~badtrip

badtrip
E.T
Nome: ❌Jack
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Aniversário: 10 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Um desabafo acompanhado de um abraço


Postado

Não, não é drama


4... 5... 6...

Que horas são afinal?

Não importa, nunca importou. Não faz diferença se é de tarde, de noite ou de manhã, independente do horário eu sei que vou estar aqui, deitada na cama olhando para o teto, dormindo e acordando, não fazendo absolutamente nada.

Não é porque eu quero não e se você pensa assim acho melhor procurar mudar sua cabeça. Sabe aqueles alunos que faltam bastante? Ou aqueles que quase não falam? E quem sabe até aqueles que anda sempre alegre demais? Pois é, você nunca imaginaria, mas eles podem estar passando por uma floresta densa e escura nesse momento. Essa floresta se chama depressão.

"Frescura" "Falta de rola" "Vai lavar uma louça" "Procura trabalhar" "Drama" "Você tá assim porque quer" "Quer atenção".

Você faz ideia do tanto que essas frases machucam mesmo elas sendo a maior burrice que um depressivo tem que aturar? Depressão é uma doença, não é drama, não é frescura, não é pra chamar atenção, não é pra nada disso. A depressão não tem um dever, ela só chega e deixa uma mancha escura e sombria nos seus pensamentos, ela é parecida com uma febre, uma gripe ou uma pneumonia, a diferença é que ela se instala ali no canto e deixa uma marca para sempre.

É como uma profunda e crítica ferida, fica ali ardendo, doendo, sangrando e só melhorará se você tratar, se deixar a ferida aberta virá mais dor, mais vermelhidão e quem sabe até uma infecção, caso trate, ainda ficará uma cicatriz ali que nunca irá sair.

Eu falo por experiência própria, doi, é sofredor, é horrível, você sabe o que é mais horrível? É não terem consciência disso. Nós, depressivos, passamos por uma luta vinte e quatro horas por dia e temos que aturar comentários horríveis banalizando todo aquele aperto e angústia que sentimos no peito.

"Ah, mas é psicológico, é só lutar" você tem ideia do qual horrivel é ter si próprio como adversário? Você tem ideia do quanto é difícil lutar com uma ideia falsa, ruim e sombria impregnada nos seus pensamentos? E não, não é só psicológico, qualquer transtorno psicológico prejudica o físico, no caso da depressão, as horas ou talvez dias que passamos na cama vai nos adoecendo psicologicamente e fisicamente, não temos mais fome, ou até temos e só não comemos, não temos a motivação para levantar da cama e fazer tarefas básicas que pessoas com o psicólogo estável fazem, desde escovar os dentes até simplesmente andar pela casa.

E mesmo que nos levantemos, vamos ficar o resto do dia sentados ou deitados em algum lugar se perguntando "Qual é a graça disso tudo aqui?". É horrível isso, horrível e vocês, que banalizam essa dor, não faz ideia do quanto é sério. Não tem nada de lindo, não tem nada de legal, só tem dor, sangue, guerra e luta.

Imagina você acordando, olhando para o teto e suspirando "mais um suicídio", porque todo dia parece uma morte, tendo que se forçar a levantar, comer, escovar os dentes, arrumar a cama, enfim viver, porque muitos de nós temos medo ou talvez vergonha de descobrirem todas essas nossas fraquezas, toda essa dor e não queremos incomodar ninguém com tudo isso que sentimos, por isso é tão difícil ir à um psicólogo. E então você vai sendo obrigado a ter que levantar e viver mais um dia como qualquer outro como se fosse apenas carne e osso, sem aquela aura, sem sentir prazer pelas coisas e só enxergar a mais escura e densa treva, ver seus amigos sorrindo e você ter que falsificar um sorriso para fingir que está tudo bem, agora junte todos esses sentimentos horríveis e coloque dentro de você à partir do momento que você acorda, se for além pode acabar até sonhando com o fim do mundo.

Quando nada tiver mais graça, quando o que você gostava de fazer não tiver mais aquela emoção de antes, quando você não ver motivo para viver a ponto de não querer nem levantar da cama, é ai que você vai estar passando pelo que todos nós, depressivos, normalmente passamos.


Minha experiência na floresta negra


Vou contar um pouco da minha experiência própria, 2015 foi um ano horrível para mim, só dor, sofrimento e lágrimas, eu achava que seria o pior ano da minha vida até o meio de 2016. Pelos meses de Abril e Maio eu passei praticamente todos os dois meses sem ir para escola porque eu não conseguia levantar da cama. Antes disso eu já havia passado mal milhares de vezes na escola e tendo que acabar por sair na segunda ou até primeira aula. Suava frio, ficava fraca, enjoada e com uma extrema sonolência, tudo isso porque nem comer eu estava conseguindo mais.

Quando comecei o tratamento com os remédios que passei praticamente o resto dos meus dias na cama. E não foi só antidepressivos, eu tive que passar a tomar Vitamina D em pílula porque eu não saia de casa, tomar mais um remédio para conseguir dormir e havia outro caso eu passasse por estresse ou angústia. Hoje eu só tomo o antidepressivo e um novo pela manhã para eu conseguir levantar da cama. Se você chegou até aqui deve ter percebido que tomar remédio para levantar da cama é porque o caso é sério sim, portanto, não banalize.

Nesses meses que faltei, Abril e Maio, eu quase cogitava a ideia de um suicídio, pensar que acha que não tem mais jeito, que não tem esperança, que se matando iria por um fim em absolutamente tudo, mas eu não cheguei nem a tentar. Porque assim que fechei a porta do meu quarto e abri o armário para escrever uma carta de suicídio eu já estava no chão chorando, foi ali que percebi que o suicídio vai acabar não só com a minha vida, mas também com a da minha família, meus amigos e todo aquele pouco que eu já havia conquistado quando estava bem.


Como enxergar um feixe de luz


Pesso para que você que passa pela mesma coisa leia esta parte com atenção.

Eu já estou me recuperando aos poucos, tenho poucos sintomas ainda e uns novos que apareceram, como sair e achar que vai morrer ou que algo muito ruim vai acontecer qualquer momento. Quando você achar que absolutamente TUDO está acabado, que não há saída e o fim de toda sua vida será com uma corda em volta do pescoço e uma cadeira jogada no chão, você pode não enxergar nem acreditar, mas sim uma saída, ainda há esperança.

Eu to escrevo isso porque sei que se você passa por isso está precisando ler e entender uma coisa muito importante que com tudo o que passei acabei aprendendo. A depressão nos cega, ela é como um encosto que cobre o seus olhos e te faz enxergar apenas escuridão sendo que atrás dela há luz, toda essa coisa ruim que você pensa de repente, que você sente, que não te deixa levantar da cama é ela querendo te deixar para baixo. Não pense "que horrível minha própria mente estar se revoltando contra mim" não é isso, apenas acontece, é uma doença, seu subconsciente não está se revoltando contra você, ele apenas está fazendo o que dá para fazer.

A depressão é um desequilíbrio hormonal, é como nosso corpo precisar de açúcar para ter energia, na depressão é como se seu cérebro não conseguisse encontrar essa glicose. Assim ele vai achando que não precisa mais desse açúcar e todos aqueles hormônios vão se perdendo pelo caminho porque não tem mais a o que oferecer. Isso tudo que você passa não existia e chegará a passar, mas claro que não sozinha.

Ela precisa ser tratada, eu sei que é difícil demais levantar para praticamente tudo, piorou para contar tudo o que sente para uma pessoa que você nem conhece. Mas é possível que isso tudo não passe assim com um "tratamento pessoal", boa alimentação e meditação ajuda bastante, mas um tratamento com um especialista ajuda bem mais.

Escrevo isso para tentar convencer que você consiga ir à um psicólogo ou que pelo menos tente se convencer de que toda essa depressão não passa de uma grande inimiga parede que te impede de ver além, mas escalando você consegue ver além do muro mesmo achando que do outro lado não tenha nada.

Passei por muitas outras coisas, mas não quero alongar tanto isso, então gostaria de dizer que se você é uma das pessoas que achava tudo frescurinha e drama espero ter mudado teu pensamento e se você for uma dessas pessoas que tem que todo dia passar por essa luta e esse sofrimento, eu sinto muito por ter que passar por tudo isso e, felizmente, tem solução.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...