~bolchevique

bolchevique
— may your god deny you +
Nome: ܟf̤υc̤k̤i̤n̤g ̤m̤e̤s̤s ̤s̤o̤m̤etimes || ̷p̷o̷k̷é̷m̷o̷n̷ τrainer™
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Solidao, Pernambuco, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

All Stories Are True: Kyle Soren-Lawrence


Postado


#TeamCap
🌙 Dados Básicos:

Nome:
Kyle

Sobrenome:
Soren-Lawrence

Apelido:
Não possui um

Idade:
Quinze

Sexo:
Masculino

Sexualidade:
Bissexual

Data de nascimento:
17/03/2001

Signo:
Peixes

Personalidade:
Kyle possui características únicas em todo seu ser. Seu andar é de um jeito delicado, de passos leves e ombros relaxados; muitos pensam que Kyle é homossexual, o que ele não é, por mais que imite os do tipo: "ain mona, pare vooc", ele não é desse jeito, mesmo que seja delicado. Ele é inteiro tranquilo, de sorriso calmo, que não mete o pé na canela de quem o toca – é claramente contra a violência. Kyle é um garoto extremamente simpático e cheio de carisma. Ele é o tipo que se dá bem com todos por causa de sua natureza calma e por ser muito amigável, sempre com seu sorriso que atrai muitas pessoas para perto dele. Seu papo é agradável, e sempre está disposto a falar sobre tudo, ouvindo e falando na medida perfeita – com a terrível mania de interromper os outros para mudar de assunto, coisa que faz com muita frequência. O que mais gosta de fazer é ser engraçado. Suas piadas têm um fundo criativo, e tem a horrível "síndrome" de que tudo o que fala ou ouve se transformar numa piada sem-graça que ele insiste em soltar.
Apesar de sorrir, ele é muito sério, sendo muito difícil fazer com que gargalhe de uma piada. E quando gargalha, ela sai alta, como se estivesse de fato berrando. Não consegue controlar, é uma coisa que simplesmente acontece.
Quando existe alguma coisa pela qual está aguardando, ele fica extremamente ansioso, do tipo que treme e tem dor de cabeça por causa de uma coisa pequena, que nem aconteceu ainda. É coisa dele, apenas Kyle entende essa parte de si mesmo, a de não conseguir segurar os ânimos e ceder para a ansiedade. Tem uma paciência mediana, nada muito notável; Kyle é tranquilo quanto a esperar, mas também não espera para sempre.
Tende a pensar demais em si mesmo, bastante egocêntrico, e é um motivo por que se esquece com frequência de olhar para o outro em certas horas, mas é apenas para sua sobrevivência. Seu egocentrismo só não funciona quando alguém vem incomodá-lo – fora isso, ele realmente não liga para a opinião dos outros –; Kyle não hesita entrar numa boa briga caso lhe venha à mente. Não precisa pensar para xingar alguém que lhe incomode ou para alimentar uma briga, até porque sua naja interior grita nessas horas.
Kyle utiliza muito da ironia no seu dia-a-dia quando não está muito bem, ele se torna alguém muito debochado e muito irônico e cínico caso esteja realmente "de saco cheio" daquele dia ou da situação, e sem medir as consequências, Kyle irá confrontar quem for caso esteja num dia desses. Não é ousado ao extremo para confrontar superiores, mas para confrontar o que não gosta é o suficiente.
Pensa bastante no que vai fazer, fazendo o uso da razão quase sempre em suas ações futuras. É um bom planejador e consegue entender muito mais das coisas por avaliar a situação e todas as suas possíveis saídas. Por fim, Kyle é um garoto muito carinhoso e que gosta muito de um bom abraço, por mais que esconda veementemente que está perdido numa paixão que possui até mundo paralelo. Não conta de jeito nenhum seu amor – ou paixão – por alguém, mas é incapaz de fingir por muito tempo.

História:
Nasceu na cidade da Virginia de uma mãe depressiva. Por não ter conhecido o pai até sua mãe lhe contar, aos treze anos, que era filho de um deus, Kyle nunca foi um dos melhores alunos da escola. Por causa de seu TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade), nunca foi bem em nenhuma matéria, exceto em inglês e em redação, matérias nas quais tinha um desempenho estrondoso por ter um nato dom para a escrita.
Jamais teve muitas desavenças na vida a não ser o fato de ter sido expulso de três escolas por ter destruído o patrimônio. A primeira e a segunda vez foi por causa de ataques de uma mesma quimera que o persegue até hoje, e é por isso que busca segurança no Acampamento. A terceira foi por um motivo bobo e irrelevante.
Sua mãe nunca lhe deu lá muito carinho por ser clinicamente deprimida, e foi quando ela se relacionou com um homem que Kyle jamais conheceu que deu à luz ao irmãozinho de Kyle, Caine. Os dois são como se fossem realmente melhores amigos, e com a ausência da mãe, Kyle é um pai e uma mãe para o garotinho. Quando foi para o acampamento, deixou o irmão com a mãe temendo o suicídio dela, uma vez que os remédios pararam de fazer efeito e que ela "não tem nada a perder".

Aparência:







É um garoto com cerca de 1,70, do tamanho de uma garota alta. Possui porte atlético e não muito definido; sua pele é clara, mas quando toma sol, ela assume um tom puxado para o dourado. Seu rosto um tanto quadrado é cheio de cor, sempre com um sorrisinho de naja encrenqueira que nunca sai de lá, nos lábios róseos e levemente mais cheios na parte de baixo. Seus olhos são azuis com os cílios escuros e delicados, e os cabelos são loiros, quase dourados, sempre arrumados num topete ou ainda, caindo sobre sua testa.

Photoplayer:
Dean-Charles Chapman

Nacionalidade:
Americano

Grego ou romano?
Grego

🌙 Curiosidades:

Fraquezas:
Quando está sendo perseguido. Ele não sabe correr depressa e provavelmente vai ser pego.

Medos:
Escuro;
Besouros.

Habilidades:
Toca ukulele e violão;
Aptidão para escrita de contos e narrativas;
Acalmar crianças;
Exímio atirador com arco-e-flecha.

Hobbies:
Tocar violão.

Defeitos:
Ansioso;
Egocêntrico;
Tem a mania de interromper as pessoas;
Rir alto demais;
Encrenqueiro.

Qualidades:
Amigável;
Simpático;
Calmo;
Carismático;
Engraçado;
Sério;
Criativo;
Racional;
Mente aberta.

Gosta:
Gosta de dias de Sol:
De ver o céu azul;
Ouvir músicas;
Ler;
Escrever contos;
Marshmallows;
Dançar.

Não gosta:
Não é um garoto de odiar, o ódio não faz parte de seu coração, apenas se direcionando a carneiros e a garotas mimadas que deem ataque de pelanca o tempo todo. Este último é o verdadeiro objeto de desgosto de Kyle.

Comida favorita:
Marshmallow

Filmes/séries favoritos:
Filmes:
Zootopia;
Velozes e Furiosos 7;
O Albergue;
Donnie Darko;
Stalingrado.

Séries:
American Horror Story;
Nowhere Boys;
Arrow;
Gotham;
Game Of Thrones;
The Flash.

Livros favoritos:
O Menino do Pijama Listrado;
Duna;
O Gato Preto;
O Barril de Amontillado.

Poderes:
Fotocinese: Habilidade de manipular a luz solar numa bola luminosa
Perícia com o arco: Uma habilidade excepcional no manejo de um arco-e-flecha

🌙 Relacionamentos

Família não-divina:

Carmen Soren-Lawrence – mãe – viva – música – trinta e cinco anos


Carmen é uma mulher deprimida que era guitarrista – e ainda é – de uma banda de rock puxada para o punk. Por ser música, o Deus grego se aproximou dela, já que dentre as muitas coisas das quais ele detém é a música. Então, depois de se envolver com a mulher, ela deu à luz a Kyle. Ela e o filho mais velho possuem uma relação saudável de mãe e filho, mas Carmen é sempre muito distante e triste, o que deixa Kyle meio triste.

Caine Soren-Lawrence – irmão menor – vivo – estudante – oito anos



Seu irmãozinho sempre foi uma pessoa com quem compartilhou tudo, desde quando ficou de recuperação na escola até sua descoberta como semideus. Ele e Caine possuem uma relação muito boa, até porque sempre tiveram um ao outro, sendo melhores amigos desde sempre. Mesmo que Caine não seja um filho de Apolo, ele não tem qualquer tipo de inveja de Kyle.

Família divina:
Apolo, seu pai

Como se relaciona com :

Amigos:
Um piadista, que fala sobre cantoras pop e sobre qualquer coisa que for. Sempre disposto a qualquer coisa, ele irá acompanhar a pessoa sem ser um grude se possível até o fim dos tempos.

Inimigos:
Não tem tempo para essas pessoas que não gostam de alguém tão legal quanto ele mesmo, e caso alguém chegue se assanhando para seu lado, buscando uma encrenca, ele não vai hesitar em usar de toda sua grosseria reprimida, num showzinho de rispidez e patadas. Fora isso, não busca muito sarna para se coçar.

Par:
Vai ser uma pessoa que primeiramente age como o melhor amigo: um garoto companheiro, alegre e cheio de piadas. As melhores piadas serão contadas primeiro para o par, e ele vai querer ensiná-lo/a a tocar violão, irá compor músicas ou fará uma musiquinha boba e engraçada. Quando já tiverem alguma coisa, Kyle será muito carinhoso, sempre envolvendo-o/a com os braços na cintura, mas sem ser muito meloso, porém com o caráter de melhor amigo mantido, apenas com "coisas a mais"

Família:
No geral, se relaciona muito bem com sua família por não ser um encosto ou um bagunceiro de primeira. Ele ajuda em casa, respeita os familiares e até tenta deixar sua mãe mais feliz tocando ukulele para ela e escrevendo contos curtinhos e engraçados. Quer muito que um dia ela fique feliz de novo, por isso que Kyle se empenha em arranchar-lhe sorrisos.

Humanos:
São apenas pessoas, ele não os despreza por ter uma mãe e um irmão que são humanos, mas é o ditado: cada um na sua.

Outro acampamento:
Tem certo medo de lobisomens e coisas do tipo, ele tremeria se visse um vampiro perto de si ou um lobisomem, mas não um demônio. Sempre quis ver um demônio, mas fora isso, tem bastante medo dos campistas do outro acampamento.

Superiores:
Ele obedece, porém não é para achar que ele abaixa a cabeça para tudo. Gosta muito de brincar com os superiores e de contar-lhes piadas, ou seja, de ser amigo deles.

Relação com a Sophia e com a Gaby:
Com Sophia, é uma relação ótima. Eles são muito amigos e Kyle sempre compartilha suas ideias para contos com ela. Embora briguem em certos momentos, são íntimos e costumam conversar quase sempre que podem.
Gaby é uma pessoa distante de Kyle. Não sabe direito como é que ela vai agir em certos momentos por ter uma pontinha de medo da garota, mesmo que já tenha cumprimentado sua pessoa algumas vezes. Não nega para si mesmo que acha ela bem bonita, e que gostaria de falar com ela algo mais do que um simples oi.

🌙 Extras

Preferência para par:
Uma garota bem legal, bem show. Mas se quiser, pode fazer ele pegar alguém antes, aí fica a seu critério.

Bom ou mau?
Bom

Cidade que vivia:
Cidade de Virginia, Montana

Como foi parar no Acampamento?
Sua mãe sabia que seu pai havia falado alguma coisa sobre, caso ela desse à luz, deveria levá-lo até um Acampamento. Quando Kyle fez treze anos, ele simplesmente foi levado até lá pela mãe.

Algo mais?
– Kyle sempre está com seu celular nas mãos, mexendo, nunca desgruda da tela por gostar de ficar enfurnado.
– Ele é muito fã de Beyoncé, Lady Gaga, Madonna, Troye Sivan, Halsey e Lana Del Rey. Ele simplesmente ama escutar as músicas destes o dia todo, mesmo que seja completamente eclético, todos aí são seus preferidos.
– Normalmente ele se veste de maneira muito casual, mas não é difícil vê-lo com botas de salto ou calças justas, ele simplesmente adora.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...