~bolchevique

bolchevique
— may your god deny you +
Nome: ܟf̤υc̤k̤i̤n̤g ̤m̤e̤s̤s ̤s̤o̤m̤etimes || ̷p̷o̷k̷é̷m̷o̷n̷ τrainer™
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Solidao, Pernambuco, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

...::colégio interno


Postado


̶☢̶ ̶B̶e̶ ̶W̶i̶l̶d̶ ̶☢̶
̶M̶a̶n̶c̶a̶r̶i̶,̶ ̶t̶h̶e̶ ̶b̶a̶d̶ ̶b̶o̶y̶ ̶




● Nome completo:
Lorenzo Blackworth Mancari

○ Apelido:
Enzo — um encurtamento de seu nome; é um apelido pelo qual todos o chamam na escola e o chamaram pela vida toda. Claramente aceita o apelido e convive com ele muito bem.
Mancari — um apelido formal para os professores e diretores, talvez também sirva para os não tão íntimos de Lorenzo.

● Idade:
Dezessete

○ Data de nascimento:
26/07/1999

● Cidade Natal:
Aberdeen, Escócia

● Aparência:
Enzo tem a estatura normal, mas em meio aos outros garotos, pode parecer baixo, possuindo 1,68 de altura. Tem o corpo esguio, de peito e ombros magros, com as clavículas aparecendo. Tatuagens cobrem seus braços e sobem até o início dos ombros. Sua pele é empalidecida, branca demais e com aspecto doente; o rosto não tem sinais avermelhados senão na boca. Esta é num formato próximo ao de um coração, e não possui lábios muito espessos a não ser o inferior, que é notavelmente mais farto do que o superior, num rosa mais pálido.
Seu rosto tem um formato mais ovalado, o queixo é estreito e a mandíbula é levemente marcada. Não tem barba que cresce em sua face, porém possui uma tatuagem de uma cruz invertida abaixo do olho direito. Os olhos de Enzo são penetrantes, queimando com sua revolta e audácia num tom azul inclinado para o cinza, emoldurados por cílios negros e curtos, espessos. As sobrancelhas são escuras assim como seus cabelos, os quais assumem um tom preto profundo como um corvo, num corte raspado nas laterais que Enzo ajeita num topete mais bagunçado possível. Seu nariz é adorável como um botão: arredondado e suave, proporcional ao garoto e com uma argola nele, finíssima e prateada.









● Personalidade:
Lorenzo caminha a passos decididos e firmes, com a cabeça erguida e, na maioria das vezes, de mãos nos bolsos. Seu andar transmite uma arrogância própria dele, e faz com que muitas pessoas sintam receio — ou medo — de falar com ele; apesar de ser magro e relativamente baixo, sua arrogância faz com que aumente de tamanho, e sua força nos braços é muito maior do que aparenta. Enzo normalmente não carrega expressão alguma no rosto. O invólucro criado por estas características realizam perfeitamente sua função: deixar Enzo longe de gente, no geral; gente que não é sua gente, seus amigos. A bagunça lhe incomoda e lhe dá dores de cabeça, e ficar sozinho é o que mais almeja na vida. Adora ficar sozinho, e qualquer que seja a alma a perturbar seu silêncio e roubar-lhe a solidão, que seja por um ótimo motivo, porque se não for...



Irritadiço na grande maioria das vezes, fica bravo com qualquer coisa, por qualquer coisa, e não esconde; o que mais lhe tira do sério é conversa fiada. Se não o afeta, se não o beneficia, não interessa para ele; jogar conversa fora é, literalmente, jogar conversa fora quando se trata de conversar a esmo com Lorenzo. Palavras serão gastas à toa e ele distribuirá coices verbais gratuitamente, sem isenção de nada. Não tem muito a perder na hora de partir para a violência física, e quase sempre acerta um murro na parede quando está com raiva, em uma rápida e destrutiva explosão de fúria; para onde quer que vá, logo deixa sua marca, e deixa bem claro que é melhor não mexer com ele; admite que é bastante brigão, e para ele não tem muito diferença estar numa briga ou a assistindo, ambas são ótimas posições. Ácido e seco, Enzo não demonstra educação ou paciência quando se comunica com os outros — e menos ainda quando está irritado. Grosso, impaciente e mal-educado, não tem o mínimo cuidado com as palavras, e na esmagadora maioria das vezes, machuca as pessoas mais sensíveis com sua grosseria. Sempre irritado, sente que o mundo todo se une para incomodá-lo. Qualquer movimento ou ação incomoda o rapaz, e paciência para tolerar o que está a lhe encher não é o que têm aos montes. Lorenzo tem uma paciência extremamente limitada, esperar é uma tortura e qualquer tipo de enrolação da parte dos outros para realizar tarefas incomoda Enzo profundamente; quer terminar o que começa depressa, porque as coisas o chateiam rápido e o entendiam num clique.



Não é conformado com a vida e sempre questiona uma ordem. Questiona tanto que tende a desobedecer quem não enxerga como líder, e sua audácia vem quando ele junta ar para estufar o peito e confrontar a autoridade. É muito difícil, realmente, para obedecer coisas que lhe são impostas; não consegue entender o porquê que ele tem que obedecer determinado alguém se não está com vontade, as regras e normas, muitas vezes, para ele, não significam absolutamente nada. Suas opiniões não podem ser mudadas com facilidade, pois ele as defende com convicção e odeia que tentem convencê-lo do contrário; pode ser cabeça-dura na maioria das vezes e muito teimoso, sendo o verdadeiro "dono da razão".



Enzo também é muito cínico, ele gosta de ironizar os outros e de soltar comentários sarcásticos quando percebe que não existe a plena necessidade de berrar, ou seja, quando está num dia bom, quando está "calmo"; normalmente, também usa de seus comentários para atrapalhar a aula um pouco ou, ainda, para encher a paciência de almas que pega para incomodar. Não é uma pessoa de gracejos e sorrisos, Enzo é sério e não tem tempo para sorrir forçadamente em gesto de falsidade. Não procura ser falso porque não é de sua natureza; a sinceridade é uma de suas melhores qualidades — e também é o que mais expulsa gente de perto de seu ser. Se ele não gosta, logo a pessoa fica sabendo diretamente dele, e Enzo lhe dá um passaporte de graça para sumir, caso queira.
Obstinado, se coloca uma coisa na cabeça, ele não morre sem antes realizá-la. Os fins justificam seus meios, e pode fazer literalmente de tudo para conseguir o que almeja. Pessoas são degraus para ascender ao sucesso, e a manipulação é um de seus meios para conseguir o que deseja — o outro meio é a agressão. Sedutor e manipulador, a sua maior arte é, sem sombra de dúvida, seduzir para conseguir qualquer coisa que seja para satisfazer qualquer vontade besta em seu âmago. Não tem escrúpulos na hora de usar quem quer, até porque não tem nada a perder mesmo.

● História:
Enzo nasceu na Escócia, Reino Unido, filho de uma família rica de aristocratas de alto prestígio na cidade, os Mancari. Por conta disso, sempre estudou nas melhores instituições de ensino que o dinheiro podia pagar, constituindo a elite da cidade. Desde seus seis anos, estudou em um colégio de mensalidade exorbitante, e Lorenzo passou a maior parte de sua vida na mesma escola, o seu refúgio particular para fugir do caos que era sua casa e sua família; ou melhor, seu pai e sua madrasta.
Enzo nunca foi fã do próprio pai, um homem amargo e cruel, que nunca amou de verdade a esposa, e que com certeza se casou com ela por qualquer obrigação obscura, fora que ele mesmo nunca lhe deu a atenção que deveria. O pai, com toda sua amargura, tratava Enzo muito mal desde que ele se lembra, colocando-o para baixo quando podia e arrumando qualquer desculpa para bater no garoto. Apanhava desde muito cedo, e ia relativamente mal no colégio por conta das agressões; se isolava e se trancava no quarto quando o pai chegava em casa. Desenvolveu um medo irracional do pai ao longo de sua vida, e como a mãe nunca esteve presente devido a seu falecimento — ocorrido quando Enzo tinha seis anos —, era maltratado sozinho. A madrasta parecia compactuar com as agressões do pai, e jamais defendia Enzo do que ele causava. Então, foi crescendo num lar caótico e sem a menor estrutura para seu desenvolvimento mental. Aos poucos, tornou-se um jovem com problemas comportamentais visíveis conforme as brigas com seu pai se agravavam. Mais amadurecido, Enzo não tinha mais medo de retrucar e de confrontar o pai, e quase todos os dias discutiam violenta e arduamente quando se para encontravam em casa para jantar.
Certa vez, quando tinha quinze anos, cansou-se de ser tratado daquela maneira de vez, e foi muito além de retrucar. Frederich caçoava dele, e, sem pensar, Enzo acertou-lhe um murro na cara. Obviamente saiu perdendo, e apanhou tanto que as cicatrizes nas costas continuam ali. Ligou para a avó depois da surra, e foi embora de vez para a casa dela, direto para os Estados Unidos, com uma passagem que ela mesma comprou para o neto. Sua avó materna, também uma rica aristocrata, com a qual tinha mais contato, trocou-lhe de colégio por conta de sua repentina mudança para os Estados Unidos, e aos quinze anos, ingressou num colégio interno em Houston, no Texas.
Lá, criou a fama que possui até hoje; os garotos acham melhor não mexer com ele, mas "até que é legal", possuindo uma boa fama de inatingível entre algumas garotas. Enzo permaneceu no colégio até os dias atuais, sendo um veterano muito conhecido e amado/odiado.

● Família:

■Pai

○ Nome:
Frederich Mancari

○ Profissão:
Dono de uma construtora

○ Aparência:

Não é um homem muito alto, detém apenas 1,70 de altura. Sua pele é queimada de sol por passar horas caminhando em seu bairro; possui olhos escuros, um nariz adunco, queixo largo e cabelos ralos, queixo e rosto quadrados.
Photoplayer: John Wesley Shipp

○ Idade:
Quarenta e nove anos


■Mãe — madrasta

○ Nome:
Gwendolyn Stewart Mancari

○ Profissão:
Neurologista

○ Aparência:

Uma moça alta, com 1,72 de altura, um pouco mais alta do que seu atual marido. Seus olhos são castanhos assim como seus cabelos medianos, e sempre carrega uma expressa desdenhosa no rosto.
Photoplayer: Sarah Paulson

○ Idade:
Quarenta e três anos


● Opção sexual:
Heterossexual

● Par?:
Sim, pode ser

○ Se sim, descreva como ele(a) deve ser:
Uma garota que não seja tão babaca quanto ele, de caráter forte e diferente das outras, que o atraia mais pela índole do que pelo seu físico. Alguém com uma mente brilhante e/ou revolucionária, irreverente e teimosa. Tem que ser quase impossível, porque Enzo gosta do impossível e de se sentir desafiado; a meta de sua vida passará a ser conquistar a garota, e nutrirá um estranho sentimento do qual nunca provou e que recebeu apenas de sua mãe — famigerados afeto e amor.

● Alergias?
Não

● Algum(a) medo/fobia?
Tem muito medo de águas profundas;
Tem muito medo de agulhas também, apesar de possuir diversas tatuagens.

● Vestuário:

○ Roupas básicas:




○ Festas:



○ Pijama:



●Calçados:

○ Básico:



○Festas:



● Talentos:
Joga basquete muito bem.

● Qualidades:
Argumentativo;
Intenso;
Honesto;
Sincero;
Organizado;
Aventureiro.

● Defeitos:
Estressado;
Arrogante;
Irritável;
Impaciente;
Inconformado;
Violento;
Rebelde;
Clínico;
Grosso;
Manipulador;
Individualista.

● Gostos:
Gosta de jogar basquete;
Sua atividade favorita além do basquete é ouvir música, especialmente black e death metal;
Ama andar de bicicleta;
Gosta de ler;
Se interessa muito por revistas de automobilismo;
Gosta de sair de noite;
Gosta de filmes de sci-fi, do tipo Star Wars;
Sua série favorita é Doctor Who;
Ele é muito fã do The Smiths;
Tatuagens são sua paixão;
Gosta de sanduíches vegetarianos;
Suco de limão — limonada — é sua bebida favorita.

● Desgostos:
Refrigerante;
Carne, porque é vegetariano do tipo que só come peixe;
Café;
Banana;
Sair no sol;
Cheiro de queimado;
Que o empurrem;
Ser subestimado;
Detesta amarelo;
Biologia e filosofia;
Hipocrisia;
A série Gossip Girl;
Pimenta.

● Motivo por ter ido parar em uma colégio interno:
Sua personalidade difícil e constantes explosões de raiva; o estopim foi quando acertou-lhe um murro na face por conta de uma briga que tiveram, e após apanhar, Enzo foi mandado para morar com a avó, que conhecia a escola por sua excelência.

● Convivência com Margo:
Desde que a viu, achou-a uma novata perfeita para incomodar; pensa que é a típica garota mimadinha e chata, genérica, e faz de tudo para incomodá-la e irritá-la; quer ver até onde sua paciência vai. Enche sua paciência derrubando seu material durante as aulas e soltando piadinhas quando ela se pronuncia, causando risos em seus amigos, mas o bullying não passa disso. Margo, por conta disso, o odeia.

● Bom(a) aluno(a) ou péssimo(a) aluno(a)?
Péssimo. É o tipo de aluno que faz bagunça na sala, levanta o tempo inteiro, não para quieto no lugar e nem se dá a obrigação de levar caderno para a sala de vez em quando. Pede para sair o tempo todo só para passear pela escola, e por suas atitudes desrespeitosas, é expulso de sala constantemente e vai quase sempre para a diretoria. É o famoso vândalo da escola; sua mesa parece um muro, de tão detonado; desenha em carteiras e nos muros com pregos, alfinetes e coisas que encontra pelo caminho.

● Notas:

( ) 90 pra cima

( ) Na média pra cima

(this) Abaixo da média — suas notas sempre não atingem a média por muito pouco, e sempre fica de recuperação; deixa para estudar no último bimestre.

● Fã de alguém?
Do ator David Tennant

● Música que lhe descreve:
Drugs — EDEN


● Séries favoritas:
Doctor Who;
American Horror Story;
The Killing.

● Passatempo favorito:
Jogar basquete;
Por incrível que pareça, Enzo gosta muito de ler no tempo livre.

● Sabe que seu personagem está em minhas mãos agora não sabe?
Sim

● Mais alguma coisa?
Enzo fuma muito, e quase não é visto sem um cigarro na boca no intervalo;
Ele é vegetariano;
Enzo toma remédios para que consiga dormir.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...