~MissSad

MissSad
AkemiMisa07
Nome: Andressa
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Para os escritores de BL/Yaoi


Postado

Para os escritores de BL/Yaoi

"Espalhe a mensagem se você também está cansado da cultura do estupro em Bl/yaoi

Olá! Você gosta de BL? Que bom!

Você já parou pra pensar sobre a cultura do estupro? O que é isso? Ah, deixe-me começar explicando isso, então.

É claro que todo mundo sabe o que é estupro, mas estou com medo da maioria das pessoas não entenderem exatamente o quão péssimo, terrível, essa coisa é, principalmente por histórias e tal serem retratadas como algo trivial, ou mesmo louvável, ou meramente como uma expressão de amor. Pois bem, tenho uma notícia pra você: não é nenhuma delas.
E você sabe por que a maioria das pessoas acham que está tudo bem em abusar sexualmente alguém? Porque o estupro é representado à nós dessa forma através de todos os tipos de mídia.

A cultura do estupro é basicamente o que a gente estabelece quando fazemos isso soar como algo diário ou comum, quando não é. É um crime severo e isso deixa profundas feridas psicológicas que se prolongam por anos, décadas para curar. Mas, agora, é óbvio que você vai pensar desse jeito se você for empurrado ao estupro na sua cara todo dia como se fosse o mais novo e delicioso prato do cardápio de um fast food. E é exatamente por isso que estou criando esse texto agora mesmo.

Então, você acha que pode ser exagero? Aquele estupro, na verdade, não é tão ruim quanto as pessoas fazem parecer que é, desde que seja, a princípio, "somente" sexo forçado, certo? E não há forma alguma de sexo ser ruim.

Bem, eu vou começar falando que pessoas que lutam contra isso não consideram o estupro sexo, pelo menos, não pra vítima. Vamos começar do início: sim, é ruim. Pra falar a verdade, é pior do que você pode imaginar. Começando com o típico cenário do estranho na rua; é aterrorizante que uma pessoa tenha força o suficiente pra fazer qualquer diabo de coisa que ele queira fazer com o seu corpo.

Não muito tempo atrás, no meu país, ouvimos um caso de duas garotas que realmente curtiam uma banda, e, quando elas foram pegar um autógrafo, elas foram abusadas. Logicamente, as pessoas ficaram realmente inconformadas e saíram às ruas pra tentarem fazer eles pagarem pela justiça. Essa gente estava em frente do tribunal fazendo um monte de barulho, então uma velha mulher se aproximou e disse: "Aw, por que vocês estão fazendo isso? Claro que o que eles fizeram foi errado, mas eles são bons meninos e se arrependeram". A mulher com quem ela estava conversando respirou fundo e replicou: "Não, eles não são bons meninos e eles não se arrependeram. Você sabe o que aconteceu? Uma dessas garotas foi desnudada e violentamente penetrada por homens que revezaram entre si. Enquanto ela sangrava, chorava e gritava, outro cara tentou pôr seu pênis dentro da boca dela e ela levou uma pancada no rosto, enquanto a outra menina estava sofrendo o mesmo horror no banheiro. Ainda não entendeu?"

Enquanto tomava banho, você já acidentalmente arranhou suas partes íntimas enquanto as limpava? Isso vai tanto pra meninas quanto pra garotos. Dói, não dói? Agora, imagine alguém fazendo isso com você sem parar, sem dar bola com o quanto você chora e diz que machuca.

É exatamente assim. Não é legal, isso dói. Isso dói na alma e também no corpo.

Agora, todo mundo sabe, ou ao menos deveria saber, como mulheres são tratadas pela mídia geral como mercadoria e objetos feitos para dar prazer aos seus parceiros, certo? É sempre exposto assim ou de qualquer forma que você vê, da TV e revistas a mangás shoujos, e é aí que eu passo a voltar ao meu ponto de vista.

Você sabe por que BL foi criado? Foi uma forma de revolta contra os modos sexistas da sociedade. No Japão, especialmente, mulheres nunca se consideraram iguais aos homens, portanto, expressando-lhes no lugar do "uke", elas poderiam mais ou menos saber como era estar em relações balanceadas. Legal, não é? Errado, muito, muito errado! Pois a maior parte dos elementos do mangá shoujo foram passados ao BL também, inclusive estupro.

Eu te pergunto, por favor, pense comigo, pense bastante. Quantos Bl's que você conhece que retrata alguém sendo estuprado de um jeito ou de outro? Agora, quantos você conhece nos quais não acontece isso de jeito algum? Conseguem entender o que estou dizendo?

O que me deixa mais triste é que até mesmo boas histórias que não precisavam tudo quanto é tipo de estupro dentro delas, têm. Até mesmo meus personagens favoritos, como o Morinaga de Koisuru Boukun, acaba abusando sexualmente por seu parceiro e isso me faz ponderar, "Oh, céus, por que?", repetidas vezes dentro da minha cabeça. E nem venha começando com coisas como Viewfinder e Okane Ga Nai. Isso seriamente, honestamente, me faz perguntar se as mangakás estão bem dentro de seus cérebros, se elas não podem vir com uma boa história de amor sem estupro nela.

Você sabe o que é ainda pior que os mangás BL? BL games. Eu joguei, e/ou sei a linhagem da história em toneladas e não encontrei nenhum, nenhum, em nome de Jesus, que não houvesse estupro em alguma situação. Pelo amor de Deus, mesmo o meu preferido, DMMd, tem uma rota cheinha disso. Muito obrigada, Mink (feat. Virus & Trip). Eu sei o que eu acabei de dizer, mas isso realmente me faz pensar o que há de errado com as pessoas. Você acha que todos os casais gays estupram? Ou você realmente acha que o estupro é a expressão ultimate do amor? Entristece a mim como isso é visto como uma espécie de fetiche, ou que está tudo bem em ser violentado contanto que você ame seu atacante. E não está. "Não" significa "não", independente da relação que você possui com o indivíduo.

Eu não estou falando que nenhuma história pode conter estupro, entretanto. Mas vocês devem aprender como distinguir a história mostrando isso como um fetiche, e a história mostrando isso como uma crítica. J no Subete, por exemplo, tem uma das cenas mais chocantes de estupro que eu já vi, mas de jeito algum eles são exibidos como uma coisa boa, muito menos, que levam-no à um relacionamento romântico.

E, por favor, não achem que o personagem tem uma boa razão pra estuprar. Nunca há uma boa razão pra fazer tal ato. E se ele tivesse um passado obscuro onde a família dele foi assassinada e foram queimados e ele é solitário e...bem, se se essa fosse a vida real, essas coisas não o perdoariam no julgamento, perdoariam? Isso não faria eles sentirem pena dele ou presumirem que foi certo ele ter feito isso porque, na verdade, ele só queria um pouco de amor, faria? Se você acha que sim, então eu devo te perguntar mais uma vez o que há de errado com as pessoas.

Dane-se o quanto a história é triste e o quanto ele sofreu, isso nunca, jamais, justificaria o fato dele fazer uma pessoa sofrer o mesmo.

Uma das outras coisas à respeito é que algumas cenas de violação sexual não são nem mesmo vistos como violação pela população, pois, pra eles, isso é algo que só aconteceria num beco escuro, à tarde da noite, quando você está desacompanhado e algum bêbado te ataca. Grande engano. Eu havia citado o Morinaga ali atrás, então vamos começar com ele, ok? Não importa o quanto esse cara é adorável e o seu amor sincero quanto ao seu veterano, o qual ele esteve protegendo por um longo tempo.... tirar vantagem de alguém enquanto ele está drogado ou embriagado, é somente um grande, vermelho, dourado, em letras maiúsculas, não. Isso é estupro. Sim, é estupro, mesmo que ele o ame, mesmo se ele é adorável, mesmo se ele é cuidadoso em não machucá-lo. Ainda, é estupro.

Porque o Tatsumi não concorda com isso. Isso me deixa confusa, na verdade. Por um lado, eu amo o personagem e quero que ele seja feliz. Em outro, estou cansada de histórias portarem o dominante como um sujeito legal que perde seu temperamento só porque ele ama o outro tanto assim. Seriamente, isso não é amor. E eu não digo porque tenho óculos coloridos de rosa que faz o amor ser visto como uma bela fantasia, mas por aceitar o direito de alguém falar "não" é, pelo menos, a única coisa decente que você pode fazer.

Por isso, gente, do fundo do meu coração, parem de apoiar isso. Isso não é amor, não é legal, e está fazendo cada um de vocês perderem uma parte da humanidade pouco a pouco."



Texto original (todos os créditos): //kurama-chan.deviantart.com/art/No-to-rape

"Espalhe a mensagem se você também está cansado da cultura do estupro em Bl/yaoi"


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...