~bolchevique

bolchevique
— may your god deny you +
Nome: ܟf̤υc̤k̤i̤n̤g ̤m̤e̤s̤s ̤s̤o̤m̤etimes || ̷p̷o̷k̷é̷m̷o̷n̷ τrainer™
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Solidao, Pernambuco, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

...:fichas obscuras da noite::...


Postado

Insanity: Ficha

Nome:
Andrew Hauser Marsh

Apelido:
Dand – ele não gosta deste apelido, e caso queira chamá-lo assim, é certo que irá se ver uma criança emburrada

Idade:
Quatorze

Sexo:
Masculino

Opção Sexual:
Heterossexual

Data de nascimento:
26/07

Signo:
Leão

Alguma doença?
Não

Personalidade:
Andrew tem um andar firme e decidido, de imponência e arrogância. Talvez seja a sua reputação ou até mesmo suas atitudes, mas ninguém tem muita coragem para peitá-lo, mesmo sendo desse tamanho mínimo. Andrew tem a paciência curta, língua afiada e voz ríspida, sem nenhum escrúpulo na hora de uma explosão quando dá vontade de dar um murro na parede ou em alguma face. Fala sempre tudo o que quer, na hora, sem tempo para engolir um ofensa ou morder a língua; não tem medo de falar a verdade ou de ser sincero, até porque abomina uma mentira ou um ato desonesto. Estressado, nervosinho, cheio de ira... Todas essas palavras o definem; ele é uma granada. Andrew é muito cínico, ele gosta de ironizar os outros e de soltar comentários sarcásticos quando percebe que não existe a plena necessidade de berrar, ou seja, quando está num dia bom. Apesar de ser grosso e irritado, ele não se intromete em outros assuntos por pura curiosidade sobre uma fofoca ou coisa assim, sendo muito na dele. Só mete seu nariz em eventuais vezes nas quais vê algo que não gosta acontecendo, como um ato injusto ou uma briga desleal, mas não sempre, a frequência é "quase nunca". Entende-se seu individualismo nessa parte. Pensa em si e somente em si na maioria das vezes; os benefícios são sempre para seu ego, porém entre amigos, é extremamente leal.
Ele é muito organizado, não gosta de ver nada fora do lugar onde deixou; suas roupas são sempre bem passadas, os sapatos limpos e os cabelos também. Às vezes, Andrew se pega ajeitando golas alheias ou arrumando cabelos mal divididos; fica muito bravo quando vê alguém todo perdido em sua bagunça.
Andrew, porém, é muito conformado com a vida e suas questões; ele é muito obediente, e talvez nunca mexa naquilo que foi pedido há uma década, até porque, para ele, ordens são ordens. Suas opiniões não podem ser mudadas com facilidade, pois ele as defende com convicção e odeia que tentem convencê-lo do contrário; pode ser cabeça-dura na maioria das vezes e muito teimoso, sendo o verdadeiro "dono da razão". Ele também é muito narcisista, gosta de se enaltecer o tempo inteiro, de se vangloriar por sua coragem, por qualquer coisa; Andrew, para ele, é seu próprio deus. Alguns não confiam nele por conta de seu egoísmo e egocentrismo, pensam que ele é desleal ou um traidor em potencial, e é realmente difícil Andrew ter alguém que confie em sua pessoa, mas ele é extremamente confiável.
Seu masoquismo, por fim, é voltado para interesses amorosos, parece gostar de penar por um amor que nunca vai conseguir, mas é só porque gosta do difícil (este lhe atrai como o açúcar atrai a formiga). Não é frio ou tem um coração que é um bloco de gelo, ele pode até ter um cacto ao invés de um coração, mas ainda tem sentimentos. Aos amigos e também aos que gosta, Andrew é o melhor companheiro que alguém poderia ter. Intenso e verdadeiro, os sentimentos parecem ser exprimidos de uma forma agressiva, como um furacão, mas são de verdade; Andrew é incapaz de mentir. Quando ama, ama intensamente, e quando odeia, ninguém o segura. Nunca trairia a confiança de ninguém, e pode apostar que nunca deixaria nada vir importunar a vida de alguém ou tirar sarro da cara de um amigo, afinal, só ele pode tirar sarro dos seus amigos.

História:
Nem ele mesmo sabe onde nasceu. Sabe e lembra de que foi adotado, antes, por deputados da região, quando tinha sete anos. Nunca foi um garoto muito bom ou muito comportado, por isso, causava tantos problemas na escola quanto causava em casa, com os filhos legítimos do casal. Era violento e agressivo, batia nas crianças e não demorou muito para ser devolvido ao orfanato. O choque começou por aí; ele tinha sido devolvido. Gostava daquela família, mas eles o devolveram.
Foi adotado pela segunda vez por um casal de aristocratas que moravam numa cidade próxima a Nightfall. Eram donos de uma casa de festas numa prestigiada fazenda, e Andrew sempre cresceu nesse meio de riqueza e tudo o que o dinheiro tem a oferecer. Estudava em uma escola para garotos afastada do centro, mas que não era muito famosa por ter bons estudantes, mas sim por ter os piores. Com dez anos, Andrew já se mostrava violento o suficiente para parecer assustador, e então seus pais adotivos o mandaram para tal escola, onde estudou até completar doze anos.
Foi expulso da escola quando entrou numa briga e saiu machucado, mas não tanto quanto o garoto em quem ele bateu, que quebrou a clavícula. A família procurou uma escola melhor para ele, porém não acharam, e hoje Andrew estuda em casa, já que ele e sua família se mudaram para muito perto de Nightfall, onde tem aulas com um tutor da cidade.

Aparência:
Andrew é um garoto não muito alto, ele até que é bem pequeno, possuindo 1,48. Normalmente, é chamado de nanico pelos outros, o que ele não gosta de jeito nenhum, chega até a ficar bravo. É magro e pesa pouco, sendo relativamente fácil de ser levantado; Adrew esconde sua magreza com casacos pesados e moletons grossos, o tipo de roupa que ele gosta de usar. Sua pele é branca, claríssima e imaculada, com pequenas pintas insignificantes pelo rosto; este tem o formato ovalado e delicado, com o maxilar largo; seus olhos são cinzentos, parecendo ter certo brilho esverdeado no fundo. Os olhos são emoldurados por cílios longos e escuros, curvos e suaves; as sobrancelhas são espessas e dão expressão ao rosto de Andrew.
O garoto ainda tem os cabelos castanhos-escuros, lisos e grandes, que são arrumados num topete ou simplesmente bagunçados.



Photoplayer: David Mazouz

Habilidades & inabilidades:
– Ele é muito bom para se esconder;
– Também é muito bom para convencer os outros.

– Não sabe correr muito depressa, ele tende a tropeçar e cair;
– Péssimo com desafios mentais;
– Não sabe lidar com quebra-cabeças.

Hobbies:
Tocar violino;
Hipismo;
Jogar tênis.

Medos & traumas:
– Medo de morcegos;
– Medo de cair de degraus/escadas.

Religião:
Ele é ateu

Q U I Z


Proteger ou ser protegido?
Ser protegido

Fiel ou infiel?
Fiel

Inteligência ou força?
Força

Calor ou frio?
Frio

Namoro ou sexo casual?
Namoro

Suicídio ou assassinato?
Assassinato

É capaz de matar alguém?
Sim

Musica tema/define do personagem?
Lion – Hollywood Undead
Feeling Good – Avicii

Responda como se fosse seu personagem:

Se tivesse que escolher entre salvar sua vida ou a de quem ama, qual salvaria?
A minha, claro

Caso tivesse uma chance de liberdade escaparia sozinho ou chamaria alguém?
Chamaria alguém, mas se eu percebesse que o tempo pra sair é limitado, iria sozinho.

Seria capaz de trair a confiança de alguém?
Não, posso não conseguir recuperá-la, e alguém confiar em mim é difícil.



Snowy Valley, Onde Há o Sobrenatural: Ficha

• Nome Completo:
Luther Walchner Wells

• Apelido:
Lu – muitas vezes chamado por este apelido, Luther até o aceita, não que goste muito dele.

• Aparência e sua descrição:
Luther tem uma altura que chega nos 1,75, possuindo um tamanho mediano; não possui também um porte físico muito forte, ele chega a ser bem magro. Sua pele é clara, mas não pálida, tendo até algumas eventuais pintas pela face e corpo. Tem o rosto com o queixo largo, não muito quadrado, com uma barba rala que cresce por ele e se alastra até Luther tirá-lo apenas por incômodo: ele gosta de usar barba. Seus olhos são verdes com cílios castanhos, leves. Luther possui cabelos castanhos lisos, não muito compridos, com certo brilho avermelhado.





• Personalidade:
Luther parece ter um andar despreocupado e confiante, com a cabeça erguida, tirando tempo para olhar o ambiente e prestar atenção em conversas alheias; pelo contrário disso, é um rapaz preocupado e com uma desconfiança acentuada. É bem reservado, fala pouco e é encontrado sempre no canto, na dele, mas não é tímido. Luther não vê problema em se expressar, e até o faz com maestria: fala com desenvoltura e muito, muito mesmo. Seu jeito falastrão faz com que ele fale coisas desnecessárias ou que são – e deixaram de ser – um segredo; ele simplesmente vai falando o que perguntam, porém não é sua culpa, quando aperta o botão de falar, ele nunca mais fala.
E é por isso que é tão desconfiado. Aprendeu a desconfiar dos outros e analisar melhor as pessoas e suas ações para não acabar falando com qualquer um que pareça ser mau ou ter intenções más. Luther observa muito, checa muito antes de se aproximar de alguém efetivamente. Sua seriedade não atrai muitas pessoas para cima dele, o que o rapaz acha bom, até porque gosta de não ser o centro das atenções. De fato ele é muito sério; carrega uma expressão pensativa cheia de seriedade, e não é muito fácil fazê-lo esboçar sorrisos, ele também não se esforça. Não se esforça para ser simpático e nem mesmo para parecer gentil; sinceridade e acidez na voz são características naturais, nada que ele faça por mal. Ser ácido e falar muito contribui para que as pessoas achem que ele sempre está bravo com o que está explicando ou comentando, porém é apenas coisa dele.
Por mais que seja desconfiado e demore a confiar nos outros, quando confia, é alguém leal e fiel, que em circunstância nenhuma deixará seu amigo de lado.

• Idade:
Dezoito

• História:
Nasceu numa cidade pequena, quase sem importância cuja atividade principal era a agricultura de subsistência. A pequena vila não tinha sequer uma escola para as crianças, então o que restava era Luther ajudar seus pais na lavoura até que abrissem uma escola por lá, pequena, mas que serviu. Ele foi o único filho, depois de sua mãe ter perdido a maioria por abortos naturais ou doenças que matavam as crianças muito cedo; Luther foi o único que sobreviveu, juntamente de sua irmã menor, que hoje possui sete anos, Lory.
Quando completou dez anos, estava indo buscar lenha no fim da tarde quando foi atacado por um grande animal, que o deixou com nada além de uma mordida na perna. Logo a marca sumiu, mas com quinze anos, revelou ser um monstro que todos chamavam de lobisomem. Ninguém o ajudou com sua primeira transformação, muito pelo contrário: o perseguiram, e, com medo, Luther fugiu pela floresta, acordando nu deitado na rua de uma cidade cheia de neve. Ouviu o nome correndo, Snowy Valley, e escolheu se instalar por ali, trabalhando para um albergue até seus dias atuais. Estranharam um pouco o fato de Luther ter chegado nu, mas lhe deram um espaço contanto que trabalhasse, e ele assim o fez e faz até os dias atuais.

• Opção sexual:
Heterossexual

• Par:
( ) Não quero
( ) Vou combinar com alguma outra ficha
( ) Ainda vou escolher
(x) Pode escolher

* Em um parceiro romântico, o que atrairia o seu personagem?
Além da beleza, Luther é atraído pela irreverência e pela astúcia.

• Gostos:
Música;
Insetos;
Ficar em volta de uma fogueira ou lareira;
O céu azul;
Ler;
Dormir.

• Desgostos:
Não gosta de barulho alto;
Muito menos de crianças;
Não gosta de multidões;
Não gosta de ser acusado sem motivo;
Não gosta de comidas muito frias;
Ser o centro das atenções;
Fica desconfortável com nevascas e tempestades.

* Hobbies:
Escrever como foi cada uma de suas luas cheias.

* Talentos:
Tem talento para consertar coisas.

* Passatempos:
Ler.

• Habilidades físicas/psíquicas/verbais:
– Correr, Luther corre com rapidez;
– Reflexos rápidos;
– Alta capacidade auditiva por ser um lobisomem.

– Sabe consertar as coisas com facilidade;
– Bom estrategista.

– Se expressa com desenvoltura.

• Medos:
– Ele é claustrofóbico;
– Tem medo de tempestades, sejam de neve ou tempestades normais.

• Desejos:
Um dia, quer parar de ser perseguido.

• Pontos fortes:
Luther sabe se defender sendo rápido e estratégico;
Tem quase controle total quando transformado.

• Pontos fracos:
Sua tagarelice, pode falar algo para alguém caso descuide e não avalie-o direito;
É intolerante a prata.
É péssimo em decidir matar humanos ou não, na maioria das vezes, não consegue.

* Uma arma ou par de armas:
Não tem armas

* Algo mais:
Não

• Aparência transformada tanto em meio lobo quanto em lobo:
Em meio lobo, seus dedos das mãos ficam mais longos, com garras compridas e negras, quase curvas; os pelos cinzentos tomam conta parcialmente de seu corpo, e seus olhos se tornam amarelos cintilantes. Os dentes crescem até virarem presas longas e curvas, e sua face se retorce, ganhando um ar animalesco, mas muito parecido com um lobo do que com um monstro.



Em lobo, Luther é um ser maciçamente musculoso e grande; os ombros são altos, as patas compridas e largas, com garras curvas e completamente pretas. Sua face é muito semelhante à de um lobo, mas com o focinho mais largo e longo, de nariz também preto e brilhante; em volta do pescoço, os pelos são mais espessos e escuros.

• Cor:
Cinza-fumo

• Controle enquanto na transformação:
Luther não tem muito controle ainda, por mais que tente não perdê-lo, às vezes é inevitável.

• Controle sobre a transformação:
Doma-se bem melhor nesta fase, e diz que seu controle é quase aceitável.

• Elemento:
( ) Terra
( ) Água
(x) Ar

• Tipo
( ) Alfa
(x) Beta


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...