My Diary


Postado

My Diary

Aloha!
Não prometo escrever todos os dias no meu ''diário'' só quando precisar realmente desabafar ou contar alguma coisa, prefiro usar a ''tecnologia'' do que uma agenda ou até mesmo um caderno. a preguiça de escrever é imensa \o/ do tamanho do meu sono por assim dizer,rs. Eu poderia desabafar pra Lais, afinal é minha melhor amiga e sabemos quase tudo uma da outra, mas, não gosto de encher ela com coisas que não fazem diferença nenhuma na vida dela, somente na minha e nada do que ela diga ou faça poderá mudar o que acontece, até porque nem eu sei o que acontece.
Sabe aquele trecho de música do Matheus e Kauan: ''Quando você fecha os olho e no pensamento está fotagrado o rosto desse alguém'' é tipo eu pensando no Eric, digamos que todo o minuto, acho que 95% do meu dia eu passo pensando nele e em como nós poderiamos ser felizes se não fosse o fato de eu ainda estar no fundamental e não poder namorar. os outros 5% eu ocupo comendo,rs. A gente se gosta tanto e não pode ficar junto, parece novela, eu já gostei de tanto menino já, mas nenhum nunca conseguiu me deixar desse jeito todo bobo que eu fico perto dele, eu só consigo treme sabe, gaguejo, e nem sei o que falar, só eu sei o quanto eu gosto dele, e o quanto queria ter ele comigo, ''Na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê'' e eu acredito mesmo que ele goste de mim, tanta coisa que a gente passa que faz eu perceber o quão especial ele é pra mim.
Hoje ele me convidou pra sábado ir buscar o exame dele no centro, e eu disse a coisa mais obvia de toda a face da nossa amada idolatrada e querida terra s2 ''Minha mãe não deixa'' um terço das palavras que saem da minha boca ou das palavras que saem dos meus dedos no computador e no celular é ''Minha mãe não deixa'' e por mais que eu tenha raiva, eu entendo ela se preocupar comigo e não deixar eu sair com a Lolo e a Ale pro parcão, ou não deixar eu ir nas festas dos meus amigos, realmente deve de ser cruel pra uma mãe pensar em algo ruim acontecendo com o seu filho, imagina de quantas enrascadas o ''Não'' da minha mãe ja não me salvou, mas imagina que tudo seria sair com o Eric, mesmo pra buscar um exame e poder andar do lado dele, conversar com ele tanto e tanto, imagina se fôssemos aqueles casais que andam de mãos dadas e que vivem abraçados, simplesmente seria a melhor coisa da minha lifezinha s2
Eu acredito no Akai Ito - a lenda chinesa do fio vermelho, é uma lenda muito linda ''quando a pessoa é destinada a outra, ambas têm um laço vermelho que as ligam, no dedo mindinho. O laço pode embaraçar, emaranhar, mas ele nunca quebra. O laço não é visível a olho nu, mas está lá desde o momento do nascimento. Quanto mais longo estiver o fio, mas longe as pessoas estão e mais tristes estarão. Sequer a morte o rompe, apenas o alarga para se encontrarem em outra vida'' eu fico besta lendo essas coisas fofas, imaginando o Eric e eu, é sinistro pensar em alguém gostar mesmo de mim, e estranho saber que alguém me ama, e quer seguir uma vida ao meu lado, se ele não for o guri certo pra mim, eu realmente não sei quem é, não deve de ter nascido ainda.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...