~Alquimica

Alquimica
A Toca da Alquimista
Nome: Irilene
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

SCP-702 - Tradução Parcial


Postado

Alquimica na área com mais uma tradução parcial! Sim, de novo eu tive aquele problema de não achar a história em português para passar ‘pros leitores. O SCP-702 irá ser citado no próximo capítulo de Projeto SCP-CP . Peço desculpas por qualquer erro.
---//---

A casa do comerciante


Item #: SCP-702

Classe de Objeto: Euclid

SCP-702 em um estado inerte.


[...]
Descrição: SCP-702 é um vaso simples vermelho de fabricação desconhecida. O contato de um ser humano com o vaso provoca o surgimento de uma entidade (adiante, SCP-702-1) de seu interior, que iniciará uma conversação com o individuo em contato com SCP-702. O método de detecção que emprega parece ser de natureza térmica, uma vez que SCP-702-1 surge quando se estabelece o contato através de materiais finos e/ou bons condutores térmicos, mas não surge ao contato através de um material isolante. SCP-702-1 é uma forma de vida inteligente com base no gás, que se comunica mediante a vibração coordenada do ar que o rodeia. Dada a tendência a reagir violentamente quando se estabelece contato físico com este, há sido impossível obter amostras de SCP-702-1.
Ao surgir, SCP-702-1 saúda o sujeito que tem estabelecido contato com SCP-702 e tenta persuadi-lo para que lhe de um presente. Se o sujeito negar, a entidade [dados apagados] e recolhe um único objeto ou parte dos restos. Alguns objetos podem ser recusados por SCP-702-1, afirmando este que "já tem um", e pede um novo presente, devolvendo o objeto oferecido. Se SCP-702-1 aceita o presente oferecido, devolverá um objeto de valor parecido ao sujeito e desaparecerá. [...]

Apêndice:
Registro Transcrito do Experimento 702-001:
Entregou-se ao sujeito D-5567 um lápis Ticonderoga de dureza #2, recentemente apontado.
Sujeito D-5567: Ou seja, que eu o toco e pronto?
Dra. XXXX: Sim, D-5567. Tem o objeto a mão, certo?
Sujeito D-5567: Mas é apenas a porcaria de um lápis, não sei o que você quer que eu faça com ele.
Dra. XXXX: Não se preocupe com isso. Toque o vaso.
Sujeito D-5567: Certo, certo.
[Pode ouvir-se uma tromba de ar]
Sujeito D-5567: Mas que diabos?!
SCP-702-1: Cumprimentos, corpóreo! Suponho que veio negociar?
Sujeito D-5567: Eu, eh, ah, eh…
Dra. XXXX: O lápis, idiota!
Sujeito D-5567: Eh, sim, chefe! Pe-pega…
SCP-702-1: Obrigado, oh, encarnado! Aqui está o seu objeto. Isso é tudo!
[Pode ouvir-se a entrada de ar.]
Sujeito D-5567: U… Uma borracha?
Dra. XXXX: Muito bem, D-5567, vá para sala de informes.

Registro Transcrito do Experimento 702-002:
Entregou-se ao sujeito D-1699 uma estrutura cristalina de XXXX, fornecida pela Ala de Psicologia dentre as produzidas por um paciente.
Dra. XXXX: Comece, D-1699.
[Pode ouvir-se uma tromba de ar]
Sujeito D-1699: Aaaah!
SCP-702-1: Chegou a hora de uma nova troca? Maravilhoso!
SCP-702-1: Bom, foi você quem me importunou, fala!
Dra. XXXX: Fala!
[O sujeito D-1699 murmura incoerentemente]
SCP-702-1: Desperdiça meu tempo, tolo. Não haverá trato.
[DADOS APAGADOS]
Dra. XXXX: SCP-702-1 matou o sujeito D-1699. Recuperamos a escultura.

Registro Transcrito do Experimento 702-003:
Entregou-se uma estrutura cristalina de XXXX ao sujeito D-1010, fornecida pela Ala de Psicologia dentre as produzidas por um paciente.
Dra. XXXX: Venha, 1010, não temos o dia todo.
Sujeito D-1010: Não, o que vai fazer? Tem que me dizer, doc!
Dra. XXXX: Sujeito D-1010, recordo que qualquer desvio do protocolo resultará em sua imediata eliminação por parte da equipe de segurança d Fundação.
Sujeito D-1010: Eu… eu… bom.
[Pode ouvir-se uma tromba de ar]
SCP-702-1: De novo sua estirpe! Como gosto de ter novas peças para minha coleção!
Sujeito D-1010: Oh Deus, coleção? Não quero morrer!
SCP-702-1: Não tenho muito tempo, oh, vagaroso, e você o está desperdiçando. Deseja comerciar ou não?
Sujeito D-1010: Qu-quer esta coisa dos loucos?
Dra. XXXX: SCP-702-1 parece estar analisando a estatueta, emitindo um zumbido.
[Nota: Ensaios de harmônicos realizados posteriormente indicaram uma frequência associada com o pensamento profundo.]
SCP-702-1: Mas que… interessante. Aqui está minha resposta.
[Pode ouvir-se a entrada de ar]
Sujeito D-1010: Isto… buf, isto pesa.
Dra. XXXX: Vá para a sala de informes, 1010.
[período prolongado de silêncio, a gravação se desconecta e volta a conectar-se]
Dra. XXXX: SCP-702-1 entregou um jarro de dois vírgula oito quilogramas cheio de um líquido desconhecido. Este jarro parece ser feito de cristal. O líquido é claro, mas não penso em retirar a tampa para cheira-lo. Enviaremos o jarro ao laboratório para submetê-lo a análise química.
[...]

Texto traduzido do espanhol
Texto original em inglês


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...