~Alpha-

Alpha-
Sr. Roubador
Nome: {r.y.a.n} ♔ Bi da Ella ♔ ?Ezra? ♔ Leona ♔ Al Potter ♔ Booth ♔ McCall ♔ "Boy da Robbie" ♔ Roubador
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Agosto
Idade: 15
Cadastro:

Half-Blood


Postado

---------------------------------------- Fichas ----------------------------------------



"Ganhe o respeito dos demais tendo a ousadia de ser você mesmo."
- Lucy Bynes.

Nome:
Lucille Jane Bynes.

Apelido:
Lucy.

Idade:
Dezesseis anos.

Novato ou veterano?
Novata.

Data de nascimento:
Vinte e três de novembro de mil novecentos e noventa e nove.
23/11/1999.

Signo:
Sagitário.

Orientação sexual:
Heterossexual.

Pai/Mãe Divino:
Hécate, deusa da magia.

Pai/Mãe Mortal:
Jarold Spencer Bynes.

Aparência:

Lucille é uma jovem de pele morena e curtos cabelos de cor castanho-escuro. Seus cabelos são lisos e muito bem cortados, encaixando-se perfeitamente no rosto da jovem com um corte estilo Chanel. Seus olhos possuem uma intensa coloração de avelã e sua face tem traços gentis. Lucy é uma garota extremamente magra, embora coma mais do que muitos rapazes por ai. Seios medianos e quadril fino. Lucy é uma garota alta, quando seu referencial são outras garotas, tendo 1,67 de altura.


Famoso que o(a) representa:
Kat Graham.

História:
Lucille nasceu em São Francisco, filha de um delegado que trabalhava na centro da cidade. Desde pequena sonhou em seguir uma carreira semelhante a de seu pai, nunca foi uma garota "fresca", como ela mesmo diria, algo que por muitas vezes acabava em briga nas escolas locais, após as outras garotas a ofenderem, especialmente pelo seu jeito desleixado de se vestir. Quando fez 8 anos, queimou a escola onde estudava depois de um ataque de fúria, mesmo que sem saber que havia sido ela na época e foi obrigada por seu pai a começar um tratamento contra estrese. Aos 15 anos começou a trabalhar meio período em uma cafeteria local, não que precisasse realmente, mas ela já queria demostrar que podia conseguir as coisas com seu próprio esforço. Ao completar 16 seu pai a ajudou a se preparar para no ano que vem, ingressar na academia de policia onde ele trabalhava. Contudo, certo dia enquanto acabava seu expediente na cafeteria, foi abordada por um rapaz quase inconsciente que pedia a ajuda dela para levar ele a um acampamento, ela não entendeu no início, mas quando o rapaz desmaiou praticamente em cima dela, ela teve que o levar ao hospital. Após o garoto estar em melhor estado, ele explicou a ela e a seu pai que uma mulher que dizia ser a mãe dele havia o mandando pedir ajuda a Lucille, e que antes disso havia sido atacado por um monstro e que o rapaz que havia sido encarregado de o escoltar ao acampamento havia morrido. Lucille achou que o rapaz era maluco, mas seu pai sabia do que ele falava e disse que iria ajuda-lo, por fim Jarold teve que revelar a verdade para Lucille que ficou tão furiosa por ter pensado que a mãe os havia abandonado que resolveu ir junto ao rapaz para o tal acampamento, ambos os dois garotos viajaram de São Frascisco até o acampamento no carro de Jarold - que mesmo contra a vontade de Lucy os levou até o lugar -, os deixando em Long Island, onde trilharam seu caminho até o acampamento a pé.


Personalidade:
Lucille é uma garota muito racional, procura sempre enquadrar as coisas, tem uma tendência a querer uma solução até para os seus sentimentos, então se a jovem tem um sentimento, uma emoção ou uma coisa que sente que está incomodando, ela tenta resolver a todo custo e se fecha quando não obtêm sucesso. Ela gosta muito de colocar a sua opinião em diversas situações, esse é um dos cuidados que Lucy tem que ter quando convive com outras pessoas, porque por muitas vezes ela tem um posicionamento e quer impor aquela opinião. Lucy sabe que é tão inteligente e durona quanto uma legitima filha de Atena, por isso às vezes não tem tanta tolerância emocional com pessoas que ache que não são tão inteligentes.



Bastante sarcástica, Lucy pode não dar uma boa impressão de início. Contudo, sua coragem, astúcia e sensibilidade podem conquistar as pessoas ao longo do tempo. Ela sabe se virar sozinha, sempre independente e não admitindo que um homem à salve como se ela fosse uma garotinha indefesa - embora no fundo, ela ache fofo -. Lucy tem uma mente muito focada na solução e na ordem, é uma líder nata e que consegue facilmente identificar problemas e deixar alguém amedrontado. Ela sempre calcula muito bem o que deve se fazer para proteger à quem ama, se deixando em segundo plano nesse quesito. É meticulosa quando o assunto é conversar abertamente, preferindo evitar contato desnecessário.

Lucille tem um pensamento extremamente rápido e cauteloso, e embora aparente não se importar com o sentimento dos outros, consegue sentir quando alguém não está bem, sendo uma ótima conselheira e sendo uma boa amiga nesses momentos - voltando a ser durona quando estiver tudo bem -. Dificilmente se desespera ou "surta", sempre tentando manter o foco. No entanto, quando se desespera não consegue segurar sua impulsividade, desespero e suas lagrimas. Tem ar de irritação a todo o estante, mas não sente isso na realidade, quando ela está realmente irritada as coisas começam a ficar bem "quentes" e quando se dá por si, tudo pode explodir, com alguém saindo machucado.


Gostos:
Livros | Música | Seriados | Felinos | Treinar | Chocolate | Vencer | Pessoas independentes | Indie | Estudar | Planejar.

Desgostos:
Pessoas superficiais | Idiotas | Serpentes | Que a contrariem | Preconceito | Mentiras.

Trauma(s):
Crescer e descobrir que a vida que tem é uma mentira. q

Doença(s) ou alergia(s):
Não possui.

Habilidade(s):
É extremamente talentosa na arte de se ocultar ou passar despercebida.
Sabe um pouco sobre auto defesa já aprendeu com seu pai.
Pensa extremamente rápido.
E eu não sei mais o que colocar.

Poderes:

Sendo filha da deusa da magia, Lucille herdou uma poderosa aura mágica. Sua aura poderosa oculta - inconscientemente - um pouco seu cheiro de semideusa, ou seja, é uma das razões pela qual ela dificilmente é atacada por monstros ou criaturas do sobrenatural em geral. Ao longo do tempo e com a experiência necessária, ela pode vir a conseguir moldar a tão famosa névoa para formar imagens que ela bem desejar, utilizando a energia que emana de seu espirito. Mas ironicamente, as capacidades de seu poder não podem ser "ativadas" quando ela bem entender - como a dos outros semideuses -. Por ser uma habilidade movida à emoção da jovem, somente quando ela está com um sentimento tomando conta de seu corpo por completo, ao ponto de ignorar a existência dos outros, alguma coisa pode vir a acontecer e seu resultado é aleatório, podendo variar em cada momento. E pode tanto ajudar, quanto piorar as situações. O que torna um risco trabalhar em equipe.


Faz alguma tarefa especial no acampamento?
Nenhuma ainda.

Família:
Jarold Spencer Bynes - Policial - 44 Anos.


Relação com seu parente divino:
Lucy nunca a conheceu pessoalmente, mas já escutou sua voz em sua cabeça, ou pelo menos acha que escutou. Ao que parece, Hécate está sempre olhando por sua filha, embora não queira se meter ou não ache que tenha esse direito.


Relação com seu(s) parente(s) mortal(ais):
Lucille e seu pai, até a recente descoberta da verdade, tinham uma relação de companheirismo, confiança e total afinidade, sempre sabem que um pode contar com o outro e compreendem as escolhas de cada um, mesmo que muitas vezes não as aceite de boa vontade. Após a revelação sobre sua mãe, Lucille perdeu um pouco da confiança em seu pai e está bastante zangada por ele nunca ter contado nada.


Relação com Noah:
Lucille de início pode o achar um babaca, um completo cabeça de alga e achar ele um pouco irritante. Mas sabe que ele não é de todo mal assim, ele parece ser alguém desastrado e distraído, características que ela considera dispensável em alguém. Ela ainda quer ver do que ele é capaz, gostando de provocar ele para o fazer logo com seu sarcasmo.


Par:
(X) Sim, mas a autora escolhe, ou seja, o Noah.

Relação com o mesmo:
Lucy não é alguém muito melosa, gosta de carinho sim, mas tem suas prioridades e não às deixa de lado apenas por um pouco de prazer. Bastante ciumenta, pode chegar a ser agressiva em sua relação, mas sabe como se comunicar e ajudar seu parceiro. Gosta de dar apelidos ao seu par.


Que gosto tem a “bebida dos deuses” para você?
Tem o gosto da torta de amora com chocolate que sua avó fazia.

✘ P A L A V R A - C H A V E:
Apolo is hot. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Já participou de alguma missão?
Ainda não.

Caso haja um missão durante o decorrer da fic, prefere ficar no acampamento ou se voluntariar?
I volunteer.

Arma(s):
Bastão cilíndrico de aço.
Um bastão de um metro e meio de comprimento e com 15 centímetros de espessura. Feito inteiramente de aço, o bastão é levemente prateado e reluzente, não é tão pesado quanto aparenta, o que dá vantagem estratégica a Lucille quando enfrenta adversários que não a conhecem.


Algo mais?
Creio que não.


Escutando: Daya - Sit Still, Look Pretty.
Assistindo: Teen Wolf.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...