Bella Elizabeth Isley.


Postado

Bella Elizabeth Isley.

Dados pessoais:

Nome completo: Bella Elizabeth Isley.

Idade: 17 anos. 12/08

Apelido: Bel, Ella.

Aparência:







Signo: Leão.

Cidade de origem: Gothan City.

Cidade atual: New York.

Pais:

Pamela Isley (Hera Venenosa);



Bella ama sua mãe, mas sabe que não podem ficar juntas, Bella quer ser uma boa pessoa, e sabe que isso não seria totalmente possível vivendo com sua mãe, por mais que ame a mulher, Bella não convive com ela o tanto que gostaria... Na verdade as duas nunca se vêem.


História:

Bella cresceu vendo sua mãe mudar, indo de uma doutora PHD formada em botânica, para a Hera Venenosa, uma vilã ambientalista. Apesar de amar a mãe com todo o seu coração, quando fez 10 anos ela fugiu, foi morar com uma tia que vivia no sul dos Estados Unidos, em uma pequena cidade. Bella então passou a viver normalmente, uma vida pacata, sem muitas emoções, mesmo que sua mãe tentasse se reaproximar, Bella não permitia, amava Pamela Isley, mas abominava Hera, e dentro de si, ela sabia que sua mãe era as duas, e não havia modo de separa-las. Sua tia Penny, com quem ela vivia foi quem a criou de verdade, a ensinando os verdadeiros valores do ser humano. Com seus 14 anos, a vida de Bella deu outra virada radical, ela descobriu que havia herdado os poderes de sua mãe, Bella se desesperou, estava assustada demais, até mesmo imaginou que ficaria com a pele esverdeada como a mãe, ou pior, pensava que tinha herdado sua maldade e princípios também, mas isso não aconteceu, Bella passou o resto de sua adolescência se escondendo do mundo, ela estudou seus primeiros anos do ensino médio em casa, até surgir a oportunidade da Academia.

Personalidade:

Bella não é como uma vilã, talvez nunca seja... Bella é doce e gentil, tem um gene calmo e pacifista, é praticamente impossível encontra-la gritando ou sendo grossa com alguém, é preciso que ela esteja altamente alterada pra isso, e algo de muito grave tem que acontecer para altera-la. Ela é corajosa da forma que pode, não procura desafios, mas se encontrar algum, não ira fugir, ela enfrenta de peito aberto. É altamente tímida, foge de apresentações em grupo, odeia ter que falar alto e na frente de muitas pessoas. Sinceridade é um de seus pontos fortes, ela consegue alcançar a sinceridade sem precisar machucar ninguém, ela sempre arranja um jeito de contornar aquela principio de 'a verdade dói'. Uma das coisas que ela mais ama sobre si mesma é o fato de que ela consegue ser carinhosa sem sentir pudor, ela não tem medo de abraçar as pessoas, não se sente estranha em pedir por um abraço ou demonstrar que precisa de um.

Maiores segredos:

*Bella é BV, e consequentemente virgem.
*Ela gosta de garotas. Mas esconde isso com tudo que pode.

Gostos:

*Jardins.
*Ar livre.
*Andar a cavalo.
*Livros.
*Filmes românticos.
*Primavera.

Desgostos:

*Ambientes fechados.
*Inverno.
*Pessoas egoístas.
*Injustiça.

Hobbies:

*Botânica.
*Ler.
*Tocar piano.

Talento secreto:

*Ela dança Ballet.

Medos/Fobias/Traumas:

*Ser uma vilã.
*Perder pessoas que ela ama.
*Escuro.
*Tempestades.

Maior sonho:

*Se tornar uma bióloga. Especializada em botânica, obvio.

Cinco musicas para o personagem:

Flashlight - Jessie J.
New Romantics - Taylor Swift.
Kiss Me - Ed Sheeran.
Nobody - Selena Gomez.
Sad Song - We the King(s).


Maiores Habilidades:

Imunidade tóxica-
Desenvolveu uma forte imunidade a qualquer veneno ou toxina por mais letal que seja.

Hipnose-
Possui a habilidade de hipnotizar com um veneno em sua boca transmitido a partir do beijo.

Manipulação de plantas-
Pode manipular a vida vegetal ao seu redor, ou até mesmo transformar geneticamente as que já existem em uma forma mais poderosa.


Dados complementares:

Relação com os Heróis: Ela tenta se dar bem com todo mundo.

Relação com os Vilões: Ela tenta se dar bem com todo mundo.

Como costuma se comportar na academia (New Vision): Ela é uma boa aluna, senta na frente... sempre tira boas notas.

Uma conversa com um Herói: Clint Barton.

-Oque você sente por ela é real? - Fechei os olhos com força, eu ainda estava de costas pra ele. Oque eu realmente sinto por ela?
-Eu não sei - Me virei pra ele, tentei sorrir.
-Por que não se afasta então? - Sua voz se tornou gélida - Por que eu sei oque a minha filha sente por você... e não é justo com ela. Não é justo que apenas ela sinta...
-Eu não queria... não queria que ela se sentisse assim - Meus olhos foram para o chão - Mas também é difícil pra mim, sua filha é muito importante pra mim senhor, ela me faz feliz... mas eu não sei se isso é amor, eu não tenho certeza.
-Tenha essa certeza logo... minha filha não merece isso, não merece ficar sendo iludida...

Uma conversa com um Vilão: Hera Venenosa.

-Tem tanto tempo... - Ela se aproximou, seu sorriso era feliz - Tanto tempo minha menina.
-Oque você esta fazendo aqui? - Perguntei sentindo minha voz embargar.
-Eu precisava ver você - Ela tentou tocar meu rosto, mas me afastei - Por favor filha...
-Não mãe, eu não posso - Dei mais alguns passos para trás - Eu amo você, mas não posso me imaginar sob sua responsabilidade...
-Você é minha filha... e em algum momento vai notar que somos completamente iguais - Ela sorriu 'doce'
-Não... não somos, eu sou boa, completamente, de corpo e alma... eu acredito nisso.
-Eu também era assim querida... mas tudo bem, eu entendo você, é complicado por enquanto - Ela começou a se afastar - Eu vou estar por perto quando você conhecer seu verdadeiro eu.

Um momento Hot

Corri minhas mãos pelo corpo dela, senti minhas pernas ficando trêmulas. A boca dela estava me levando a loucura, e ela estava apenas beijando meu pescoço. Arranhei seu pescoço com minhas unhas irregulares. Meus ouvidos se encheram com um gemido fraco que ela acabou soltando.

-Eu quero... - Sussurrei quase gemendo - Eu quero que você me chupe... - Ela se afastou um pouco, seus olhos se encontraram com os meus, ela sorriu maliciosamente antes de concordar com a cabeça devagar.
-Estava esperando você pedir - Sua voz estava mais rouca que o normal - Senti falta do seu sabor...

Me contorci lentamente, só com aquelas palavras. Ela foi se abaixando lentamente, beijando meu corpo. Perdi o ar quando seu rosto ficou na altura de minha intimidade, ela suspirou, seu ar quente se chocando deliciosamente contra a parte mais sensível de mim. Ela levantou o olhar o conectando com o meu, ela sorriu antes de literalmente cair de boca em mim.

Uma conversa com o melhor amigo(a): Feyre Prince.

-Eu tô com medo Fey - Sussurrei. Sentei na cama olhando pra baixo.
-É só uma tempestade Bella - Fey se sentou ao meu lado, sua mão segurou a minha.
-Mas é assustador - Olhei para a janela - Olha como está tudo lá fora...
-Não vai entrar aqui - Ela sorriu me abraçando de lado - Vai continuar lá fora... se algo acontecer eu juro que te protejo.
-Você não pode me proteger dessas coisas - Sorri a encarando. Ela deu de ombros e riu também.
-Como você sabe? - Ela perguntou alterando a voz um pouco - Eu sou incrível - Ela riu jogando o cabelo sobre o ombro.
-É, você é uma das pessoas mais incríveis que eu conheço - Confessei e ela sorriu.

Uma conversa com o par:



Me estiquei na cama, meu corpo inteiro relaxou. Mas só durou alguns segundos, cadê ela? Estiquei meu braço, a procura do corpo quente da minha namorada, mas tudo que encontrei foram lençóis amarrotados. Levantei de supetão, a procurando com os olhos.

-Eu tô aqui - Sua voz rouca surgiu em meus ouvidos. Ela estava saindo do banheiro, apenas de toalha.
-Pensei que você tinha ido sem se despedir - Murmurei ainda sentindo meu corpo sonolento.
-Eu não faria isso - Ela se aproximou da cama, subindo nela, ela veio até mim de joelhos. Ela mantinha um grande sorriso no rosto - Vem cá - Suas duas mãos seguraram meu rosto antes de selar nossos lábios com ternura, nunca me cansaria de sentir seus lábios contra os meus.

Nossos lábios pareciam dançar juntos, movimentos lentos, sua língua calmamente acariciando a minha, arrepios de prazer começaram a correr por meu corpo. Abracei seu pescoço a puxando para mais perto.

-Amo você - Sussurrei assim que nossos lábios se desencostaram. Abri os olhos lentamente, Ben ainda estava com os olhos fechados, um sorriso gigante crescendo em seus lábios escupidos.
-Diz de novo - Ela sussurrou colando nossas testas. Era a primeira vez que eu tinha dito isso. Sorri também.
-Eu amo você - Sussurrei - Amo você - Selinho - Amo você - Selinho - Amo muito.
-Eu esperei tanto para escutar essas palavras saindo de você - Ela disse devagar antes de abrir os olhos - Você não tem ideia do quanto eu tô feliz agora...



Estilo:
Ela é bem menininha, sempre usando saias e vestidos floridos. Ela também ama usar roupas claras.

Detalhes:

Uniforme:


Filosofia de vida: ''Não se pode mudar o destino. Apenas podemos mudar o modo que o destino nos afeta''

Livro favorito: Perdida. Carina Rissi.

Musica favorita: Heaven - Bryan Adams.

Mataria alguém para salvar outra?
Sim, dependendo da pessoa.

Salvar a humanidade ou o amor da sua vida?
A humanidade, mesmo que o resto de seus dias se tornassem cinza e sem vida.

Como se sentiria por ter matado um inocente?
Péssima, devastada.

Viveria com culpa?
Não.

Ama quando?
A compreendem, a tratam carinhosamente.

Odeia quando?
Acham que seu sangue define sua personalidade.

Defina o seu personagem em uma palavra:
Fofa.

Palavra chave: Churros.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...