Como Escrever Cenas de Luta - Round I


Postado

Como Escrever Cenas de Luta - Round I

.......Round I: Are You Ready?

.......Por mera observação, podemos dizer que cada escritor parece ter uma facilidade natural para determinados tipos de cenas. Alguns são ótimos para cenas românticas, outros desenvolvem muito bem momentos de drama, sofrimento, desespero. Existem escritores que fazem os leitores terem infartos de tanto rir, outros que fazem o leitor se sentir na pele do personagem debatendo dilemas e convicções morais. A tendência é cada pessoa escrever mais sobre aquilo que tem maior facilidade de escrever, ocasionalmente arriscando coisas diferentes a título de curiosidade / aprimoramento / desenvolvimento / desafio / estímulo.
.......Mas... e quando não temos essa opção?
.......Volta e meia nos vemos em uma situação que teremos que fazer algo com o qual não estejamos acostumador ou - pior ainda - saibamos que não somos muito bons mas, mesmo assim, teremos que colocar a mão na massa. Por mais que algumas pessoas pareçam realmente talentosas e versáteis, todos temos nosso ponto fraco, aquele tipo de cena com o qual não conseguimos trabalhar, o clima que não conseguimos desenvolver muito bem, o momento que fica perdido no meio do caminho. Isso acontece com todos os estilos, aqui vamos enfocar as cenas de ação.
.......Ou melhor dizendo, a pancadaria (e a ausência dela). Sim, uma cena de pancadaria pode não conter um soco sequer, e vice-versa. Assim como alguns gêneros, apesar de muitos acharem que determinadas situações estão implícitas, podem não o ter.
.......Exemplo básico: Um texto sobre fantasia medieval, uma aventura básica. Muitos associam Aventura à Ação - muitos por influência dos filmes/livros épicos - mas uma aventura não necessariamente precisa ter uma cena descritiva de ação. A Trilogia de "O Senhor dos Anéis" poderia ter sido escrita totalmente sem descrever os combates, apenas informando as partes principais, tais como as forças adversárias e o resultado final. Na verdade, muitos dos escritores de aventuras não perdem muito tempo descrevendo detalhadamente os combates, isso é fruto do cinema e da TV - acham mesmo que Tolkien descreveu METADE das peripécies de Aragorn e Légolas? - deixando as lutas principais para o caso de necessidade.
.......Mas o caso é diferente... VOCÊ precisa escrever uma cena de luta, simplesmente chegou a um ponto em que, para o desenrolar do seu texto - o que você planejou - dois - ou mais - personagens terão que se engalfinhar. O motivo, diferente do que alguns pensam, não é relevante, pelo contrário, torna a cena bem mais interessante. Mas independente dele, você agora tem um problemão em suas mãos: deixar a coisa tão interessante quanto qualquer outro texto, fazer com que a cena seja mais do que uma sequência de repetições no melhor estilo "eu te acertei... não, você errou... não, eu acertei... não, você errou", parecendo um "bang-bang" com punhos e chutes.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...