'' em japonês fica suketto, e o ''dance'' é a pronunciação de ''dansu'' que serve como ''nós somos''.
É um mangá criado por Shinohara Kenta, um assistente do criador de Gintama, e logo vemos as semelhanças entre os dois animes, chegando até a ter um crossover entre as duas séries.
Enfim, o que me surpreendeu na série foi a construção dos personagens, cada um com as suas esquisitices, dramas e desejos. Enfim, é bem construído mesmo, e impossível não simpatizar com pelo menos um dos personagens. O mangá também combina perfeitamente cenas de comédia com as ótimas paródias com cenas de ação e arcos dramáticos, que podem até tirar algumas lágrimas até de um coração de pedra que nem o meu.
Aos poucos a história vai evoluindo e são mostradas o passado trágico dos personagens, até chegar ao começo de um dos meus arcos favoritos, que é o do Bossun, envolvendo outro personagem da série, Tsubaki. Mas não vou dar spoiler intencionalmente, mas eu posso me animar demais e deixar escapar algumas coisas, mas eu vou tomar as precauções necessárias, hehe.
Logo no início também nos é apresentado os antagonistas do grupo, o Conselho Estudantil, que, como até o autor fala, é cheio de pessoas antipáticas, hahaha. Mas eu adoro os episódios em que eles aparecem, porque, apesar de serem a ''ordem'' da escola, no fundo também é só um bando de gente esquisita.
[img]seto.jpg[/img]
Então, o que vocês vão encontrar no Sket dance vai ser um monte de situações bizarras envolvendo gente estranha, e isso não inclui só os alunos, mas também professores e o próprio diretor da escola. Eu queria falar aqui um pouco mais sobre os personagens e minhas fujoices, mas, para não deixar isso muito comprido e chato, fica para a próxima.

Escutando: Sekai wa Okujō de Miwataseta-Sketchbook e Funny Bunny- The pillows

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...