~Alpha-

Alpha-
Sr. Roubador
Nome: {r.y.a.n} ♔ Hermione ♔ ?Ezra? ♔ Leona ♔ Al Potter ♔ Booth ♔ McCall ♔ "Boy da Robbie" ♔ Roubador
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Agosto
Idade: 15
Cadastro:

Means - Ryan Crawford


Postado

Means - Ficha

"Seus sentidos ficam mais apurados quando é o seu que está na reta!"
- Ryan Crawford

Nome:
Ryan Viktor Baker Crawford

Apelido:
Ezra. (Somente sua irmã, vulgo Robbie, o chama assim)

Idade:
Dezessete anos.

Data de nascimento:
Quatro de novembro, escorpião.

Aparência: (Tyler Posey)


Ryan é um rapaz de pele bronzeada e cabelos escuros que quase sempre se encontram modelados em uma especie de topete um tanto quanto despenteado. Seu rosto possui um leve formato triangular com traços bem distintos. Olhos castanhos e maxilar torneado com um barba bem feita. Lábios finos e dentes bem cuidados. Dentre suas principais características físicas destaca-se seu tão cobiçado porte atlético, contendo na parte esquerda de seu torso uma curiosa tatuagem que se assemelha há alguns pássaros voando sobre seu corpo, tendo um deles abatido por uma especie de flecha enquanto alcançava voo. O moreno tem 1,76m de altura, o que é bem proporcional graças a seu bom desenvolvimento físico.


Personalidade:
Por muitas vezes, Ryan foi descrito por pessoas próximas a ele como sendo um rapaz simpático e carismático, até mesmo engraçado durante certa parte do tempo. Contudo, apenas os íntimos sabem o quanto ele pode ser sorrateiro, ganancioso e determinado para conseguir algo pelo qual anseia muito. E pelo fato de Ryan ser - de início - amigável com todo mundo e ter uma boa "reputação", é fácil para ele utilizar desses artifícios para conseguir o que deseja. Ainda assim, não gosta de trair ou envolver alguém desnecessariamente, pois crê que isso pode voltar para ele num futuro próximo.

Ryan também possuí um singelo distúrbio em sua personalidade, nomeado como TEI (Transtorno explosivo intermitente) e ainda que não seja em um nível muito elevado, após passar por uma situação de muita raiva ele pode ficar violento, descontrolado e impulsivo. Ele é extremamente ciumento com suas irmãs e amigas próximas, porém é um pouco desleixado para relacionamentos, isso se dá ao simples fato de que, mesmo namorando, quando alguém demonstra interesse nele e o interesse é recíproco, ele literalmente taca o foda-se e pega, mesmo se arrependendo depois (o que quase sempre acontece), no entanto é capaz de vir a mudar se conhecer a pessoa certa.

Ryan já fez muitas coisas ruins, mas sua reputação de cara legal nunca foi afetada. Sendo competitivo e sempre cuidadoso quando espalha rumores, ele pensa nas consequências e em como a percepção que as pessoas têm sobre ele pode mudar, decidindo o que fazer em seguida. Ele faz parte da turma “popular” da escola e está sempre atraindo a atenção tanto de garotas como de garotos, mas não faz nada que possa persegui-lo depois. Não é alguém realmente “fácil”, poucas pessoas conseguem chamar sua atenção e por isso não troca de relação tão cedo quanto foi descrito.


Dentre suas principais características, é possível perceber que Ryan é uma pessoa narcisista, e embora não fique se expondo pelos quatro cantos do mundo, reconhece que não é alguém de se jogar fora e sabe utilizar bem seu sex appeal. Ele também tem uma personalidade sedutora muito persuasiva que leva os outros a fazerem o que ele quer. Às vezes ele pode ser mau, mas ele sabe inspirar, tocar e fazer as pessoas se sentirem especiais quando necessário.

Contudo, ele é um cara amoroso, protetor e tem um bom coração. Apaixonado por música, sempre declarando seu amor por está forma de arte em canções populares ou rimas improvisadas, muitas das vezes em parceria com seus amigos e seu tão amado violão. Bastante prestativo em relação a trabalhos - e quando se trata de aprontar -. Extrovertido e raramente intimidador, Ryan quase que poderia ser alguém inocente. Algumas vezes quando está junto apenas de pessoas próximas ele gosta de agir de maneira fofa, uma quase carência, que é ocultada por uma timidez devastadora quando demostra isso perto de quase desconhecidos. Quando o moreno fica deprimido com alguma coisa, ele prefere se isolar até se sentir melhor ou pensar em alguma coisa para resolver o problema, ele apenas se permite chorar quando está só - o que não acontece com muita frequência -, e nem sua irmã gêmea costuma ver ele dessa maneira. Mas de qualquer maneira apenas um por cento das pessoas que o conhecem - de verdade - sabem que ele sempre foi e sempre será um garotinho que apenas queria se enturmar.


História:
Theresa Baker nunca imaginou que um dia viria a se casar, muito menos com um homem que parecia ser completamente o oposto de si mesma. Completamente independente, sonhadora e apaixonada por arte, Tess, como é mais conhecida pelos amigos, sonhava em viajar pelo mundo expondo seu trabalho nos mais diferentes locais e cidades, além de, claro, ter a oportunidade de ter contato com diferentes culturas e diferentes tipos de artes.
Seus planos sofreram uma pequena alteração, quando, por um completo acaso do destino a garota estudante de artes plásticas conheceu um estudante do curso de engenharia chamado Raymond Baker que naquele dia passeava pelo pátio parecendo um tanto quanto afastado do mundo e mal humorado e que, acidentalmente, tropeçou em um de seus quadros que estavam expostos.
Após aquele dia uma aproximação de ambos foi inevitável e aos poucos, depois de alguns jantares na lanchonete mais barata perto do campus e algumas noites que passaram em claro conversando sobre diferentes tipos de assuntos que simplesmente surgiam quando estavam juntos, a paixão foi algo inevitável e absolutamente aceito por ambas as partes. Os jovens tinham bastantes sonhos e expectativas em relação ao mundo e costumam dizer que a vida foi bastante boa com eles por ter lhes proporcionado o melhor dos acasos que foi conhecer um ao outro, pois sabiam o quanto era difícil encontrar alguém tão diferente e ao mesmo tempo tão certo para você.
O casamento não demorou para acontecer, uma cerimônia simples e muito bonita em que foram convidados apenas as famílias de ambos e alguns dos amigos mais próximos e logo os planos que tinham juntos começaram a ser colocados em prática. Assim como Tess, Raymond também sempre gostara da ideia de conhecer o mundo e os primeiros anos de casados foram recheados de viagens e aventuras pelo mundo, até descobrirem que a garota estava grávida.
Dianna já estava nos planos do casal, mas eles tinham a sensação de que deveriam esperar mais um pouco até que sua chegada fosse possível, mas assim como quando no dia em que se conheceram foram surpreendidos pela noticia de que teriam de antecipar a compra de enxoval para os bebês que planejavam ter.
A pequena foi bastante esperada não só pelo casal como também pelo pai de Tess, Edwin que estava, simplesmente, extasiado com a ideia de ter uma netinha a quem poderia ensinar tudo o que ele sabia e com a chegada da mesma o casal foi obrigado a buscar um pouco mais de estabilidade, fixando-se em sua antiga cidade por algum tempo, Califórnia.
A pequena Dia cresceu em um ambiente extremamente alegre, divertido e cheio de amor e quando completou seu primeiro ano de vida recebeu como presente uma noticia que mudaria não só sua vida para sempre como também a de toda a família. Tess estava grávida novamente, um fato ainda mais inesperado do que a vinda de Dia ao mundo e após alguns meses o fato de ser uma gestação dupla apenas aumentou a surpresa de todos ao redor, além de deixar Tess um tanto quanto preocupada, afinal, como ela faria para cuidar de três crianças pequenas ao mesmo tempo?
Todo o medo e a preocupação da garota sumiram de vista quando o casal de gêmeos veio ao mundo. Enquanto os observava deitados em seus berços e a pequena Dia ao lado dos mesmos tentando, inutilmente, chamar a atenção dos pequenos com um chocalho colorido Tess não conseguia mais sentir medo ou receio, na verdade ela só conseguia amar ainda mais suas crianças e foi assim pelos anos que se seguiram.
Isso não quer dizer que foi fácil, muito pelo contrário. Mesmo com a ajuda de Edwin que se mudara para a casa do casal e com a ajuda de seu marido no tempo de folga que o mesmo tinha ainda era um tanto quanto caótico manter uma casa em ordem com três crianças correndo para lá e para cá e discutindo por conta de brinquedos, comidas e até mesmo pelo controle da TV, algo que costumava tirar Tess do sério muitas e muitas vezes, mas que também não deixava de ser divertido em sua opinião.
Quando as crianças já tinham uma certa idade Raymond sugeriu para Tess que eles voltassem com os planos originais de antes da chegada dos garotos e foi quando eles decidiram retomar as viagens pelo mundo, dessa vez acompanhados de três pequenos experts em confusão e diversão. No começo a mais velha até pensava que seria uma má ideia e que faria apenas uma experimentação, se não desse certo os dias dela em viagens junto com os gêmeos e a mais velha estariam contados, mas Ray já sabia que aquela experiência seria unica não só para eles como também para seus filhos e não foi diferente.
As viagens tornaram-se ainda mais divertidas e proveitosas, mesmo que agora só pudessem acontecer durante as férias das crianças, já que as mesmas precisavam frequentar a escola periodicamente e assim foi até os dias de hoje.
Recentemente a família Crawford fez uma viagem para a Nova Zelândia durante as férias de seus filhos, embora fosse uma viagem de diversão para a maioria dos componentes da família, o destino foi escolhido a dedo por eles não por considerarem o mais divertido, mas sim porque Robbie, a mais nova dos filhos de Tess e Raymond havia conquistado uma vaga em um importante campeonato de natação que aconteceria no país. Embora não tenha sido uma de suas melhores competições foi a que lhe levou mais longe e tanto a pequena quanto todos de sua familia se orgulham muito disso, o que fez a volta para casa ser ainda mais esperada e divertida.

(Roubei da Robinho² -q)

Família:
Raymond Stephen Crawford - Pai - 41 anos - Engenheiro.

Ryan e seu pai tem uma relação boa, diga-se de passagem. Raymond sendo a pessoa mais séria da família, tenta entender seu filho o qual diferente dos outros, ainda não demonstrou para o pai traços de sua personalidade. Raymond acha Ryan alguém um tanto quanto irresponsável, mas o ama. E Ryan acha o pai uma pessoa careta, mas não quer decepcionar o mesmo. Claramente Ryan tem muito mais afinidade com sua mãe, e enquanto ele lembra sua mãe na juventude, sua irmã gêmea poderia lembrar seu pai.


Theresa Elise Baker Crawford - Mãe - 41 anos - Pintora.

Theresa sem sombra de dúvidas é a mulher que Ryan mais ama nesse mundo. Ele odeia ver sua mãe triste e faz tudo para que ela sempre esteja com seu bom humor habitual. Mesmo quando ela o aconselha com alguma piada para ele não fazer algo que quer muito - por conhecer bem a personalidade do filho - ele compreende e concorda com ela - mesmo que acabe desobedecendo de qualquer maneira -. Sua mãe foi uma das grandes inspirações para ele descobrir seu talento musical, uma vez que quando era pequeno queria trabalhar com arte igual sua mãe. E embora não soubesse pintar nada, descobriu que tinhas dotes musicais. Sua mãe costuma dizer que quando ela tinha a idade dele, era idêntica a ele, só que mudou bastante desde aquela época.


Edwin Stanley "Stan" Baker - Avô - 70 anos - Ator aposentado.

A dupla mais cômica que se pode existir é Ryan e seu avô Stan. Para ter uma singela noção do grau de humor da dupla, no natal de 2014 seu avô presenteou o neto com uma fantasia de emprega sexy a qual o mesmo fez questão de usar, fazendo todos da família rirem. Piadas e comentários de humor negro é o que não faltam para dupla, que se conhecem como ninguém.


(In) Dianna "Dia" Jonnes Baker Crawford - Irmã mais velha - 18 anos. { @Wonderwall_- }

A relação dos dois é seguida de bastante cumplicidade, sendo que Dia é uma das poucas pessoas que conseguem despertar o bom humor em Ryan. Tanto que dentre muitas das vezes que os dois estão juntos, eles acabam sendo vitimas de pegadinhas por parte de um ou do outro. Quando sua irmã está com problemas, Ryan é a primeira pessoa para que ela liga por duas simples razões; a primeira é que sabe o quanto seu irmão é bom em manipular uma situação e a segunda é que ela prefere não incomodar seus pais com seus problemas. O sentimento de proteção aqui é mútuo, ambos parecem leões quando o assunto é proteger seus entes queridos.


Roberta "Robinho" Baker Crawford - Irmã gêmea - 17 anos. { @Cricket }

A relação de Ryan com sua irmã se destaca pela união existente entre eles. Gêmeos, Roberta e Ryan ou "R & R", como alguns gostam de chamar o casal de irmãos, nunca estiveram separados em momento algum de suas vidas e possuem uma relação de extremo afeto, amizade e, principalmente, cumplicidade. Os gêmeos conhecem um ao outro tão bem e tem uma ligação tão forte, que muitas vezes não precisam nem mesmo escutar uma palavra sequer vinda do outro para saberem como estão se sentindo, um mero olhar para eles pode dizer tudo o que precisam e raramente discutem por qualquer que seja o motivo. Se você vê-los brigando é bom se preparar e ter a certeza de que a coisa está feia e bastante séria.

Embora, brincadeiras um tanto quando desnecessárias sempre ocorram, a maioria por parte de Ryan, como pintar o rosto de sua irmã com pasta de dente durante a noite e tirar fotos da mesma nessa situação, ou pelo fato do rapaz adorar ressaltar que ainda que sejam gêmeos é sim o mais velho - mesmo que por pouco tempo de diferença - do que a irmã, ou apertar suas bochechas em demasiado e estar sempre tentando roubar sua comida, nada disso diminui o sentimento de afeto entre eles, na verdade só o faz aumentar. É comum você ver Robbie pulando nas costas do irmão e sendo levada por ele pelo corredores da escola e até mesmo da casa, e os comentários divertidos da mesma sobre alguns deslizes do garoto, algo que o deixa de bico por um tempo, mas que logo depois entra na brincadeira rindo juntamente com ela.

O fato de seu irmão mais velho ser extremamente ciumento, muitas vezes causa uma certa irritação em Robbie, mas ela sabe que o garoto não tem como evitar, ela mesma é extremamente ciumenta em relação a todos e quando se trata do irmão então, ela detesta vê-lo de gracinhas demais com seus amigos ou que a deixe de lado por conta deles, embora na maior parte do tempo seja mais drama da menor do que um fato real, pois Ryan nunca a trocaria.
Ambos se chamam por apelidos próprios; Ryan a chama de "Robinho" - em homenagem ao jogador de futebol brasileiro muito conhecido - e Roberta o chama de "Ezra" - um personagem de uma serie que eles vêem que teve relacionamento com uma aluna, o que Ryan fez quando tentou dar aulas de violão para garotas, um fato que Robbie nunca esquece e, sempre que pode, tira uma certa onda com o irmão.


(Roubei a relação da Robinho. q)

Ocupação:
Músico e tentando ser titular no time de Lacrosse.

Orientação sexual:
Bissexual.

Deseja par?
Claro.

Relação com par:
Inicialmente pode ser um pouco difícil para Ryan ter um par fixo, sendo um pouco desleixado para relacionamentos. A relação também pode se focar bastante durante certa parte do tempo no corpo físico - o importante -q -. Mas com um pouco de ajuda ele pode vir a se tornar alguém observador, carinhoso, fofo e em certos casos até mesmo carente. Ele é bastante protetor, mas não ciumento - embora goste de pessoas com esse aspecto -.


Relação com Beatriz Foster: {Personagem da @cinderella}

Ryan e Beatriz compartilham de uma posição igualitária na escola, ambos são conhecidos e fazem parte da turma "popular" do lugar. Obviamente eles se conhecem há bastante tempo, e graças a seus status sociais conversam bastante, vão as mesmas festas e costumam - geralmente - aprontar juntos. Ele não sabe ao certo como ela o vê, contudo à considera uma boa amiga e sempre diz que ela é tão bonita e legal quanto ele. (-q)


Relação com Bella Young: {Personagem da @argentsz}

Amigos? Talvez. Embora não conversem assim com tanta frequência, conhecem bem o jeito um do outro. Dentre muitas das vezes que a morena necessitava de seus dotes musicais para alguma apresentação do clube de teatro, ele prontamente se colocava a ajuda-lá, claro que, pedindo alguns favores em troca.


Relação com Ella Montgomery: {Personagem da @mythologie}

O que dizer sobre esses dois? Bem, diferente das duas jovens anteriores, Ryan conheceu Ella um pouco antes de estudarem na mesma escola, mais precisamente em sua infância (sendo vizinhos), e depois das jovens de sua família, a garota foi sua primeira amiga de quem ele verdadeiramente gostava. A cumplicidade de ambos sempre foi algo notável desde quando se conheceram, assim como a facilidade para se compreenderem. Para Ryan, Ella é alguém divertida, inteligente e especial; sendo como uma espécie de irmã para ele.


Vícios:
Nop

Música tema:
"Pois somos jovens e imprudentes
Levaremos isso longe demais
Vai te deixar sem fôlego, ou com uma cicatriz horrível"
- Blank Space - Taylor Swift

~

"Suas mentiras são balas
Sua boca é uma arma
E nenhuma guerra ou ira jamais foi vencida
Cesse o fogo antes que se espalhe
Dá próxima vez, você estará lutando"
- Selena Gomez - Kill Em With Kindness

~

"Chegou a minha vez
Eu que mando agora
Não vou ficar de fingimento, não quando você cair
Pois este é meu jogo
E é melhor você vir jogar"
- Demi Lovato - Confident

~

"Quando tudo é vida e morte, você pode até sentir que não há mais nada.
Em vez de amor, confiança e risos
o que você recebe é um "felizes para nunca"
Mas no fundo tudo o que quer é amor,
do tipo puro que todos sonhamos.
Mas não podemos fugir do passado,
então eu e você não vamos durar."
- Marina and the Diamonds - Homewrecker

Gostos:
Música | Seriados de suspense | Cachorros | Chocolate | Nadar | Demonstrações de afeto | Taylor Swift | Indie e Pop.

Desgostos:
Ser julgado | Não ter controle sobre o próprio corpo | Peixes | Preconceito | Palhaços.

Qualidades:
Leal | Bem humorado | Bonito | Talentoso | Alegre | Sedutor | Divertido | Protetor | Determinado | Autoconfiante.

Defeitos:
Mentiroso | Orgulhoso | Manipulador | Cara de pau | Vingativo nível hard | Piriga | Etc.

Habilidades:
Canto
Ryan tem uma voz um pouco rouca, mas ainda sim é bastante sonora e bem bonita. Ele é um exímio cantor, sabe modelar o tom de sua voz com perfeição e harmonia.

Instrumental
Ryan sabe tocar com maestria violão e piano, embora o segundo item não seja tão explorado quanto seu tão amado violão, o qual ele chama de "Jack's".

Manias:
Esticar ambos os braços ao redor da cabeça, em formato de arco.
Pressionar os dentes quando nervoso.
Morder o bocal de sua caneta.

Hobbies:
Fazer cover de músicas famosas utilizando seu violão.

Possui preferência por alguma autora para escrever sobre seu personagem?
Não, estou de boas.

Algo mais?
Creio que não.

Escutando: Bad Blood.
Assistindo: Meus dedos desaparecerem.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...