~bolchevique

bolchevique
— may your god deny you +
Nome: ܟf̤υc̤k̤i̤n̤g ̤m̤e̤s̤s ̤s̤o̤m̤etimes || ̷p̷o̷k̷é̷m̷o̷n̷ τrainer™
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Solidao, Pernambuco, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Alexandre VanHoutte: Youth


Postado

Alexandre VanHoutte: Youth

🚫 Nome completo🚫
Alexandre VanHoutte

🚫 Apelido🚫
Alex

🚫 Idade 🚫
Dezoito

🚫 Aparência e Descrição 🚫





A pele é branca e suave, de bochechas róseas. Tem cabelos loiros cheios de pequenos cachos suaves quando mais longos, sempre arrumados num topete ou senão minimamente penteados. Seu rosto é um tanto quadrado, de bochechas e maxilar marcados, sempre de cara amarrada ou expressão neutra; a boca é de lábios rosa-chá e os olhos são azuis emoldurados por cílios pretos não muito espessos. Ele tem um e oitenta e sete, sendo muito alto; Alex é forte e musculoso.

Photoplayer: Daniel Sharman

🚫 Personalidade 🚫
Alex tem um andar firme e decidido, de imponência e arrogância. Talvez seja a sua reputação ou até mesmo suas atitudes, mas ninguém tem muita coragem para peitá-lo. Alexandre tem a paciência curta, língua afiada e voz ríspida, sem nenhum escrúpulo na hora de uma explosão quando dá vontade de dar um murro na parede ou em alguma face. Fala sempre tudo o que quer, na hora, sem tempo para engolir um ofensa ou morder a língua; não tem medo de falar a verdade ou de ser sincero, até porque abomina uma mentira ou um ato desonesto. Alex é muito cínico, ele gosta de ironizar os outros e de soltar comentários sarcásticos quando percebe que não existe a plena necessidade de berrar, ou seja, quando está num dia bom. Apesar de ser grosso e irritado, ele não se intromete em outros assuntos por pura curiosidade sobre uma fofoca ou coisa assim, sendo muito na dele. Só mete seu nariz em eventuais vezes nas quais vê algo que não gosta acontecendo, como um ato injusto ou uma briga desleal, mas não sempre, a frequência é "quase nunca".
Ele é muito organizado, não gosta de ver nada fora do lugar onde deixou; suas roupas são sempre bem passadas, os sapatos limpos e os cabelos também. Às vezes, Alex se pega ajeitando golas alheias ou arrumando cabelos mal divididos; fica muito bravo quando vê alguém todo perdido em sua bagunça, e é nessas horas que seu TOC grita.
Não é conformado com a vida e sempre questiona uma ordem. Suas opiniões não podem ser mudadas com facilidade, pois ele as defende com convicção e odeia que tentem convencê-lo do contrário; pode ser cabeça-dura na maioria das vezes e muito teimoso, sendo o verdadeiro "dono da razão".
Seu masoquismo é voltado para interesses amorosos, parece gostar de penar por um amor que nunca vai conseguir, mas é só porque gosta do difícil. Não é frio ou tem um coração que é um bloco de gelo, ele pode até ter um cacto ao invés de um coração, mas ainda tem sentimentos. Aos amigos e também aos que gosta, Alex é o melhor companheiro que alguém poderia ter. Nunca trairia a confiança de ninguém, e pode apostar que nunca deixaria nada vir importunar sua vida ou tirar sarro da sua cara, afinal, só ele pode tirar sarro da sua cara.

🚫 História 🚫
Nasceu na Bélgica, na cidade de Lovaina. Cresceu lá até seus dezesseis anos de idade com mais dois irmãos, Julian e Marc, os gêmeos que eram três anos mais novos. Moravam num bairro nada muito atraente até seu pai arranjar um emprego decente numa revista científica como editor-chefe e sua mãe se formar em psiquiatria. Antes disso, viviam normalmente como crianças normais, a diferença era que causavam terror no bairro. Corriam de madrugada fazendo barulho, atentando os cachorros e assustando velhas, apenas porque Alexandre mandava e achava legal. Certa vez, arranjou um problema com a polícia: estava soltando bombinhas na frente de uma vizinha ranzinza, e quando ela pediu para Alexandre parar, ele lhe mostrou o dedo do meio e a velha chamou a polícia. Levou uma advertência por ter discutido com os policiais, e tudo o que ele fazia, aquela dupla de policiais advertia. Por ter um temperamento difícil, ele era um arruaceiro de primeira no bairro, causando problemas e vandalizando patrimônios, porém os policias sempre o perseguiam com frequência, contando aos pais de Alex o que ele fazia.
De saco cheio deles, quando fez dezesseis anos, juntou seus amigos e seus irmãos para jogar ovos na casa deles e pichar umas coisas, e foi aí que arrumou problemas reais. Teria de prestar serviço comunitário pelo vandalismo, e assim o fez, mas pela metade até seus pais resolverem mandar os gêmeos para um reformatório numa cidade chamada Treacherny por estarem em problemas muito maiores do que vandalismo: drogas. Alex foi junto, deixando as coisas para trás na Bélgica e indo embora. Seu espírito de trombadinha aquietou-se para não ir ao reformatório, acabando por estudar numa escola particular da região e extravasando a raiva em aulas de jiu-jítsu.

🚫 Manias 🚫
Organização;
Dar um soco em qualquer coisa quando fica nervoso, por exemplo, na mesa.
Assobiar.

🚫 Medos 🚫
Baratas, é um medo irracional;
Escadas em espiral;
Panela de pressão.

🚫 Gostos e Desgostos 🚫
Gosta de lutar e de estudar matemática, sua matéria preferida.
Gosta muito de milk-shake de chocolate e de usar óculos escuros.
Sua comida preferida é torta de limão e bolos de limão, e a bebida que mais gosta é Pepsi.
O animal preferido dele é o gato, se ele vê um gato, ele tenta se aproximar ou fazer carinho a qualquer custo.
Sua cor preferida é vermelho.

Não gosta de baratas e nem de pop.
Odeia história por ser péssimo e não gosta de filmes românticos.
Não gosta de chá e nem de cachorros.
Odeia amarelo e roxo.

🚫 Algo a mais 🚫
Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...