A Seleção (Ficha)


Postado

A Seleção (Ficha)



Não tenho consigo pensar numa música


Nome completo
Olivia Mortimer

Olivia: Significa azeitona, o nome tem como fundamento seus olhos verdes como oliva.

Apelido: Ela gosta que a chamem por "Via".

Data de nascimento: 16 anos, 20/11, escorpiana.

Aparência: Via possui os cabelos castanho-avermelhados, eles descem em suntuosas ondas até a metade das suas costas. A pele pálida e rosto angulado. Tem um sorriso encantador, assim por dizer. Os olhos, verdes, apresentam alguns pontos cobre, transparecendo uma beleza inegável. Seus contrastes podem ser considerados infantis se comparados à outras garotas da mesma idade. Bochechas rosadas, nariz afilado e lábios avermelhados. É, porém, miúda (1,55) e magra, possuindo um corpo sem muitos atrativos. A garota é um encanto, a aparência graciosa e o corpo minúsculo lhe transmitem uma postura nobre e uma beleza invulgar.





Personalidade:

Uma garota aparentemente calma, que sempre tem um sorriso tenro esboçado em seu rosto. Olivia não é de formalidades, demonstrado para todos o "eu" mais simples que pode ser. Dona de um comportamento "hiperativo", é bastante inquieta e distraída, constantemente afogando-se nos seus próprios pensamentos. Curiosa, ela está sempre em busca do "por que" das coisas. Olivia tem um encanto quase invulgar, com a sua maneira descontraída de lidar com as coisas, é muito fácil se deixar cativar pela garota. Para ela, a vida é como uma poesia, algo como "Os Lusíadas", de uma forma colorida e intrigante. Dona de uma imaginação fértil com um ar de "loucura" e uma mania um tanto "estranha" de transformar tudo em arte. É do gênero que ri por coisas tolas e fica feliz com coisas simples, ela é um livro fácil, porém, imprevisível.

Sentimentalista, irrita-se e magoa-se com facilidade. Não se deixa levar facilmente por ofensas ou provocações, apesar de demonstrar estar chateada. Via irradia energia e graciosidade, com um 'quê' de mistério. Um senso de humor tão inofensivo quanto irônico, não é do gênero de contar piadas. No quesito paciência, é uma de suas maiores virtudes. Olivia é extremamente tolerante e compreensiva, demonstrando ser uma pessoa "calma" mediante situações diversas. A sinceridade, é tanto uma qualidade quanto um defeito. Não mede suas palavras e acaba falando o que pensa, sendo estas elogios ou críticas, existem situações que a sinceridade exacerbada acaba parecendo grosseria aos ouvidos alheios. Olivia tem um jeito "passional" de lidar com críticas ou ofensas, que é simplesmente "não se importando", ou até mesmo achando graça da seriedade do mundo político. Observadora, atenta aos mínimos detalhes, ela gosta de desvendar as pessoas com o olhar. Olivia tem sempre um tom risonho com uma sombra de mistério, como se estivesse eternamente rindo de uma piada que só ela conhece. Criativa e altamente imaginativa, ela cria histórias e teorias com situações do cotidiano, e gosta visivelmente de usá-las como "metáforas".

Transborda um sentimento de confusão, e é indecisa quando se trata de "escolhas". Decisões importantes demoram dias pra sair de sua cabeça e tomar algum rumo. No entanto, Via não tem medo de errar. Tem uma leveza de lidar com seus erros que admira à muitos. Erros remetem à aprendizagem, o que remete que ela é boa nisso. Muito boa. A boa memória aliada à facilidade para assimilar "conteúdos" tornam Olivia uma boa aluna. Uma excelente conselheira, também. Quando está realmente irritada, costuma ter um humor ácido e ser extremamente irônica, ou sarcástica. Metáforas e ironia, suas principais formas de atacar uma pessoa. Ela é ótima em ser irritante e arrogante, quando quer.

Via, aos 8 anos, criou uma política de fazer algo diferente à cada dia. Andar de costas no caminho de casa, roupas incomuns e outras peripécias, cada dia há uma novidade. Olivia, é bastante altruísta, tão como um senso de moral e ética apurados. A espontaneidade e a "necessidade" de ajudar à todos de uma maneira não fútil, transparecem a maturidade da jovem.

Corajosa, persistente. Ela não tem medo de ser diferente ou de tentar coisas novas, ela não se importa com o que os outros vão dizer, se ela quer fazer algo, ela simplesmente vai lá e faz, sem pensar duas vezes. Desistir não está na sua lista de "coisas à fazer". Ela não desiste, e é bastante competitiva, por assim dizer. Moderadamente ambiciosa, ela corre atrás de seus desejos e vontades, sempre empenhando-se para alcançar seus objetivos, Via é uma garota esforçada e insistente. Tem um estilo totalmente liberal, sendo mediadora das próprias ações, Via não gosta de seguir ordens ou horários, e não faz nada que não queira, essa é a sua maneira de viver.

Educada e de boas maneiras, é um pouco (lê-se muito) desastrada, porém, a sua "fala mansa" e graciosidade transmitem uma fineza inegável. O vocabulário amplo, ela tem uma seleção de palavras peculiares, para não dizer estranha. As coisas não são legais, elas são "supimpa!", não existe "eu acho que não", para Via, "Creio bem que não", é o correto a se dizer. Talvez seja um reflexo aos romances de época que costuma ler, mas a maneira despreocupada e incomum de falar também fazem parte de sua personalidade. Leitora assídua, os romances e fantasia são os seus preferidos.
Sinestesia: relação que se verifica espontaneamente (e que varia de acordo com os indivíduos) entre sensações de caráter diverso mas intimamente ligadas na aparência (p.ex., determinado ruído ou som pode evocar uma imagem particular, um cheiro pode evocar uma certa cor etc.). Via é portadora dessa condição neurológica, para ela, os dias da semana tem cores, como as segundas-feiras são cinza grafite e as quartas vermelho carmim. Ou até mesmo os nomes com suas personalidade. Como ela insiste em dizer que "Helena" parece ser calmo e frio, ou "Isabella" parece ser um nome muito sentimental. Bolo tem cheiro de amarelo, pizza, de verde. É algo tão estranho quanto belo de se explicar.







Família:


Catherine, mãe, 38 anos. Bibliotecária.

Ela é do gênero liberal, e apesar de ser amável, não é muito presente. Não demonstra iniciativa maternal, mas é vista como melhor amiga pelos seus filhos. Catherine é uma mulher animada e inteligente, que nutre uma certa paixão por livros e pela sua família. Com Olivia não é diferente, ela sempre a apóia em suas decisões e faz o possível para vê-la feliz. É uma ótima mãe para a garota.


August,pai, 38 anos (quando faleceu-3 anos atrás). Inventor.

O digníssimo Sr.August, vulgo, Auggie, era um brilhante inventor e pintor. Os respingos de tinta acrílica pela casa são marcadores de sua presença. Era um homem bom. Trabalhava em casa, no porão, mas sempre arrumava tempo extra para as crianças. Ensinou de muitas coisas à Via e Jean, com quem passava a maior parte do tempo. Sua morte causou um desconcerto emocional em toda família.





Jean Mortimer, irmão, 15 anos.
Brigam como cão e gato, mas não vivem sem um ao outro. Jean é um rapaz extremamente inteligente e moderado, o melhor amigo de Via, confidente, também. Ele se parece com a mãe em muitos aspectos, tanto físicos como psicológicos. Sagaz e educado, Jean faz o papel de "responsável" da família.



Bruno, irmão, 6 anos.
É um garoto imensamente agitado. Via e Bruno se dão essencialmente bem, uma vez que ela tem que cuidar dele. Ele sempre pede que ela brinque com ele e lhe conte histórias, diz que é muito boa nisso. Mas, também é bastante bagunceiro e teimoso, o que causa alguns atritos.



História:
Olivia nasceu em uma pequena casa na zona rural às 8:34 da manhã, segundo o relógio certeiro da cozinha. A primeira filha de Cath e Auggie, ainda jovens sonhadores que apesar da pouca condição financeira, tinham muito mais que amor para dar. Uma casa tão simples quanto bonita, com cheiro de insenso e vasos de ervas desconhecidas para uma criança. Também havia a pequena horta no quintal e Louis, o cachorro. Esse foi o cenário da infância de Via. De manhã, ia para a escola, à tarde, se aventurava pelas árvores do pequeno sítio com um bom livro. Seu irmão, Jean, que nasceu pouco tempo depois, se tornou seu melhor amigo junto com Louis, e juntos eles conseguiam pôr o terror na casa e no velho Sr.Johnson, o vizinho. Uma família perfeita e excêntrica, uma casa aconchegante. Uma vida tanto humilde quanto digna, apesar de monótona. As alterações eram poucas, geralmente quando sua mãe lhe convidava para ir à biblioteca da cidade, onde trabalhava. Esses eram dias bons. Os dias de aperto apenas chegavam próximos ao fim do mês, quando o salário dos Mortimer já tinha se esvaído por completo. Aos 10 anos, Olivia ganhou Bruno, seu irmão mais novo. Junto com Jean, tinha a missão de arrumar a casa e cuidar do caçula enquanto a mãe estava no trabalho e o pai de cama. Sim, Auggie cedera a uma doença dos pulmões, e, sem condições para pagar uma hospitalização condicente ao problema, tiveram de trata-lo em casa. O resultado foi desastroso e, desesperador. 3 anos após adoecer, Auggie morreu. E o mundo de Olivia desabou. Quando se perde um parente, a dor é muita, mas, quando se perde junto um melhor amigo, é incomparável. Já com 16 anos, acostumada à falta do pai, Olivia toma a decisão de inscrever-se no "teatro" do Rei. Junto com outras 34 garotas. A história daí pra frente, é desconhecida por mim.



Gostos:

Dias chuvosos: ela tem uma mania "suja" de se aventurar mas poças de lama debaixo da chuva. É um costume de infância, tanto como uma maneira de se garantir "livre".
Jogos de tabuleiro: clássicos como damas e xadrez, é extremamente habilidosa em ambos.

Mecânica: Como dizer do seu fascínio por inventos e ferragens? Via é uma construtora e mecânica ávida. É capaz de criar "brinquedos de corda" como pássaros ou cães. Consegue consertar qualquer material eletrônico ou que funcione à base de engrenagens.
Flores e ervas: Seu conhecimento herbalístico é inegável. Ela conhece o nome de todas as flores possíveis e inimagináveis.
Escrever poemas: Geralmente tem um caderno em mãos para isso. Não gosta de admitir que escreva poemas, por achar que é muito sugestivo e infantil.
Comidas doces/apimentadas: o bom chocolate ou balas de caramelo, ou comidas picantes, do estilo mexicano, são suas favoritas.
Andar descalça: ela nutre repulsa por sapatos. Agonia, incomodo. E não hesita em tirá-los na primeira oportunidade.
Conversar: Não é novidade que Olivia é uma pessoa falante, mas, ressaltando: ela ama conversar. Com tudo e todos.
Livros: É uma leitora assídua e apaixonada por romances e fantasias, no entanto, lê qualquer coisa. Se o livro for bom, não importa.
Artes: Ela não é boa em artes. Longe disso. Mas gosta de admirar.
Música: Via sabe tocar violino, saxofone, piano, xilofone, clarinete e acordeon. Seus dotes musicais são inegáveis. Ela realmente ama música, principalmente as instrumentais.
Poemas: Quem não aprecia um bom soneto?! É uma de suas maiores paixões. Poetisa de mãos cheias.
Contos e fábulas: Ela também tem um apego por contos infantis. Principalmente as fábulas.
Animais: Olivia é ovolactovegetariana, só consome produtos derivados do leite e ovos, mas nenhuma carne. Ela tem uma paixão por animais, então, não ouse questioná-la sobre a decisão.


Desgostos
Calor, pessoas muito controladas, arrogantes, não ser levada à serio, usar calçados, ficar parada num só lugar, receber ordens, frutos do mar, ser chamada de baixinha, falar em público, não ser capaz de ajudar (sentir-se inútil), tem medo do escuro. Odeia que a subestimem, já que ela também tem orgulho próprio. Repudia lugares muito cheios, preferindo silêncio, e ser incompreendida pela "pouca idade" também é comum. Não gosta de matérias humanas, como história, geografia, preferindo sempre as exatas. Não gosta de usar roupas desconfortáveis, nem mesmo suporta ver alguém tratar mal ninguém. Soberba, detesta pessoas que se acham demais quando não são nada.

Manias
Colocar a mão no queixo quando está pensando em algo, soltar um riso nervoso quando está mentindo, ficar encarando as pessoas, balançar os pés quando está sentada, revirar os olhos quando chateada. Esfregar os pés uns nos outros quando está escondendo algo.

Hobbies
Mecânica, herbalismo, jardinagem, leitura. Ela também gosta de catalogar estrelas.

Preferidos

Livros: Dom Quixote de La Mancha, O Código da Vinci, Os Miseráveis, Mais leve que o ar, Alice no país das Maravilhas, Extraordinário, O Sol é para todos, O Hobbit, O Nome do vento, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa, Morro dos ventos uivantes, A sombra do vento, A menina que roubava livros, Capitães de Areia, Hamlet.

Cores: Azul, Rosa (claro), vermelho, lilás e verde.

Comidas Sopa (de todos os tipos) e torta de chocolate.

Músicas Várias, mas o estilo é mais para rock, jazz ou clássica.

Flores e plantas Sequoia, Margaridas, tulipas e Sakuras.



Estilo de roupas para Seleção:

Vestidos

Casuais








Formais/Sociais:







Sapatos



Por que se inscreveu?
Olivia não tem um motivo certo. Apenas se deixou guiar pelo sonho de criança de tornar-se uma princesa e a oportunidade de melhorar a situação financeira de sua família.

Príncipe ou Coroa?
Nenhum. Apenas o sonho de infância de pisar num castelo e a experiência.

Como vai tratar as Selecionadas
Não conheço as outras selecionadas, mas, tentará ser amiga das que lhe chamarem atenção.

Como vai tratar o príncipe
Olivia tentará levar à sério o príncipe e principalmente decidir se ele é ou não um pateta mimado. Se julgar que vale à pena, o tratará normalmente. Olivia e o príncipe são ótimos companheiros de conversa. Ela gosta da maneira que ele conduz o assunto e ele, a forma descontraída com que ela conversa sobre coisas banais que não sejam assuntos do reino. Como não é de formalidades, também não o tratará com toda pompa que as outras selecionadas, no entanto, nutre um certo respeito pelo rapaz. Gosta, principalmente, de observá-lo, decifrar seus pensamentos, é seu passatempo favorito.


Tem coragem de trapacear?
Não mesmo.

Quer aliadas?
Claro ^^

Vai fazer amigas ou inimigas?
As duas.

É capaz de trair o príncipe?
Se valesse a pena, por um grande amor, ela o faria.

Já favoritou?
Sim!

Vai comentar em todo capítulo, sem ou com sua personagem?
Sim!

Entende que sua personagem é minha, agora?
Sim!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...