~Error_Trixie

Error_Trixie
Apenas uma garota!
Nome: Beatriz
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 15 de Agosto
Idade: 13
Cadastro:

A Catástrofe da minha vida


Postado

Como começar esse jornal?
Eu não faço a mínima idéia, mas eu estou escrevendo ele porque, eu preciso desabafar? é isso desabafar... Bem... por onde começar... Ãhn tá vamos lá...
No dia 21 de junho de 2011, minha mãe foi internada, pois minha irmã iria nascer, 1 semana depois minha irmã e minha mãe vieram para casa e quando minha mãe foi tirar os pontos, porque foi cesariana que ela fez, ela foi internada novamente por um erro médico na hora do parto, e minha mãe ficou lá por 2 meses, nisso eu meio que me fechei, me senti abandonada, pode até parecer idiotice, mas minha família esqueceu de mim, no dia do meu aniversário ninguém da minha família lembrou de mim, nem minha mãe, ok ela estava internada, mas poxa poderia ter ligado né?
Tá depois disso (nesse ano eu morava com minha mãe e meu pai, na casa da minha mãe) minha mãe descobriu uma (muitas) traição do meu pai, eles começaram a brigar por tudo...
Então eu já estava morando na casa da minha vó e foi descoberto que o meu tio/irmão estava usando drogas, nesse momento todo o chão que me restava se rompeu, e ainda por cima uma semana antes da minha irmã nascer meu vô foi no médico e foi descoberto um Alzheimer.
Depois disso de todo esse começo de problemas, meu "pai" começou a fazer questão de jogar na minha cara que se não fosse ele eu não estudaria em uma escola particular, que eu não teria "tudo" o que eu tenho (como se ele me bancasse), nisso eu comecei a ficar muito deprimida, eu cheguei ao ponto de me cortar algumas vezes... Então isso ainda em 2013 eu conheci a Gabbriela, ela foi minha melhor amiga, por anos até ela se mudar para Londrina, nisso ela começou a ter problemas piores do que os que ela tinha aqui em São Paulo, eu sempre soube que ela se cortava, eu fazia isso uma vez ou outra quando estava muito mal mesmo, mas ela não o ponto da "depressão" dela era horrível, no dia 12 de fevereiro de 2016 eu recebi uma mensagem da Mia (irmã da Gabbie) falando que ela estava internada e na manhã do dia 13 o Matheus um amigo meu e da Gabbie me ligou falando que ela tinha morrido, toda a força que ela me dava se foi, me doeu tanto não escutar aquela risada de uma hiena parindo uma última vez, não ter a oportunidade de dizer um último "Eu te amo", não ter lhe dado um último abraço... Sabe o que eu aprendi com tudo isso?

Que mesmo que acontece os piores problemas como:

• Drogas na família
• Brigas
• Problemas na família
• Problemas médicos
• Mortes

Não vale a pena se cortar ou se automutilar, por maior que seja o problema você querer ao máximo morrer, mas não se mate as pessoas que fazem isso com você não merecem uma única lágrima sua, muito menos sangue... Bem como eu já disse eu me fechei, eu não converso com ninguém em casa, eu sou de poucos amigos...

Essa é minha história de vida mais recente, e sim minha vida é um desastre, e olha lá que eu nem contei de quando eu tinha 4 anos e meu primo Lucas tentou botar fogo em mim...

Gente essa parte do meu tio/irmão começar a usar drogas a parte que mais me afetou foi a parte que ele falou "Se você não tivesse nascido seus pais não estariam juntos e nada disso teria acontecido" por mais que eu saiba que não foi culpa minha doeu...

Ps.: É tio irmão porque ele é filho da minha vó, mas foi minha mãe que criou ele então ele é como se fosse meu irmão.

Bem essa é a catástrofe da minha vida, e eu amo escutar o problema dos outros e procurar ajuda-los isso me faz me sentir bem como se me mostrasse que eu não sou a única que tem problemas... Não eu não vou ser psicologa...

É isso
Um beijo
E até ❤

Escutando: Sad Song
Lendo: Claros sinais de loucura
Assistindo: Nada
Jogando: Nada também
Comendo: Realmente nada
Bebendo: Ainda nada

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...